conecte-se conosco


Nacional

Sistema eleitoral: entidades brasileiras vão aos EUA discutir ameaças

Publicado

Entidades vão aos EUA para discutir ameaças ao sistema eleitoral
Reprodução/ TRE-RN

Entidades vão aos EUA para discutir ameaças ao sistema eleitoral

Uma comitiva com representantes de 18 entidades da sociedade civil vai a Washington no próximo domingo para participar de uma série de encontros com autoridades americanas para discutir ameaças ao  sistema eleitoral brasileiro. 

Entre os dias 24 e 29 de julho, estão previstos mais de 20 reuniões com o Departamento de Estado e com integrantes do Legislativo dos EUA, em que o grupo vai pedir que respeitem o resultado das eleições de outubro.

O grupo reúne organizações nacionais e internacionais que defendem agendas de direitos humanos, como a Articulação dos Povos Indígenas Brasileiros (Apib), a Coordenação Nacional de Articulação de Comunidades Negras Rurais Quilombolas (Conaq), Greenpeace Brasil e Conectas.

Na agenda de reuniões, estão previstas conversas com o Departamento de Estado, com a Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados americana, além de encontros bilaterais com o deputado Jamie Raskin, democrata que está à frente da comissão que investiga a invasão do Capitólio por apoiadores do ex-presidente Donald Trump, em janeiro de 2021.

Paulo Abrão, diretor-executivo da Washington Brazil Office (WBO), que organiza a visita da comitiva, avalia que, diante do passado recente de ataques às instituições vivido nos Estados Unidos, os representantes brasileiros têm muito a falar e a ouvir nos encontros.

“O mundo inteiro acompanha com atenção as eleições presidenciais de 2022 do Brasil. Nos EUA, há uma sensibilidade ainda maior, por causa das tentativas de subversão do processo eleitoral americano em 2020 e da invasão ao Capitólio em 2021”, destaca.


Entre os objetivos do encontro, a garantia de endosso ao resultado nas urnas e ao processo eleitoral brasileiro por autoridades americanas é tido como um ponto nevrálgico, na avaliação da diretora de projetos da Conectas, Camila Asano. Ela acredita que o reconhecimento internacional é importante também tendo em vista o histórico recente do país.

“É uma forma de chamar atenção para o que está acontecendo no Brasil, mas também queremos ouvir a partir da experiência desses parlamentes com a invasão do Capitólio, em que uma das instituições da democracia foi atacada diretamente, e o episódio ainda tem impactos na democracia dos Estados Unidos. E também para entender o que permitiu que isso acontecesse e quais lições foram aprendidas a partir desse episódio”, afirma.

Além da viagem marcada para a próxima semana, a comitiva estuda levar a discussão a autoridades de outros países tidos como chave, mas ainda não definiram quais serão as possíveis destinações.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Nacional

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nacional

Petrópolis: polícia investiga corrupção após tragédias

Publicado

Morro da Oficina, em Petrópolis local mais atingido pela enchente há um mês
Tomaz Silva/Agência Brasil – 14.03.2022

Morro da Oficina, em Petrópolis local mais atingido pela enchente há um mês

A Polícia Civil e o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) fazem hoje (12) uma operação contra suspeitos de fraudes na contratação de uma empresa em Petrópolis, depois das chuvas que deixaram mais de 230 mortos na cidade da região serrana fluminense.

Segundo a Polícia Civil, o dirigente da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) aproveitou o estado de calamidade do município para contratar, sem licitação, uma empresa para prestar serviço de mão de obra.

O valor cobrado pela nova empresa era maior que o dobro daquele que vinha sendo praticado pela antiga prestadora de serviços, de acordo com a Polícia Civil. Estima-se que a contratação gerou um prejuízo superior a R$ 500 mil.

A Operação Clean, desencadeada hoje, cumpre 13 mandados de busca e apreensão em endereços ligados a funcionários da CPTrans e de empresários.

Por meio de nota, a prefeitura de Petrópolis informou que o diretor da CPTrans e outras pessoas citadas na operação já foram afastadas.

“A prefeitura é a maior interessada em apurar os fatos e abriu processo para apurar o caso imediatamente após deflagrada a operação”, informa a nota divulgada pela prefeitura.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Nacional

Continue lendo

Nacional

Frio: cidade de São Paulo registra recordes de baixa temperatura

Publicado

Madrugada e manhã desta quinta (11) foram de frio intenso em São Paulo
Rovena Rosa/Agência Brasil – 18/07/2017

Madrugada e manhã desta quinta (11) foram de frio intenso em São Paulo

O Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas de São Paulo (CGE) registrou ontem (11) a menor máxima média do inverno paulistano desde o início das medições em 2004, com a temperatura de 16,6°C. Desde o início da semana, a Defesa Civil mantém o estado de alerta para as baixas temperaturas.

São Paulo também alcançou ontem a menor temperatura mínima média do inverno, com 9,7°C, com destaque para a região de Parelheiros, na zona sul, onde a média chegou a 8,6°C.

Segundo o CGE, o ciclone extratropical, que provocou as mudanças climáticas e ventania durante a semana, distanciou-se do litoral paulista, fazendo com que a temperatura suba gradativamente durante as tardes, embora as madrugadas continuem geladas até o final de semana.

No decorrer do sábado, o sol predomina entre poucas nuvens, e a temperatura chega aos 23°C. Ao longo da noite, com céu nublado, a temperatura deve registrar 10°C.

O Dia dos Pais, no domingo (14), será de tempo estável e sem previsão de chuva.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Nacional

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana