conecte-se conosco


Policial

Suspeito de coautoria na morte da esposa é preso em Primavera do Leste

Publicado

Assessoria | PJC-MT

O suspeito Rafael Moraes Dias, de 29 anos, foi preso pela Polícia Rodoviária Federal, em apoio a investigação da Polícia Civil de Primavera do Leste, por coautoria da feminicídio da companheira, Thais Mara dos Santos Gomes, 23 anos, ocorrido no dia 3 de julho deste ano, no bairro Castelândia. A mãe dele, Marta Moraes Alves, de 50 anos, e o seu padrasto, Daniel Cirilo, foram presos em flagrante na ocasião pelo crime de feminicídio.

O delegado Pablo Borges Rigo, informou que a prisão foi pedida pela promotoria, após a Polícia Civil encaminhar laudo da perícia realizada pela Politec, que apontou material genético (sangue) na faca encontrada cravada no peito da vítima, que foi assassinada  com cerca de 30 facadas.

“Com a prisão, passamos a fazer monitoramento. Tínhamos informações de que ele estava em Goiás e ontem estaria de passagem por Primavera do Leste, já que é caminhoneiro. Passamos a placa do caminhão para a PRF e deslocamos uma equipe até o Posto. Quando chegamos a PRF já tinha conseguido fazer a abordagem”, disse o delegado.

Leia Também:  Homem tenta impedir namoro da enteada e é morto a pauladas pela esposa após discussão

O delegado informou que o suspeito, marido da vítima, negou sua participação no crime. A Polícia Civil, a pedido da Promotoria, questionou a ele se poderia ceder material genético para exame de DNA de confronto material da filha, já que um dos pontos relacionado à morte seria desentendimento entre a sogra e a nora, que desconfiava que a criança não fosse filha biológica de seu filho, Rafael Moraes Dias.

Veja mais

Polícia Civil prende sogros por suspeita de autoria da morte de nora em Primavera do Leste

Fonte: PJC MT
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Polícia Civil prende receptador que comercializava produtos ilícitos no shopping popular

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um homem que receptava produtos adquiridos através de falsas vendas em uma loja de pneus e peças automotivas em Várzea Grande foi preso pela Polícia Judiciária Civil, na sexta-feira (17.01), em trabalho realizado pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos do município (DERF-VG).

A prisão do suspeito aconteceu após a equipe de policiais da DERF-VG receber informações de que peças compradas ilegalmente na empresa, através de compras não autorizas pelos clientes cadastrados, estavam sendo entregues a um terceiro que as comercializava no estabelecimento conhecido como “Shopping Popular” na Capital.

Segundo as investigações, um funcionário era o responsável pelas vendas paralelas, utilizando o cadastro dos clientes para simular as compras e repassar o produto para o terceiro, sem que o valor entrasse para a empresa.

Com informação de que a mercadoria seria entregue no shoppingo popular, os policiais da DERF-VG diligenciaram até o local, onde conseguiram realizar a abordagem do suspeito no momento da entrega dos produtos.

O proprietário da banca do shopping popular, responsável pela venda dos produtos foi encaminhado a especializada, onde após ser interrogado, foi autuado em flagrante pelo crime de receptação qualificada, o qual não cabe fiança, sendo o suspeito encaminhado para audiência de custódia.

Leia Também:  Polícia Civil prende mulher por tráfico de drogas em Confresa

Fonte: PJC MT
Continue lendo

Policial

Polícia Civil cumpre mandados e prende traficantes em Nova Monte Verde

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Seis mandados de busca e apreensão domiciliar foram cumpridos pela Polícia Judiciária Civil, na sexta-feira (17.01), com objetivo de combater o tráfico de drogas no município de Nova Monte Verde (968 km ao Norte de Cuiabá). A ação resultou na apreensão de uma arma de fogo, munições e porções de entorpecentes.

Três pessoas (dois homens e uma mulher) localizadas em um dos alvos foram presas em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.  Os irmãos, proprietários da residência em que foram encontrados os objetos ilícitos responderão também por posse ilegal de arma de fogo e munições.

A operação tinha o objetivo de dar cumprimento a mandados de busca e apreensão domiciliar expedidos pela Justiça, com base em investigações realizadas pela Delegacia de Nova Monte Verde, que identificaram pontos de venda de drogas no município.

As investigações foram inciadas pelo delegado Eugênio Rudy Junior (titular da Delegacia de Nova Monte verde à época) e os mandados foram cumpridos na operação coordenda pelo delegado Pablo Carneiro (atual titular).

Leia Também:  Ação integrada apreende cerca de 191 quilos de droga em Água Boa

Em buscas em um dos alvos, os policiais conseguiram localizar uma pistola calibre 765, além de porções pequenas de maconha, pasta base e cocaína. Segundo o delegado, Pablo Carneiro, além da droga, também foi apreendido um caderno de anotações com referências ao tráfico de drogas na região.

“Por conta das apreensões realizadas na casa corroboradas com o relatório de investigações feito pela delegacia, foi lavrado o auto de prisão em flagrante dos três suspeitos que estavam no local pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico“, disse o delegado.

 

 

Fonte: PJC MT
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana