conecte-se conosco


Policial

Sociedade se mobiliza para angariar recursos e construir nova delegacia

Publicado

Assessoria/PJC-MT

A sociedade de Campo Verde está mobilizada junto com a Polícia Judiciária Civil do município em busca de recursos para a construção da nova delegacia da cidade. Nesta semana, o 2º Grito de Carnaval promovido na cidade terá a renda revertida para erguer o novo prédio.

O assessor institucional da PJC, delegado Joaquim Leitão, representando a diretoria, participou nesta semana no município junto com os membros da comissão responsável pela construção da nova delegacia de mobilização para convidar a sociedade ao evento.

“É muito satisfatório ver o envolvimento da sociedade, das instituições do município em colaborar com o Estado para que a nova unidade policial seja uma realidade, a exemplo do que já vem sendo realizado no município de São José do Rio Claro”, destaca o assessor jurídico.

Em dezembro, a Secretaria de Segurança Pública recebeu da Prefeitura de Campo Verde o documento com a titularidade do terreno onde será construída a delegacia. Em localização central, a área tem cerca de 3.000 m². O projeto de engenharia da unidade policial, que terá 719 metros quadrados foi desenvolvido pela Gerência de Obras, da Diretoria de Execução Estratégica da Polícia Civil. O imóvel terá seis salas para cartórios, três gabinetes para delegados, duas salas da mulher, duas salas para os investigadores, quatro celas e demais dependências administrativas. O recurso destinado à construção será coordenado pelo Conselho Municipal de Segurança Pública.

O delegado-geral, Mário Dermeval Aravéchia de Resende, lembrou que a Polícia Civil passa a migrar para tecnologia, e desta forma a cidade terá um espaço adequado para atender as necessidades tanto dos servidores, quanto da população. “A  sociedade campo verdense está de parabéns, uma vez que está trabalhando de forma coerente promovendo condições para que a Instituição tenha mas qualidade em seu trabalho e oferte um  produto muito melhor ao Judiciário e Ministério Público”, destacou.

O delegado-geral destaca ainda que o engajamento da sociedade vai ao encontro do que a gestão tem buscado, ou seja, parcerias com outros órgãos, instituições e população visando solução conjunta a como a modernização da delegacia de Campo Verde.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Suspeito de furto de peças de caminhões em Sapezal tem prisão cumprida em VG

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem suspeito de furtar peças de caminhões foi preso nesta terça-feira (07.04), em Várzea Grande, em cumprimento a um mandado expedido pela Justiça de Sapezal (480 km a noroeste de Cuiabá).

A prisão foi cumprida por equipes da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande, em apoio à Delegacia da Polícia Civil de Sapezal.

De acordo com as investigações, o suspeito, junto com outra que se encontra presa, teria realizado diversos furtos em Sapezal na madrugada do dia 14 de fevereiro deste ano. Com base nas apurações foi representada pela prisão preventiva de ambos, decretada pelo Juízo da Comarca local.

As investigações prosseguem pela Delegacia de Sapezal para identificar se os suspeitos praticaram outros furtos de peças automotivas na cidade.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Vítimas de violência doméstica podem buscar orientação psicológica por telefone

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil criou, por meio da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá (DEDM) um canal de atendimento psicológico por telefone, para as vítimas que são atendidas pela unidade policial na Capital.

O atendimento é realizado pelo número (65) 99973-4796, onde a psicóloga da delegacia recebe mensagens, via áudio ou texto, ou ligações. O telefone recebe mensagens também pelo aplicativo whatsapp.

A delegada titular da DEDM, Jozirlethe Criveletto, explica que o serviço é para este período em que são necessários o distanciamento ou isolamento social e a redução de pessoas em circulação nas ruas e unidades policiais. “Continuamos atendendo as vítimas nas situações em que é necessário o serviço presencial. E para o atendimento psicológico, que pode ser realizado por telefone, disponibilizamos o serviço em que nossa profissional faz a escuta ativa, recebe mensagens e faz as orientações para as vítimas”.

A delegada reforça ainda que pela Delegacia Virtual (www.delegaciavirtual.mt.gov.br) as vítimas podem fazer o pré-registro de ocorrências como injúria, ameaça, calúnia, difamação, constrangimento ilegal e violação de domicílio no âmbito de violência doméstica. Para validação do pré-registro da ocorrência, a pessoa deve ligar em um dos números: (65) 3901-4839 / (65) 99989-4035 / 98463-2525.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana