conecte-se conosco


Cuiabá

SUGESTÃO DE PAUTA- 3ª Edição da Pescaria da Melhor Idade será nesta terça-feira (16)

Publicado

Luiz Alves

Aproximadamente 500 idosos participam, nesta terça-feira (16), da 3ª Edição da Pescaria da Melhor Idade, realizada pela Prefeitura de Cuiabá, a fim de promover um ato simbólico alusivo a Sexta Feira Santa ou Sexta-feira da Paixão. O momento de lazer está sob a coordenação das Secretarias Municipais de Assistência Social e Desenvolvimento Humano e Ordem Pública, e está previsto para começar às 8 horas, no Parque Tia Nair, em Cuiabá.

De acordo com a secretária-adjunta de Assistência Social e Desenvolvimento Humano, Hellen Ferreira, a ideia de realizar esse evento é devido à proximidade das festividades da Páscoa que relembram a morte e ressureição de Jesus Cristo, sendo o peixe o alimento mais consumido nessa época do ano. “A tradição de comer peixe ainda é muito presente nas casas dos cuiabanos, onde a Igreja Católica recomenda aos fiéis a não comerem carne vermelha ou substituir por pequenas ações de sacrifício como forma de relembrar o jejum e em memória de Cristo, conhecida como Quaresma”, disse a secretária.

Leia Também:  Primeiro Gabinete Colaborativo da Região Centro Oeste é implantado em Cuiabá.

Desta forma, ressaltou Hellen, por meio de um gesto de solidariedade e para que eles possam manter viva a tradição de ter o peixe como o principal alimento na sexta-feira, a Pescaria da Melhor Idade se consolida mais uma vez como uma iniciativa de valorização a pessoa idosa.

A pescaria para idosos é um momento em que o prefeito Emanuel Pinheiro juntamente com a primeira-dama Márcia Pinheiro proporcionam para os idosos se divertirem e confraternizarem em nome de uma Páscoa do renascimento de Jesus, e o mais importante, vão levar para a casa o seu tradicional peixe, ajudando a manter viva a tradição”, finalizou.

SERVIÇO:

O QUE – 3ª EDIÇÃO DA PESCARIA DA MELHOR IDADE
LOCAL: PARQUE TIA NAIR
HORÁRIO: 08 HORAS
DATA: 16 DE ABRIL- TERÇA-FEIRA

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cuiabá

“Esta estrutura que sonhávamos para melhor atender a nossa população”, afirma Toninho de Souza sobre o HMC

Publicado

style”text-align: justify”>O parlamentar conheceu o funcionamento dos 40 leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) Dr. Leony Palma de Carvalho.
O vereador Toninho de Souza (PSD) participou na tarde desta terça-feira (16) da inauguração da 4ª etapa do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) Dr. Leony Palma de Carvalho. A entrega da quarta etapa consistiu no funcionamento de 40 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) do HMC.
Já está em funcionamento no HMC o ambulatório, 180 leitos clínicos com equipamentos de última geração, farmácia satélite e o parque tecnológico de imagens, com serviços de ultrassonografia, endoscopia, colonoscopia e radiografia.
O parlamentar participou da entrega das outras três etapas e se diz muito satisfeito com toda a estrutura disponibilizada na Unidade Hospitalar. “É com muita satisfação que nós estamos aqui entregando junto com o prefeito Emanuel Pinheiro esta nova ala que coloca o HMC em 100% em funcionamento. Temos aqui equipamentos modernos, com profissionais preparados para receber não só a população de Cuiabá, mas também do estado de Mato Grosso”, explicou.
O Hospital foi considerado pelo Ministério da Saúde como uma das três melhores unidades hospitalares públicas do país, por características que vão desde a dimensão do espaço físico aos equipamentos e capacidade técnica-operacional.
Toninho de Souza disse ainda que o novo hospital era um sonho antigo e que agora se torna realidade, uma vez que a população que precisa de atendimentos na área da saúde, vai recebê-los de forma digna e humana. “Era isso aqui que nós sonhávamos para a nossa população, um atendimento digno. Quem depender de um Pronto- Socorro não vai ficar mais em corredores, isto não vai acontecer dentro desta nova estrutura, aqui verdadeiramente vai se tratar o cidadão com dignidade na área de saúde”, finalizou.
O Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) foi inaugurado no dia 28 de dezembro, o atendimento é feito através da Central de Regulação, ou seja, por encaminhamento de outras unidades, sem o atendimento chamado de “portas abertas”. Com a conclusão das etapas o Hospital vai contar com 315 leitos ao todo, sendo 178 de adultos, 20 leitos no Centro de Tratamento de Queimados – CTQ, 60 de UTI, 38 de Emergência, 6 salas de cirurgia e 13 leitos RPA (recuperação pós anestesia), além do moderno centro de imagens e o heliponto.
Assessoria de Imprensa
Verônica Rakel
Rui Matos

Leia Também:  Gentila Pulquerio homenageia mães na tribuna livre
Imprimir Voltar Compartilhar:  

</div

http://www.urgentenews.com.br/wp-content/uploads/thumbnail-for-377690.jpg

Fonte: Câmara de Cuiabá
Continue lendo

Cuiabá

Vice-prefeito fortalece o compromisso da gestão com os interesses do Centro Histórico

Publicado

Assessoria

O vice-prefeito Niuan Ribeiro reiterou o compromisso da Prefeitura de Cuiabá com os interesses dos comerciantes do Centro Histórico, durante uma audiência pública realizada pela Câmara Municipal, na última segunda-feira (15), na Praça Caetano de Albuquerque. Durante o debate, que contou com a participação de vários lojistas, vendedores ambulantes locais, além de membros da sociedade civil organizada e entidades do setor, o gestor pontuou a necessidade de tomar medidas efetivas que fortaleçam a economia da região, à medida que promova o vigor sócio cultural do espaço, que tem se perdido ao longo das décadas.

“Temos a consciência de que é fundamental estar ao lado do povo, ouvindo seus anseios e planejando medidas estratégicas que o valorizem. E gestão pública se faz com o apoio da sociedade civil organizada e de demais entidades, como a própria Câmara Municipal, e é por isso que audiências como essa são fundamentais. São em ocasiões dessa natureza que conseguimos elencar as dificuldades existentes entre os diversos setores sociais. E em se tratando do Centro Histórico, ele é a nossa prioridade e precisamos garantir sua permanência, trazendo vida e um novo vigor à região, com medidas reais que promovam o repovoamento do espaço. Além das inúmeras revitalizações já feitas nas praças centrais, por meio desse franco diálogo daremos o encaminhamento em posturas que garantam a seguridade do trabalho dos comerciantes e ambulantes, seguindo todos os trâmites legais, conforme solucionamos – de uma vez – esse antigo problema sócio cultural”, revelou Niuan Ribeiro, que esteve representando o prefeito Emanuel Pinheiro na ocasião.

Leia Também:  “Tenho muito orgulho de Cuiabá”, destaca Misael Galvão em inauguração dos 300 anos

Para o presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, Misael Galvão, a audiência teve por objetivo dimensionar os reflexos sentidos pelos comerciantes e vendedores ambulantes quanto às dificuldades enfrentadas no centro, como seu esvaziamento após às 18h. Salientando o papel dos representantes sociais, ele ponderou sobre a importância de atuar nas ruas, elencando perguntas e buscando respostas junto ao poder público. “O trabalho feito nos gabinetes precisa ser deliberativo, com o foco das nossas atividades sendo genuinamente aqui, em praças e bairros, levantando as carências e adversidades sentidas pela população. E nesta noite estamos diante de uma circunstância que precisa da união de todos os setores. Apenas dessa forma é que conseguiremos propor medidas eficazes que fortaleçam o comércio na região, valorizando também os contribuintes, que são a força motriz que mantém o Centro Histórico vivo e pulsante”, pontuou.

E para contribuir para os diálogos e tomada de decisões, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) esteve presente, sinalizando a favor de uma mutualidade entre todas as partes, na busca por soluções que valorizem a região central, sem descaracterizar seu aspecto nostálgico e clássico. Segundo a superintendente do órgão, Amélia Hirata, “precisamos encontrar um equilíbrio entre todos os interesse e anseios. Sabemos que muitas vezes vamos divergir em nossos posicionamentos e é por isso que temos que estabelecer uma relação construtiva, onde um ponto de contato possa ser encontrado. Nosso objetivo é certificar que o Centro Histórico tenha sua essência preservada e resguardada, pensando também em alternativas cabíveis que conservem a trajetória de trabalho de todos aqui presentes”, salientou.

Leia Também:  Prefeitura divulga programa de isenção fiscal para empresários em feira de negócios

E manter sua jornada como vendedora ambulante é uma das grandes preocupações da Cida Aparecida Ribeiro de Oliveira, popularmente conhecida na região como Cida do Camelô. Para ela, existe uma apreensão quanto ao uso do centro, após às 18h, quando o espaço começa a ser tomado por pessoas com comportamentos preocupantes e perigosos. “Temos um beco em um dos calçadões que chega a ser assustador, depois do horário comercial. E por isso precisamos de mudanças que possam impedir esse tipo de coisa, trazendo vida para o local, e oferecendo tranquilidade para todos circularem por aqui. Eu trabalho nessa área há muitos anos e meu sustento vem daqui. Quero continuar fazendo isso, e o apoio da Prefeitura e das outras entidades é o que vai garantir nossa dignidade”, concluiu.

Também estiveram presentes na audiência o secretário Municipal de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo; o secretário-adjunto de Cultura, Justino Astrevo; o promotor Gerson Barbosa, da 17ª Promotoria de Justiça de Defesa Ambiental, da Ordem Urbanística e do Patrimônio Cultural de Cuiabá; a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL); a Associação Comercial de Cuiabá; a Polícia Militar; a Associação dos Comerciantes de Comida de Rua (ACCR), além de vereadores por Cuiabá.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana