conecte-se conosco


Cuiabá

Sugestão de Pauta: Cuiabá realiza Conferência de Avaliação do Plano Municipal de Educação e discute propostas para CONAE 2022

Publicado

“‘Inclusão, Equidade e Qualidade: compromisso com o futuro da educação brasileira no contexto de Cuiabá”, é o tema da Conferência de Avaliação do Plano Municipal de Educação, uma das etapas da Conferência Nacional da Educação – CONAE 2022. O evento será realizado nos dias 1º e 2 de junho, no Hotel Fazenda Mato Grosso e vai reunir cerca de 300 delegados, representantes do Ensino Público e Privado, dos profissionais e da comunidade para debater propostas para um sistema educação de qualidade.

O evento está sendo organizado pelo Fórum Municipal de Educação, constituído por representantes da Secretaria Municipal de Educação, Conselho Municipal de Educação, Câmara Municipal e Sindicado dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep), sub sede Cuiabá, e foi organizado em dois momentos. No dia 1º, a partir das 13h. as metas e estratégias do Plano Municipal de Educação serão avaliadas e aprovadas em plenária.

No dia 2, a partir das 8:30h, serão discutidas e avaliadas as propostas para o Plano Nacional de Educação, que serão levadas para a CONAE 2022, prevista para acontecer no segundo semestre.

A secretária Municipal de Educação, Edilene de Souza Machado falou sobre importância deste momento, para a educação cuiabana. “As conferências são espaços democráticos importantes, onde o Poder Público, articulado com a sociedade, podem discutir propostas visando a construção da política educacional na perspectiva da inclusão, da equidade e da qualidade. É importante a participação de todos, profissionais e a comunidade, para que possamos vencer os grandes desafios e o futuro da Educação cuiabana”, disse a gestora.

Plano Municipal

O Plano Municipal de Educação (PME) aprovado pela Lei 5.949, de junho de 2015, teve suas metas e estratégias avaliadas pela última vez em 2018. Em decorrência da pandemia, em 2020 e 2021, a conferencia de avaliação não foi realizada.

As avaliações e monitoramentos acontecerem de dois em dois anos, para que possam ser feitas as adequações e correções necessárias ao plano que traz 20 metas e 150 estratégias.

No último dia 5 de maio, dia ‘D’, profissionais da Educação, pais, estudantes e a comunidade participaram de uma grande mobilização nas unidades educacionais visando avaliar as metas e estratégias do Plano Municipal de Educação, analisar os eixos temáticos da Conferência Nacional e fazer proposições aos dois documentos.

Entre as metas previstas no Plano Municipal de Educação estão a garantia do atendimento às crianças da Educação Infantil no sistema de ensino, ampliando a oferta gradativa para atender toda a demanda manifesta na faixa etária de 0 a 3 anos em creche; alfabetizar todas as crianças, no máximo, até o final do 2º ano do Ensino Fundamental, respeitando as especificidades existentes, até 2024; promover, até 2023, a qualidade da Educação Básica em todas as etapas e modalidades do sistema de ensino, com a melhoria do fluxo escolar e da aprendizagem, de modo a atingir médias nacionais para o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), entre outras.

CONAE 2022

A Conferência Nacional da Educação será realizada de 23 a 25 de novembro de 2022, em Brasília. Até lá, Estados e Municípios farão etapas preparatórias, a partir da avaliação dos planos locais de educação, visando contribuir com propostas para o novo plano nacional de educação.

Serviço

Conferência de Avaliação do Plano Municipal de Educação – CONAE 2022

Data: 1ª e 2 de junho

Hora:

– 1º/06 – 13h às 18h

– 2/06 – 8h às 18h

Programação

– Dia 1º/06

13h – Credenciamento

14h – Solenidade de Abertura – Apresentação Cultural

14:30h – Contextualização do Plano de Educação

15h – Leitura e aprovação do Regimento da Conferência Municipal de Educação

15:30h – Avaliação em Plenária das Metas e Estratégias do Plano Municipal de Educação

18h – Encerramento

– Dia 2/06

08:30h às 10:30 – Debates dos Eixos do Plano Nacional de Educação

10:30h – Início da Plenária para validação dos grupos

12h às 13:30h – Intervalo para almoço

13:30h – Continuação da Plenária

18h – Plenária Final e Encerramento

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cuiabá

Conferência Municipal Sobre o Modal de Transporte inicia nesta quinta-feira (7) e possibilita debate técnico

Publicado

“Começa nesta quinta-feira, dia 7 de julho, uma iniciativa de alto nível, com representantes de instituições sérias e de reconhecimento nacional. O espaço será utilizado para apresentar as vantagens e desvantagens entre os dois modais de transporte para a nossa capital e a cidade vizinha, Várzea Grande. São mais de 215 mil pessoas que utilizam o sistema público de transporte todos os dias e, necessariamente, as discussões precisam passar por quem aqui vive. Não podem ser alijadas do processo. O nível que essa discussão alcançou transcende a possibilidade do Governo do Estado ou do Município tomar essa decisão de forma isolada”. A afirmação é do prefeito Emanuel Pinheiro  sobre a  Conferência Municipal Sobre o Modal de Transporte Público (VLT X BRT). A abertura do evento está programada para às 8h30, no auditório da Associação Matogrossense dos Municípios (AMM).

Pinheiro destacou que o encontro  irá possibilitar saber a real eficácia dos modais e que a participação popular está garantida. Após cada apresentação de convidados, será aberto o espaço para indagações. 

A iniciativa reunirá a Prefeitura de Cuiabá, Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Prefeitura Municipal de Várzea Grande, Câmaras Municipais de Cuiabá e Várzea Grande, Federação do Comércio de Bens e Serviços, Associação Latino Americana de Ferrovias, Associação Brasileira de Indústria Ferroviária (Abifer), Universidade Federal de Mato Grosso, Conselho Regional de Arquitetura, além da sociedade civil organizada, entre outros convidados. Ao longo do dia serão mais de oito horas de discussões.

Confira a programação: 

Data: 07/07/2022  

Horário:  Período Matutino: 8h às 12h 

Período Vespertino: 14h às 18h 

O evento será dividido em duas partes: política e técnica 

8h30 – Início – composição da mesa de autoridades – breve relato sobre a situação do VLT e do BRT – o que se propõe a conferência.

Boas-vindas – Emanuel Pinheiro

1.     Poder Executivo de Cuiabá, representante Prefeito Emanuel Pinheiro.

9h – 9h20

2.     Poder Executivo de Várzea Grande, representante do prefeito Kalil Baracat –  Enodes Soares Ferreira – assessor técnico

9h20 – 9h40

3.     Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso, representante dep. Eduardo Botelho;

9h40 – 10h

4.     Câmara Municipal de Cuiabá, representante Presidente Juca do Guaraná;

10h – 10h20

Coffebreak – 10h20 – 10h40

5.     Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de MT (CREA); André Schuring

10h40 – 11h

6.     Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso – Fecomércio; representante José Wenceslau de Souza Júnior;

11h – 11h20

7.     Federação Mato-grossense das Associações de Moradores de Bairros (Femab), representante Walter Arruda;

11h20 – 11h40

Almoço – 12h – 14h

Tarde (14h) – Técnica – tempo: 20 min + 10min

14h – Retomada – Painéis técnicos

1.     Ex-secretário da Secretária Nacional de Mobilidade e Serviços Urbanos / secretário geral da Associação Latino-Americana de Ferrovias (ALAF), representante Jean Pejo;

14h – 14h30

Abrir para perguntas – 10min

2.     Secretário Municipal de Mobilidade Urbana – SEMOB/MT, representante Juares Samaniego;

14h40 – 15h10

Abrir para perguntas – 10min

Coffebreak – 15h20 – 15h40

3.     Presidente da Associação Brasileira da Indústria Ferroviária (Abifer), representante Vicente Abate;

15h40 – 16h10

Abrir para perguntas – 10min

4.     Diretor de Implantação e Planejamento – VLT Rio de Janeiro, representante José Picolli Neto – ONLINE

16h20 – 16h50

Abrir para perguntas – 10min

5.      Vice-presidente do Sindicato Interestadual da Indústria de Materiais e Equipamentos Ferroviários e Rodoviários (Simefre) – representante Mássimo Giavina – ONLINE

17h – 17h30

Abrir para perguntas – 10 min

17h40 – Encerramento

Convidados:

1.     CREA- Conselho Regional de Engenharia e Agronomia; representante Juarez Samaniego;

2.     CAU- Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Mato Grosso, representante André Nor

3.     UFMT- Universidade Federal de Mato Grosso; representante Professor Evandro Aparecido Soares da Silva

4.     IFMT, Instituto Federal de Mato Grosso, representante Diretor Júlio César Santos

5.     FIEMT – Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso, representante – Gustavo Pinto Coelho de Oliveira

6.     SINDUSCON – Sindicato das Indústrias da Construção do Estado de Mato Grosso

 7.     CDL – Câmara de Dirigentes Logistas, representante Nelson Soares

 8.     FECOMÉRCIO- Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso; representante José Wenceslau de Souza Júnior

 9.      UCAMB, – União das Associações de Moradores dos Bairros de Cuiabá (Ucamb) representante Édio Martins

 10.    FEMAB, Federação Mato-grossense de Associações de Moradores de Bairros, representante Walter Arruda;

 11.   OAB – Ordem dos Advogados do Brasil, representante Gisela Cardoso;

  12.  UNIVAG – Universidade de Várzea Grande, representante Professor Doutor Drauzio Antônio Medeiros

 13. UNIC – Universidade de Cuiabá, representante Maria Angélica Motta da Silva Ester

14.   MPE – Ministério Público Estadual, representante Procurador Geral de Justiça José Antônio Borges Pereira;

15.  MPF – Ministério Público Federal, representante Antônio Augusto Brandão de Aras

16.   CRECI – MT, Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Mato Grosso (CRECI/MT) professor Benedito Odário 

17.  ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E EMPRESARIAL DE CUIABÁ – ACC, representante Jonas Alves

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Continue lendo

Cuiabá

Emanuel lembra indicação feita como vereador e destaca virada de página com a implantação da coleta seletiva

Publicado

O prefeito Emanuel Pinheiro classificou a entrega de quatro caminhões para coleta seletiva como uma virada de página na política de serviços urbanos da Capital. Nesta quarta-feira (06), por meio da Empresa Cuiabana de Zeladoria e Serviços Urbanos (Limpurb), a Prefeitura de Cuiabá deu início ao planejamento de implantação da atividade no município. O plano está dividido em três fases e é executado em parceria com cooperativas de reciclagem.

“Estamos virando a página da política de serviços urbanos na nossa capital. O desenvolvimento sustentável é uma marca da nossa gestão. E essa entrega desses quatro caminhões é um divisor de águas e vai dar ainda mais condições para a realização de uma atividade fundamental nesse processo que implantamos na Prefeitura. Estamos fortalecendo a transformação e o avanço na destinação final dos nossos resíduos sólidos”, disse Emanuel.

O chefe do Executivo também destacou que o trabalho de coleta seletiva já é uma realidade em grandes cidades do Brasil e do mundo e, dessa forma, Cuiabá não poderia ficar fora dessa lista. Ele lembrou ainda que em seu primeiro mandato como vereador pela Capital foi responsável por apresentar uma indicação para implantação do serviço, entendendo já na época a importância da iniciativa para a cidade.

“Fui até Curitiba conhecer quais eram os grandes lançamentos para o meio ambiente e a coleta seletiva era o ponto alto. Na época, apresentei uma indicação pedindo para que Cuiabá começasse a ter esse trabalho também. Passaram-se 32 anos e agora, como prefeito da minha cidade natal, estamos consolidando essa missão. Uma atividade que o meio ambiente agradece e a qualidade de vida da população também”, completou.

O diretor-geral da Limpurb, Júnior Leite, enfatizou que a aplicação da política de sustentabilidade nas ações desenvolvidas pelo Município é uma marca da gestão do prefeito Emanuel Pinheiro, que desde o primeiro mandato tem incentivado essa prática. Para o diretor-geral, a entrega dos quatros caminhões fortalece o trabalho das cooperativas e possibilita que Cuiabá continue avançando no processo de modernização.

“Esses quatro caminhões possuem equipes qualificadas para fazer o recolhimento dos resíduos e potencializar o trabalho das cooperativas. Esse é o início efetivo e organizado da coleta seletiva. O avanço na sustentabilidade é um compromisso que o prefeito assumiu com a cidade. Em todas as reuniões com os secretários, ele enfatiza que a sustentabilidade faz parte da cartilha do plano de governo e nós estamos seguindo essa orientação”, contou Júnior Leite.

Também participaram do ato simbólico o vice-prefeito e secretário de Obras Públicas José Roberto Stopa, representantes das cooperativas de catadores de recicláveis Coopemar, CooperUnião, Acamarc e Corepan.

AS TRÊS FASES

A primeira fase de implantação da coleta seletiva passa a valer já a partir do lançamento feito pelo prefeito Emanuel Pinheiro nesta quarta-feira (06). Nesta etapa, a Limpurb disponibiliza quatro caminhões e novas equipes para fortalecer a atuação nas rotas que são atendidas pelas cooperativas. Atualmente, o serviço alcança condomínios, empresas privadas e comunidades pontuais da cidade.

A segunda fase desse programa começará no mês de agosto e prevê a criação de 12 ecopontos, que servirão como mais uma opção à população para descarte correto de lixo. As estruturas serão criadas pelo Município, administradas em parceria com as cooperativas, e divididas em seis regiões, contemplando o perímetro urbano e também a zona rural.

Segundo o planejamento montado pela Limpurb, a terceira fase deve ser colocada em prática ainda neste ano. Esse último estágio, consiste na implantação gradativa da coleta seletiva domiciliar, incluindo de forma coordenada todos os bairros da cidade que já são atendidos pela coleta convencional de lixo.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana