conecte-se conosco


Registro Geral

Sobrinho de ex-prefeito, empresário morre de infarto aos 39 anos em Cuiabá

Publicado

Sobrinho de Chico Galindo, ela era proprietário da Ideal Terceirização

O empresário Bruno Galindo Placheski, morreu na madrugada desta segunda-feira (22) em Cuiabá, aos 39 anos, vítima de um infarto. Ele passou mal em sua residência e chegou a ser socorrido ainda no local por uma sobrinha que é médica, e encaminhado para uma unidade hospitalar, porém não resistiu. Bruno era dono da empresa Ideal Terceirização e sobrinho do ex-prefeito de Cuiabá e ex-deputado estadual, Francisco Galindo. Ele deixa esposa e três filhos.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Registro Geral

Ex-deputado federal morre em São Paulo após complicações causadas pela Covid

Publicado

O médico e ex-deputado federal José Augusto Curvo, o Tampinha, morreu aos 72 anos, na tarde desta quinta-feira (20), em São Paulo. Ele estava internado desde sábado (15) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Oswaldo Cruz após contrair Covid logo que passou por uma cirurgia para retirada de uma hérnia. Ele iniciou a carreira política em 1986 como secretário de Saúde de Mato Grosso na gestão do governador Wilmar Peres de Faria. Foi eleito vereador por Cuiabá em 1988 e deputado federal em 1990. Suplente, voltou à Câmara Federal entre 20 de janeiro a 22 de dezembro de 2016 na vaga de Ezequiel Fonseca. Tampinha foi o primeiro médico a se vacinar contra o coronavírus em Cuiabá e recebeu todas as doses.

Continue lendo

Registro Geral

Lei é sancionada e Cuiabá proíbe instalação de PCHs na extensão do Rio Cuiabá

Publicado

O projeto de lei de autoria do vereador Eduardo Magalhães do Republicanos, que  proíbe a construção de Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) e Usinas Hidrelétricas (UHEs) na extensão do rio Cuiabá que fica no território da capital, foi sancionado pelo prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), no último dia 14 de janeiro e publicado na Gazeta Municipal de 17 de janeiro de 2022. Em dezembro, o PL foi aprovado na Câmara de Cuiabá com 17 votos. A lei nº 6.766, tem abrangência somente na extensão do Rio Cuiabá, compreendida nos limites da capital mato-grossense, em relação aos outros trechos do rio em Mato Grosso, os deputados estaduais da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, devem votar ainda neste ano.

 

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana