conecte-se conosco


Registro Geral

STF vai decidir se Maggi será julgado pela Justiça Federal na investigação sobre compra de vaga no TCE

Publicado

Ex-ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP): na mira do Ministério Público Federal (MPF)

Com a devolução ao plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), o inquérito que envolve o ex-ministro de Agricultura, Blairo Maggi (PP), está pronto para ser colocado em pauta para julgamento. O STF vai decidir a instância competente para investigar o ex-governador, acusado de comprar vaga de conselheiro no Tribunal de Contas. O autor da decisão, ministro Alexandre de Moraes, havia pedido vista em sessão da Primeira Turma no final do mês passado. Maggi foi denunciado pela Procuradoria da República por suposto envolvimento em compra de vaga no TCE, bem como por obstrução da Justiça. O ex-ministro propôs embargos de declaração em fevereiro, alegando erro na escolha do relator, o ministro Luiz Fux. Porém, Fux indeferiu a petição da defesa, se manifestando a favor do envio do inquérito para a Quinta Vara Federal em Mato Grosso.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Registro Geral

Governador assina adesão a programa do Governo Federal segunda-feira com presença do ministro Onyx Lorenzoni

Publicado

O ministro Onyx Lorenzoni, que estará em Cuiabá 

O governador Mauro Mendes assina nesta segunda-feira (28) a adesão ao programa de aquisição de alimentos do Governo Federal, com a presença do ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, no Palácio Paiaguás, em Cuiabá, às 9 horas. Em Mato Grosso, serão investidos R$ 10,6 milhões para a compra de alimentos produzidos pela agricultura familiar, com dispensa de licitação, e que serão destinados às pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional. Após a assinatura, o ministro e o governador concedem entrevista coletiva na Sala Garcia Neto.

 

Continue lendo

Registro Geral

Ganhar foto ou gravar vídeo com Bolsonaro ou governadores não significa necessariamente apoio, dizem analistas políticos

Publicado

O excesso de exposições de apoios não tacitamente confirmados do presidente Jair Bolsonaro a determinadas candidaturas ao Senado, neste ano, em Mato Grosso, tem sido regra nas campanhas. Um asessor de uma das candidaturas diz que tirar foto com o presidente, com o governador ou prefeito, não significa  necesariamente  apoio. “Se você consegue se aproximar de um deles e pedir uma foto, ou pede para ele falar bem de você, ele faz isso com naturalidade, pra quaquer pessoas”. É verdade! O recado, pelo a coluna apurou, tem pelo menos um endereço: a candidata Coronel Rúbia (Patriotas), que tem extrapolado os limites para forçar a ideia de que Bolsonaro apoia apenas a sua candidatura em Mato Grosso. Analistas de bastidores também dizem que as declarações recentes de Rúbia de que os projetos da ex-senadora Selma Arruda não são os projetos do presidente, não têm cabimento. Os analistas ponderam que é mais plausível o presidente Jair apoiar Selma, que teve mais de 700 mil votos em 2018 que uma candidata que ainda não mostrou se tem ou não potencial nas urnas. O apoiador tem que declarar com todas as letras a sua preferência, o que não aconteceu ainda. Fica a dúvida !

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana