conecte-se conosco


Saúde

SP avança em plano de retomada e 86% da população está na fase amarela

Publicado


.

Nove regiões do estado de São Paulo evoluíram seus indicadores relacionados à pandemia do novo coronavírus e estão agora na Fase 3 – Amarela do Plano São Paulo. Com essa mudança, anunciada hoje (7), o estado paulista tem agora 86,1% de seu território nessa fase amarela do Plano.

Na fase amarela, as regiões podem reabrir bares, restaurantes e salões de beleza com 40% da capacidade, além de academias com 30% de vagas e expediente limitado a seis horas por dia.

Entre as regiões que passaram para a fase amarela estão Piracicaba e Ribeirão Preto, que estavam na Fase 1 – Vermelha na classificação anterior. Além delas, passaram para a fase amarela as regiões de Araçatuba, Bauru, Campinas, Taubaté, São João da Boa Vista, Sorocaba e Marília, que estavam na Fase 2 – Laranja. Além delas, se mantiveram na fase amarela as regiões da capital paulista, Baixada Santista, Araraquara e as sub-regiões leste, sudoeste e sudeste da região metropolitana.

Agora, apenas duas regiões do estado permanecem na Fase 1 – Vermelha, de alerta máximo, onde terão que manter a quarentena e só poderão abrir serviços considerados essenciais como de logística, segurança, saúde e abastecimento. São elas: Franca e Registro. 

Três regiões e duas sub-regiões metropolitanas do território paulista estão na Fase 2 – Laranja, que permite o funcionamento com 20% da capacidade de público em escritórios em geral, imobiliárias, comércio de rua, shoppings e concessionárias. Essa abertura pode ser feita pelo período de quatro horas diárias, todos os dias; ou por seis horas, desde que abra apenas por quatro dias na semana.

As regiões na fase laranja são Barretos, Presidente Prudente e São José do Rio Preto, que já estavam nessa situação, além das sub-regiões norte e oeste. O bloco norte compreende as cidades de Caieiras, Cajamar, Francisco Morato, Franco da Rocha e Mairiporã. Já o bloco oeste compreende as cidades de Barueri, Carapicuíba, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus e Santana de Parnaíba. A sub-região oeste foi a única que regrediu nessa nova atualização do Plano São Paulo, passando da fase amarela para a laranja.

O governo paulista atualiza o Plano São Paulo a cada 15 dias [a última atualização ocorreu na sexta-feira passada, 24 de julho], observando os dados obtidos em uma semana na comparação com a semana anterior. Caso seja registrado uma grande piora nos dados, o plano é atualizado a qualquer momento.

O Plano São Paulo é dividido em cinco fases que vão do nível máximo de restrição de atividades não essenciais (vermelho) a etapas identificadas como controle (laranja), flexibilização (amarelo), abertura parcial (verde) e normal controlado (azul). O Plano São Paulo também é regionalizado, ou seja, o estado foi dividido em 17 regiões [com a região metropolitana dividida em cinco sub-regiões] e cada uma delas é classificada em uma fase.

Apesar dessa retomada, o governador de São Paulo, João Doria, anunciou hoje (7) a prorrogação da quarentena no estado até o dia 23 de agosto.

 

Plano SPPlano SP

Plano SP – Governo de São Paulo

 

Edição: Valéria Aguiar

Fonte: EBC Saúde

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Onze estações de trem em São Paulo promovem vacinação nesta segunda

Publicado


source

Agência Brasil

CPTM
CPTM / DIVULGAÇÃO

Atendimentos acontecerão em postos nas estações

Usuários de 11 estações de trem da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) que ainda não tiverem se vacinado contra sarampo, caxumba, rubéola, hepatite, difteria, tétano e coqueluche poderão receber, hoje (28), a imunização.

Os atendimentos serão realizados em postos montados nas Linhas 7-Rubi, 8-Diamante, 11-Coral e 12-Safira. A estação Barra Funda, que atende às Linhas 7-Rubi e 8-Diamante, receberá a ação das 8h às 14h contra difteria, tétano e coqueluche (a vacina DTP), além de hepatite.

Na Linha 11-Coral, a vacinação ocorre das 9h às 17h nas estações Corinthians-Itaquera, José Bonifácio, Dom Bosco e Guaianases contra sarampo caxumba e rubéola.

As estações Comendador Ermelino, São Miguel Paulista, Jardim Helena-Vila Mara, Itaim Paulista e Jardim Romano, da Linha 12-Coral, recebem o mesmo tipo de atendimento e no mesmo horário. Para receber a dose da vacina é obrigatório apresentar um documento oficial com foto e, caso possua, a carteira de vacinação.

Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

Saúde

Onze estações de trem em São Paulo promovem vacinação nesta segunda

Publicado


.

Usuários de 11 estações de trem da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) que ainda não tiverem se vacinado contra sarampo, caxumba, rubéola, hepatite, difteria, tétano e coqueluche poderão receber, hoje (28), a imunização. Os atendimentos serão realizados em postos montados nas Linhas 7-Rubi, 8-Diamante, 11-Coral e 12-Safira.

A estação Barra Funda, que atende às Linhas 7-Rubi e 8-Diamante, receberá a ação das 8h às 14h contra difteria, tétano e coqueluche (a vacina DTP), além de hepatite. Na Linha 11-Coral, a vacinação ocorre das 9h às 17h nas estações Corinthians-Itaquera, José Bonifácio, Dom Bosco e Guaianases contra sarampo caxumba e rubéola. As estações Comendador Ermelino, São Miguel Paulista, Jardim Helena-Vila Mara, Itaim Paulista e Jardim Romano, da Linha 12-Coral, recebem o mesmo tipo de atendimento e no mesmo horário.

Para receber a dose da vacina é obrigatório apresentar um documento oficial com foto e, caso possua, a carteira de vacinação.

Edição: Lílian Beraldo

Fonte: EBC Saúde

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana