conecte-se conosco


Economia

SPC libera monitoramento gratuito de CPF no Carnaval

Publicado

Com o ‘SPC Avisa’, o consumidor é avisado por e-mail, em até 24 horas, sobre qualquer movimentação suspeita em seu documento arrow-options
Carlos Poly/ACS

Com o ‘SPC Avisa’, o consumidor é avisado por e-mail, em até 24 horas, sobre qualquer movimentação suspeita em seu documento

Para garantir que o consumidor curta a folia sem preocupações, o SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) liberou o monitoramento gratuito de CPF neste Carnaval.

Descubra há linhas de pré-pago cadastradas indevidamente no seu CPF. Saiba como

Consumidores que foram vítimas de furtos ou que tiveram documentos pessoais extraviados poderão contratar o ‘SPC Avisa’ e acompanhar, gratuitamente, por 30 dias, toda movimentação em seu CPF. Consumidores que não foram vítimas também podem contar com o serviço gratuito, caso queiram experimentar.

Com o ‘SPC Avisa’, o consumidor é avisado por e-mail, em até 24 horas, sobre qualquer movimentação suspeita em seu documento, como consulta para a realização de compras a prazo, verificação de nome restrito, inclusão de registros de inadimplência, alteração de dados cadastrais, entre outros.

Encomendas internacionais passam a precisar de identificação pelo CPF; entenda

“Em feriados prolongados é comum haver aumento nas estatísticas de golpes, perda de documentos, assaltos e furtos. O Carnaval, por exemplo, deixa as pessoas mais distraídas e expostas, seja por comemorarem nas ruas, seja por frequentarem locais com grandes aglomerações”, afirma o gerente de produtos do SPC Brasil, Michel Felix.

Ter compras indevidas feitas em seu nome, perder tempo ao tentar regularizar a situação na polícia, bancos ou lojas e ficar com o ‘nome sujo’ e impedido de fazer compras a crédito são algumas das dores de cabeça mais comuns para quem perde documentos, como o CPF.

Consulta de CPF: veja como fazer na internet e no celular

“Ninguém está totalmente livre de passar por situações de golpe, furtos ou roubos, ainda mais durante eventos de massa como o carnaval. Ainda assim, é possível diminuir as chances de algo sair errado. As dicas mais básicas são andar apenas com cópias autenticadas dos documentos pessoais, evitar bolsas e mochilas e deixar o cartão de crédito ou débito sempre bem guardado, longe da vista de terceiros. Além disso, deixar anotado o número do serviço de atendimento da operadora do cartão facilita em casos de furtos, assim o bloqueio é solicitado o mais rápido possível”, orienta Félix. Para contratar o monitoramento grátis por 30 dias do documento, o consumidor deve acessar a página o site do serviço. 

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Economia

Faturamento da indústria desacelera em fevereiro, diz CNI

Publicado


.

O faturamento da indústria sofreu uma desaceleração em fevereiro. O aumento de 0,2% em relação a janeiro é baixo na comparação da alta de 2,3% registrada de dezembro para janeiro, informou hoje (8) a Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Apesar da desaceleração, em relação ao mesmo mês de 2019, o índice de crescimento em fevereiro ficou em 0,9%.

A Utilização da Capacidade Instalada (UCI) registrou alta de 1,2 ponto percentual em relação a fevereiro de 2019. De janeiro para fevereiro, a UCI aumentou 0,5 ponto percentual, alcançando 78,7%, sem considerar os efeitos sazonais. Foi a segunda alta consecutiva nesse dado.

Emprego

Segundo a CNI, apesar do emprego seguir praticamente estável, as horas trabalhadas tiveram queda. Entre janeiro e fevereiro, o emprego industrial não se alterou, considerando a série dessazonalizada.

Na comparação com o mesmo mês do último ano, houve um leve recuo 0,1%. Nesse mesmo período, a queda de horas trabalhadas foi de 1,6%. Da mesma forma, a massa salarial paga aos trabalhadores da indústria também caiu. A redução foi de 0,8% usando como base janeiro e 2,2% na comparação com fevereiro de 2019.

O rendimento médio real foi o indicador com a maior perda acumulada. O recuo de 0,7% é o quarto resultado negativo consecutivo desse índice, que havia registrado recuo de 0,1% em novembro de 2019, redução de 1,5% em dezembro, e novamente recuo de 0,1% em janeiro de 2020. Na comparação com fevereiro de 2019 a queda foi de 2,1%.

Edição: Maria Claudia

Continue lendo

Economia

Setor de serviços cai 1% de janeiro para fevereiro

Publicado


.

O volume do setor de serviços recuou 1% na passagem de janeiro para fevereiro deste ano, segundo dados da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) divulgados hoje (8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Essa foi a maior queda do setor desde julho de 2018 (-3,1%). Em janeiro deste ano, o setor cresceu 0,4% em relação a dezembro de 2019.

É importante destacar que a PMS divulgada hoje (8) refere-se a dados anteriores às medidas de isolamento social impostas devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), adotadas apenas a partir de meados de março.

Nos outros tipos de comparação temporal, o volume de serviços teve altas: na comparação com fevereiro de 2019 (0,7%), no acumulado do ano (1,2%) e no acumulado de 12 meses (0,7%).

A receita nominal caiu 0,1% em relação a janeiro deste ano, mas subiu 3,8% na comparação com fevereiro de 2019, 4% no acumulado do ano e 4,1% no acumulado de 12 meses.

Na passagem de janeiro para fevereiro, a queda de 1% do volume foi provocada por recuos nas atividades de serviços profissionais, administrativos e complementares (-0,9%), de informação e comunicação (-0,5%) e serviços prestados às famílias (-0,1%).

Por outro lado, duas atividades tiveram alta: transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (0,4%) e outros serviços (0,2%).

Edição: Valéria Aguiar

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana