conecte-se conosco


Mato Grosso

Seplag promove campanha para incentivar a doação de sangue

Publicado

A Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), por meio da Coordenadoria de Segurança e Saúde no Trabalho (CSST), promove no dia 14 de junho a campanha Dia D de Doação de Sangue, para a coleta de sangue e o cadastro de doadores de medula óssea. Para participar, é necessário que o servidor faça um pré-cadastro.

Na data em que se celebra o Dia Mundial do Doador de Sangue, a unidade móvel do MT Hemocentro – o Hemobus – estará no estacionamento da Escola de Governo, de 8h às 16h. A campanha tem como objetivo incentivar a doação de sangue entre os servidores da pasta. Para fazer o pré-cadastro basta ligar no número 3613-3727. Para doar o servidor deve comparecer ao local da doação usando máscara.

Na oportunidade, haverá também uma palestra ministrada pela equipe do Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome), destinada ao servidor que tenha interesse em se tornar doador de medula óssea. A orientação ocorrerá na sala de transmissões da Seplag (sala do pregão), às 8h.

“Esta campanha, em parceria com o Hemocentro, é muito importante, pois os bancos de sangue sempre precisam de mais doações. A ação tem o intuito de conscientizar os servidores sobre a necessidade de ajudar o próximo e lembrar que todos podem contribuir”, ressalta a secretária adjunta de Administração Sistêmica da Seplag, Eliane Albuquerque.

O MT Hemocentro é o único banco de sangue público de Mato Grosso e é responsável pelo fornecimento de bolsas de sangue e derivados para os hospitais e prontos-socorros do Estado. O serviço é totalmente custeado pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O processo para doação de sangue é simples, rápido e totalmente seguro. Não há riscos para o doador, pois o material usado na coleta do sangue é descartável, eliminando qualquer possibilidade de contaminação.

Para outras informações, entre em contato com a CSST pelos telefones (65) 99280-3107 e (65) 3613-3721 / 3722 / 3727.

Requisitos para doação:

– Pessoas entre 16 e 69 anos, que estejam pesando mais de 50kg (menores de 18 anos só podem doar com consentimento formal dos responsáveis).

– É necessário apresentar documento oficial com foto.

– Quem já teve Covid-19 poderá doar sangue somente 30 dias após cessarem todos os sintomas.

– Quem já tomou vacinas: Coronavac – 48h após a vacinação; Astrazeneca e Pfizer – 7 dias após a vacinação; e Influenza – 48h se for vírus inativado e 30 dias se não for.

– Não podem doar temporariamente, pessoas com febre, gripe ou resfriado, diarreia recente, grávidas e mulheres no pós-parto.

Recomendações:

– Evite alimentos gordurosos nas 3 horas que antecedem a doação de sangue.

– Caso seja após o almoço, aguardar 2 horas.

– Ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas.

– Ingerir quantidade extra de líquido nas 24 horas anteriores a doação.

– Evite o consumo de bebida alcóolica 12 horas antes da doação.

Serviço:

Interessados em continuar como doadores de sangue devem procurar o MT Hemocentro. O agendamento para a doação, em dias normais, pode ser feito através do site da instituição ou por meio dos telefones (65) 3623-0044 (Ramal 221 e 222) e WhatsApp (65) 98433-0624, de segunda à sexta-feira, das 7h às 17h30.

Supervisão de texto de D’Laila Borges. 

Fonte: GOV MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mato Grosso

Segunda-feira (04): Mato Grosso registra 771.458 casos e 15.017 óbitos por Covid-19

Publicado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta segunda-feira (04.07), 771.458 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 15.017 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Dos 771.458 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 12.682 estão em isolamento domiciliar e 743.034 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 72 internações em UTIs públicas e 84 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 80,90% para UTIs adulto e em 17% para enfermaria adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (136.331), Várzea Grande (53.834), Rondonópolis (44.319), Sinop (35.034), Tangará da Serra (24.960), Lucas do Rio Verde (23.922), Sorriso (23.423), Primavera do Leste (23.165), Cáceres (18.050) e Alta Floresta (17.129).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Cenário Nacional

No domingo (03.07), o Governo Federal confirmou o total de 32.490.422 casos da Covid-19 no Brasil e 671.911 óbitos oriundos da doença. Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta segunda-feira (04.07).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Polícia Civil incinera 300 quilos de entorpecentes em Rondonópolis

Publicado

A Polícia Civil incinerou nesta segunda-feira (04.07), em Rondonópolis, mais 300 quilos de entorpecentes apreendidos no semestre. A queima da droga é autorizada pela Justiça após realização de perícia pela Politec.

O material incinerado pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis é resultado de apreensões realizadas pelas forças de segurança em ações policiais no município.

Esta é a quinta incineração em 2022 realizada pela Derf e já alcançou quase 2,5 toneladas de entorpecentes queimados, entre maconha, cocaína, pasta base e drogas sintéticas.

O ato faz parte da Operação Narco Brasil, coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública no combate ao tráfico de drogas, incineração de entorpecentes e cerco ao crime organizado com auxílio das forças policiais federais e dos 26 estados e o Distrito Federal.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana