conecte-se conosco


Saúde

SUS recebe 1.424 novos leitos de UTI em todo o Brasil

Publicado

O Ministério da Saúde ampliou em 39% o número de leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI), em relação a 2018, nos hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS). A medida acrescentou 1.424 leitos para viabilizar o atendimento de casos mais graves de crianças e adultos em todo país. 

Segundo a pasta, a ação foi responsável por zerar todos os pedidos de habilitação de leitos solicitados pelos estados em 2019, com investimentos de R$ 185,6 milhões. Atualmente, o SUS conta com 23 mil leitos de UTI Adulto e Pediátrico em todas as regiões do país. 

Dos 1.424 novos leitos, 729 são destinados a pacientes adultos, sendo 687 leitos de UTI e 42 em unidades coronarianas; e 695 voltados para o atendimento de crianças. Esse total está dividido em 142 novos leitos pediátricos, 159 neonatal, 287 em Unidade de Cuidados Intermediários Convencionais (UCINCo) e 107 em Unidade de Cuidados Intermediários Canguru (UCINCa).

No Centro-Oeste, foram habilitados 99 leitos, sendo 56 do tipo adulto, 30 pediátrico, sete neonatal e seis unidades coronarianas. No Nordeste foram 297 leitos, das quais 221 adulto, 34 do tipo pediátrico, 20 neonatal, 10 unidades coronarianas, 47 em UCINCo e 32 em UCINCa. Já para o Norte, a pasta habilitou 190 leitos, sendo 105 do tipo adulto, 35 pediátrico, 24 neonatal, um em unidade coronariana e 20 UCINCo.

Na Região Sudeste foram 300 leitos de UTI, dos quais 184 são leitos adultos, 13 pediátricos, 78 neonatal, 25 coronarianos, 203 UCINCo e 67 UCINCa. Na região Sul foram habilitados 144 UTIs, sendo 121 do tipo adulto, 10 do tipo pediátrico, 13 neonatal, 17 UCINCo e oito UCINCa.

Edição: Aline Leal

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

SP registra mais de 13,4 mil casos e 339 mortes por covid-19 em um dia

Publicado


.
Nas últimas 24 horas, o estado de São Paulo contabilizou 13.405 novos casos e mais 339 mortes provocadas pelo novo coronavírus. Com isso, o estado soma agora 598.670 casos confirmados e 24.448 óbitos por covid-19 [a doença provocada pelo novo coronavírus] desde o início da pandemia.

Entre o total de casos diagnosticados, 390.601 pessoas estão recuperadas da doença, sendo que 73.967 após internação.  

Há 13.080 pessoas internadas em todo o estado em casos suspeitos ou confirmados do novo coronavírus, sendo 5.556 em estado grave.

A taxa de ocupação de leitos de unidades de terapia intensiva (UTI) no estado está em 59,7%, enquanto na Grande São Paulo, está em 58,2%.

Edição: Nádia Franco

Fonte: EBC Saúde

Continue lendo

Saúde

Cariocas deverão manter isolamento social até dia 20

Publicado


source
Wilson Witzel governador do Rio de Janeiro
Carlos Magno

Decreto assinado pelo governador Wilson Witzel (PSC-RJ) prorroga medidas de isolamento social até o dia 20 de agosto no RJ

Um novo decreto publicado nesta quinta-feira (6) prorrogou as medidas de isolamento social em todo o Rio de Janeiro até o dia 20 deste mês. O documento foi publicado no Diário Oficial pelo Governo do Estado e especifica os parâmetros que deverão ser mantidos.


O documento foi assinado por Wilson Witzel (PSC-RJ) e evidencia que o prolongamento das medidas se dá pela necessidade de atualizar as normas de enfrentamento ao novo coronavírus (Sars-Cov-2). No Twitter, o governador informou a permanência da suspensão de atividades com público, aulas presenciais e permanências em praias. 

O texto do decreto tem como objetivo “resguardar o interesse da coletividade na prevenção do contágio e no combate da propagação da Covid-19” e por isso suspende eventos que possam gerar aglomerações de pessoas como: eventos esportivos, shows, festas e até mesmo passeatas.

Cinema, teatro e afins também continuam suspensos, no entanto, o decreto autoriza atividades culturais no modelo drive in que obedeçam o distanciamento social . Eventos esportivos de alto rendimento também são permitidos, desde que sem público.

Quanto a volta às aulas, na quarta (5) Witzel assinou outro decreto, em que determinava que o retorno presencial seria prorrogado até 20 de agosto . No novo documento, aulas práticas dos cursos da área de saúde em instituições privadas de ensino superior foram autorizadas.

Pontos turísticos, bares, restaurantes e lanchonetes podem funcionar com apenas 50% da capacidade e são orientados a fornecer condições de higiene das mãos e utilização de máscaras .

O documento estabelece que a decisão final sobre a operação em feiras livres cabe às prefeituras, mas legisla que as barracas em funcionamento devem manter distanciamento mínimo de um metro e que todos os feirantes devem oferecer álcool 70% aos consumidores.

Os responsáveis por templos e igrejas foram informados de que devem orientar seus fiéis a não frequentarem as celebrações caso apresentem sintomas de gripe. No mais, regras estabelecem manutenção de todas as áreas ventiladas, distanciamento social e higienização das mãos dos religiosos, que são obrigados a utilizar máscaras de proteção individual como medida de segurança.

Uso de máscara

Em locais públicos e em estabelecimentos privados que tenham autorização para funcionar o uso de máscaras segue obrigatório . Para profissionais de saúde que trabalham no enfrentamento direto da pandemia, o uso do modelo N95 segue prioritário.

Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana