conecte-se conosco


Cuiabá

Servidores destacam compromisso da gestão com o Programa Cuidando de Quem Cuida da Gente

Publicado


.

Com menos de uma semana de funcionamento, o Programa Cuidando de Quem Cuida da Gente, que foi lançado pela Prefeitura de Cuiabá na última segunda-feira (18) visando proteger a saúde mental e emocional dos milhares de profissionais do SUS da Capital que estão ligados ao atendimento e combate ao novo coronavírus (COVID-19), vem acumulando elogios e aprovação. 

Por meio de plataforma digital interligada ao site da Prefeitura, o Programa, que foi idealizado e coordenado pela primeira-dama da Capital, Márcia Pinheiro de forma inédita em Mato Grosso está acolhendo esses profissionais  por meio de palestras, workshops e ainda atendimentos psicológicos e psiquiátricos.

“Foi uma grande iniciativa da gestão que demonstrou cuidado com todos nós que estamos arriscando nossas vidas para salvar outras. Um olhar diferenciado que soube enxergar que antes de qualquer coisa, somos humanos, temos família e também temos medos de adoecer no combate à essa doença tão nova, com poucas informações concretas e assustadora”, pontuou José Paulino de Oliveira, responsável pelo Núcleo de Proteção do Paciente e do Trabalhador na Policlinica do Verdão.

A psicóloga Telma de Alencar Mendes que exerce suas funções no  Hospital Municipal de Cuiabá- HMC, endossou a importância do Programa. “Em qualquer fase da vida humana os cuidados com Saúde é crucial. A pandemia de Coronavírus potencializou todas as evidências que podem culminar em patologias que, se vão acompanhadas, podem resultar em sérios problemas mentais. O programa realmente veio para nos auxiliar nesses cuidados essenciais”, disse Alencar. 

De acordo com primeira-dama, as declarações vem ao encontro do grande objetivo do Cuidando de Quem da Gente que está contemplando 7 mil servidores de todas as esferas da Saúde e mais 200 da Assistência Social. 

“Sabemos que o estresse e a pressão que esses profissionais estão passando na atuação contra a Covid-19 provocam severos problemas de saúde mental nos trabalhadores.  Por isso, o objetivo  é prestar todo apoio e amparo psicológico necessário para cuidarmos de quem cuida da gente, nesse momento tão crítico. E saber que estamos conseguindo ofertar esse gesto de humanização é gratificante”, enfatizou  a primeira-dama. 

PRÁTICA

A nova estratégia de cuidados ao servidor está sendo conduzida por profissionais das áreas de psiquiatria, psicologia, nutrição e educação física e terá duração de seis meses. 

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cuiabá

Prefeitura divulga painel de casos de Covid-19 em Cuiabá desta quinta-feira (04)

Publicado


.

Nesta quinta-feira (04), Cuiabá tem 975 casos confirmados de residentes no município e 300 de não residentes, mas que estão sendo atendidos na capital. Destes, 253 já estão recuperados da doença e houve 13 óbitos de residentes e 18 de não residentes. Na rede hospitalar há 124 pacientes confirmados com Covid-19 internados, sendo 78 na UTI e 46 em enfermaria. Também estão internados 102 pacientes com suspeita da doença, sendo 61 na UTI e 41 em enfermaria.

Continue lendo

Cuiabá

Câmara de Cuiabá faz Live com Delegada de Defesa da Mulher com tema Violência

Publicado


.

A Câmara Municipal de Cuiabá através da Sala da Mulher Vereadora Maria Nazareth Hahn organizou uma “Live” em sua página no Instagram, na tarde desta quinta-feira (04), com a participação da titular da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM), Jozirlethe Magalhães Criveletto.

A delegada da DEDM foi convidada pelo legislativo municipal para abordar o tema “Violência Doméstica em Tempos de Pandemia”, sob a égide da Lei Maria da Penha (Lei Nº 11.34/2006). Na ocasião, Jozirleth fez uma explanação inicial sobre os tipos de violência mais comuns que as mulheres têm sofrido atualmente. Segundo ela, existe a violência física que diz respeito à lesão corporal e a tentativa de homicídio, a violência psicológica que traz danos emocionais à vítima, a violência moral que inclui a imagem denegrida, a violência sexual inclusive doméstica, e a violência patrimonial que envolve patrimônio e valores econômicos. Crimes tipificados pela Lei Maria da Penha no ano de 2006.

Respondendo aos eventuais questionamentos que surgiram por parte das pessoas que acompanharam a transmissão da “Live”, a delegada ressaltou que a delegacia especializada está atendendo normalmente durante este período de pandemia.

“No momento inicial do atendimento, a delegacia conta com os serviços de uma assistente social que faz o acolhimento da vítima, fornecendo todo apoio e orientação. Em seguida, uma psicóloga começa o processo de acompanhamento virtual da mesma, através de um número de WhatsApp”, acrescentou Jozirlethe.

A esposa do presidente Misael Galvão e primeira dama do legislativo, Adélia Galvão destacou a importância de abordar o tema violência contra a mulher. Segundo ela, o intuito é tão somente auxiliar e ajudar a mulher em seu posicionamento e necessidade.

“Eu fico grata com esta equipe que mesmo em momento de pandemia nos ajuda a buscar soluções aos problemas que estão surgindo. A Live veio ao encontro do pensamento de Misael, que é trabalhar, dar voz e lutar pelos projetos e ações voltadas às mulheres. Vamos sim, com toda nossa equipe estar desenvolvendo trabalhos em prol da mulher. Falamos sempre nisso, porém, falta mais ação em certos momentos. E vamos agir, violência NÃO. O primeiro bate papo com a doutora Jozirlethe foi só o início e o que pudermos fazer, vamos fazer”, acrescentou Adélia Galvão.

De acordo com Thamires Rondon, Chefe do Núcleo de Apoio a Mulher, Criança e Idoso do parlamento municipal, responsável pelos projetos da Sala da Mulher, desde o início ela teve muita esperança em levar informações importantes a inúmeras mulheres. “Sei que às vezes é um tema dolorido, de difícil aceitação, mas que nos levam muitas vezes a salvar vidas”, pontuou a chefe do núcleo.

Dentre os principais canais de comunicação da Sala da Mulher estão o telefone fixo (65) 3617-1569 e o WhatsApp (65) 9.9235-1835.

Jean Estevan / Câmara Municipal de Cuiabá

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana