conecte-se conosco


Policial

Suspeito de atuar no comércio ilícito de anabolizantes é preso em flagrante em Cuiabá

Publicado

A polícia também apreendeu munições, medicamentos sem o registro da Vigilância Sanitária e um carro

A Polícia Civil, em ação realizada pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), prendeu um jovem acusado de atuar no comércio ilícito de anabolizantes na Capital. O trabalho resultou na apreensão de diversas ampolas de anabolizantes, vários frascos de produtos sem registro da vigilância sanitária e mais de 40 munições.

Jocsã Botelho Costa, 32, atuava no esquema de delivery de anabolizantes, fazendo a entrega dos produtos ilícitos para clientes em diferentes pontos da cidade. Após ter atuação descoberta pela DRE, o suspeito foi atuado em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, comercialização de produto não permitido no Brasil e posse ilegal de munições de uso permitido.

Segundo com o delegado titular da DRE, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, o suspeito atua há algum tempo no ramo, sendo conhecido como vendedor dos produtos para pessoas interessadas em mudar o corpo rapidamente sem procurar acompanhamento médico.

As investigações iniciaram após a equipe da Delegacia de Entorpecentes receber informações que um jovem em um veículo Toyota Corolla realizava o comércio de anabolizantes, na modalidade delivery. Diante da informação, os investigadores identificaram o suspeito e realizaram a sua abordagem em um posto de combustível, no momento em que ele fazia a entrega de alguns produtos.

Leia Também:  Polícia encontra desmanche e prende sete pessoas em flagrante em Várzea Grande

Em buscas no veículo do investigado, foram encontrados ampolas de anabolizantes de diferentes tipos. Questionado, Jocsã confessou atuar com o comércio ilícito e disse que em seu apartamento teria outros tipos de suplementos. Em buscas na residência do suspeito, foram encontrados mais frascos e ampolas de anabolizantes, produtos sem registro no órgão de vigilância sanitária, além de 49 munições calibre 22.

Os produtos encontrados na casa foram apreendidos e jovem encaminhado a DRE onde após ser interrogado foi lavrado o flagrante. “Diante dos produtos apreendidos, ele agiu em três crimes, tráfico de drogas em relação aos anabolizantes, comércio de produtos não autorizados no Brasil, previsto no artigo 273 do Código Penal e a posse ilegal de munições de uso permitido”, disse Vitor Hugo.

Em checagem no sistema, foi constatado que o suspeito também estava com mandado de prisão em aberto decretado pela Justiça Federal por tráfico de anabolizantes.

O suspeito será encaminhado, nesta quarta-feira (24), para audiência de custódia na Capital.

Leia Também:  Deletran alerta para o compartilhamento de notícia falsa referente a fiscalização

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Gefron e Polícia Federal apreendem mais de 700 quilos de drogas e prende 8 traficantes

Publicado


A droga estava dividida em tabletes e tinha como destino a cidade de Goiânia (GO). Oito pessoas foram presas

O Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) e a Delegacia de Polícia Federal do município de Cáceres (214 ao Oeste de Cuiabá) apreenderam, na zona rural do município de Vila Bela da Santíssima Trindade (540 km ao oeste da capital), mais de 700 quilos de substância análoga à pasta base. A droga estava dividida em tabletes e tinha como destino a cidade de Goiânia (GO). Na ação, oito pessoas foram presas.

Os policiais receberam uma denúncia de que uma equipe traria entorpecentes da Bolívia para o Brasil por veículos até o Rio Barbado, navegando até o Rio Guaporé, onde guardariam os entorpecentes em um sítio. Por volta das 2h da manhã os policiais conseguiram abordar os suspeitos.

Do total de suspeitos, três já respondiam por crimes de homicídio, receptação e uso de documento falso, furto e tráfico de drogas. Além das prisões, foram apreendidos também uma caminhonete S10 de cor branca, um Gol de cor cinza, duas embarcações, cada uma com motor de popa e um rifle CBC calibre 22LR.

 

Leia Também:  Duas agências bancárias são alvos de assaltantes durante a madrugada em Cuiabá
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende homem investigado por homicídio em empresa de transporte de VG

Publicado

Assessoria/PJC-MT

O homem investigado por um homicídio e uma tentativa de homicídio ocorridos em uma empresa, em Várzea Grande, teve a prisão cumprida nesta segunda-feira (27.01) pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

O delegado Caio Fernando Alvares de Albuquerque, que preside o inquérito, representou pela prisão cautelar, deferida pela Comarca de Várzea Grande. O suspeito dos crimes teve a prisão efetivada com acompanhamento de um advogado. Ele é investigado pelos crimes de duplo homicídio consumado e tentado, qualificados (motivo fútil e emprego de recurso que impossibilitou a defesa das vítimas). O suspeito será apresentado em audiência de custódia da justiça.

O homem confessou a autoria do crime, mas diz que agiu após várias provocações das vítimas.

Crime

O crime aconteceu na noite do dia 19 de janeiro deste ano, dentro de uma empresa de transportes no bairro Jardim dos Estados, na qual trabalhavam o suspeito e vítimas.

Um das vítimas, atingida por disparos de arma de fogo, e morreu no local. O outro rapaz foi ferido e socorrido ao Pronto-Socorro da cidade.  Em diligências no local do crime, os policiais da DHPP confirmaram a identidade do suspeito do crime.

Leia Também:  Operação Redtus cumpre 66 mandados de prisão contra facção criminosa em Rondonópolis

As vítimas haviam recém-chegado à empresa, quando começaram os procedimentos para troca de motorista, sendo que a condução de um veículo da empresa seria passada ao motorista (suspeito) e seu companheiro de trabalho. Foi apurado que no mesmo dia, vítimas e o suspeito tiveram discussões, via aplicativo de mensagens, envolvendo, supostamente, questão do trabalho. Durante o início do trabalho na empresa, as vítimas e o investigado retornaram às discussões, de forma mais acalorada. Em certo momento, conforme imagens das câmeras de monitoramento, o suspeito segue até seu veículo e retorna caminhando em sentido a uma das vítimas e faz os disparos de arma de fogo contra esta.

As câmeras registraram ainda que a outra vítima foi até a sala de monitoramento, de onde sai e retorna instante depois, tentando fechar a porta de blindex. Neste momento, as imagens são nítidas e mostram o rompimento da porta por disparo de arma de fogo feito pelo investigado, que atira a curta distância na vítima, que morre logo depois no local.

Fonte: PJC MT
Leia Também:  Empresário morre afogado após cair de paramotor em lago de Mato Grosso
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana