conecte-se conosco


Internacional

Submarino desaparece na Indonésia e 53 pessoas estão desaparecidas

Publicado


source
Submarino KRI Nanggala-402
Wikimedia Commons

Submarino KRI Nanggala-402

Equipes de busca na Indonésia que procuram um submarino desaparecido com 53 pessoas a bordo encontraram um vazamento de óleo nesta quarta-feira (21), perto do local onde a embarcação submergiu, disseram autoridades. O submarino de 44 anos KRI Nanggala-402 estava conduzindo um treinamento nas águas ao norte da ilha de Bali, mas falhou em retransmitir os resultados como esperado, disse um porta-voz da Marinha.

Uma busca aérea encontrou um vazamento de óleo perto do local de imersão do submarino e dois navios da marinha com capacidade de sonar foram enviados para ajudar na busca, disse o Ministério da Defesa. Um comunicado do ministério disse que pedidos de assistência foram enviados e que Austrália, Cingapura e Índia responderam.

“Ainda estamos procurando nas águas de Bali, a 96 quilômetros de Bali, por 53 pessoas”, disse o chefe militar Hadi Tjahjanto à Reuters em mensagem de texto. Representantes dos departamentos de defesa da Austrália e Cingapura não responderam imediatamente aos pedidos de comentários.

Você viu?

“É possível que durante o mergulho estático tenha ocorrido um blecaute, o controle foi perdido e os procedimentos de emergência não puderam ser realizados e a embarcação caiu a uma profundidade de 600-700 metros”, disse a Marinha da Indonésia em um comunicado.

O submarino foi construído para sustentar a pressão a uma profundidade máxima de cerca de 250 metros, disse um oficial. O vazamento de óleo encontrado na superfície também pode significar que houve danos ao tanque de combustível ou também pode ser um sinal da tripulação, disse a Marinha. O chefe militar realizará uma coletiva de imprensa para compartilhar mais informações sobre a busca em Bali na quinta-feira, disse um porta-voz.

O analista militar Soleman Ponto disse que era muito cedo para determinar o destino do submarino. “Não sabemos ainda se os equipamentos de comunicação quebraram ou se o submarino afundou. Temos que esperar pelo menos três dias”, disse.

O KRI Nanggala-402 de 1.395 toneladas foi construído na Alemanha em 1977, de acordo com o Ministério da Defesa, e juntou-se à frota indonésia em 1981. Ele passou por uma reforma de dois anos na Coreia do Sul que foi concluída em 2012.(Com reportagem adicional de Stanley Widianto)

Fonte: IG Mundo

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Internacional

Israel e Hamas intensificam bombardeios

Publicado


A troca de hostilidades entre Israel e o grupo palestino Hamas, que controla Gaza, foi intensificada nesta terça-feira (11), com bombardeios aéreos para os dois lados, em um dia que lembrou o último grande conflito entre as duas partes, em 2014. Em dois dias, 30 palestinos e três israelenses morreram.

Um prédio residencial de 13 andares em Gaza desabou após um entre dezenas de ataques aéreos de Israel. No meio da noite, moradores da Faixa de Gaza disseram que sentiram suas casas estremecendo e viram o céu se iluminar com ataques quase constantes de Israel. 

Os israelenses correram para se abrigar em comunidades a mais de 70 km acima da costa em meio a sons de explosões de mísseis interceptores israelenses. Israel disse que centenas de foguetes foram disparados por grupos militantes palestinos.

O conflito entre Israel e as facções de Gaza foi provocado pelo choque entre palestinos e a polícia de Israel na Mesquita de al-Aqsa em Jerusalém na segunda-feira (10).

Mesmo antes de disparos enviados em retaliação pela destruição do prédio, que continha um escritório civil do Hamas, Israel reportou que 480 foguetes haviam sido disparados além da fronteira por grupos militantes palestinos, o que fez comunidades israelenses inteiras correrem para buscar proteção em abrigos anti-bombardeio.

Não parecia haver fim iminente para a violência. O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, advertiu que os militantes pagariam um preço “muito alto” pelos foguetes, que alcançaram os arredores de Jerusalém na segunda-feira durante um feriado em Israel em comemoração à captura de Jerusalém Oriental em uma guerra de 1967.

“Estamos no auge de uma campanha de peso”, disse Netanyahu em comentários televisionados ao lado de seu ministro da Defesa e chefe militar.

A Casa Branca condenou os ataques de morteiros e disse que Israel tinha um direito legítimo de se defender, mas afirmou que o principal foco dos Estados Unidos era na desaceleração do conflito.

Continue lendo

Internacional

Em comunicado, EUA voltam a defender ‘dois Estados’ para Israel e Palestina

Publicado


source
Joe Biden, presidente dos Estados Unidos
Gage Skidmore/Creative Commons

Joe Biden, presidente dos Estados Unidos

Os  Estados Unidos continuam a apoiar a solução de dois estados para o conflito entre Israel e Palestina, revelou a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, nesta terça-feira (11).

Ela reiterou ainda que o governo condena a escalada da violência entre as forças de segurança israelenses e os palestinos , que já deixou 30 de mortos, incluindo 10 crianças palestinas, e centenas de feridos.

A declaração relança a solução para a crise proposta pelo ex-presidente Donald Trump em seu plano de paz para o Oriente Médio em 2020.

Na ocasião, o republicano defendeu a necessidade de dois estados , desde que a hostilidade e os ataques sejam encerrados.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana