conecte-se conosco


Carros e Motos

Senna só perde para Schumacher no ranking de 161 corridas

Publicado

Ayrton Senna e o Honda NSX vermelho
Divulgação

Senna: três campeonatos mundiais, 41 vitórias, dois vices, 65 poles e 80 pódios em 161 GPs disputados

Ayrton Senna foi o maior piloto de todos os tempos? Essa pergunta volta à tona quando se completa 25 anos da morte do ídolo brasileiro. Passado já um quarto de século do acidente que o vitimou no GP de San Marino de 1994, essa é uma questão difícil de responder.

LEIA MAIS: McLaren customiza uma P1 GTR com base no F1 do primeiro título de Senna

Podemos dizer que existe muito conhecimento popular, filosófico e até “religioso” para explicar que Senna foi o melhor piloto de todos os tempos. Mas também existe o conhecimento científico, que podemos traduzir em números, é este que trago aqui na República do Automóvel.

Senna participou de 162 Grandes Prêmios de Fórmula 1, mas não alinhou para a largada do GP de San Marino de 1984, com um Toleman-Hart. Por isso, estatisticamente, sua carreira é considerada com 161 corridas. E é com este parâmetro (161 GPs) que fizemos uma pesquisa nos números da F1 para comparar Senna e os maiores pilotos da Fórmula 1 moderna.

Schummy e o Mercedes SLS
Divulgação

Schumacher: mesmo considerando somente as primeiras 161 corridas, o alemão tem números melhores que Senna

Não há como incluir pilotos como Juan Manuel Fangio (cinco títulos, dois vices e 51 vitórias em apenas 54 corridas) e Jim Clark (dois títulos, um vice e 25 vitórias em 72 corridas), pois fazem parte de outra época da Fórmula 1. Era a F1 romântica, com poucos GPs, quase todos na Europa.

Por outro lado, não é justo com Ayrton Senna que considere-se a carreira inteira de Michael Schumacher, Alain Prost, Lewis Hamilton e SebaStian Vettel, por exemplo, pois disputaram muito mais corridas. Se não tivesse se acidentado, Senna certamente ganharia mais títulos, mais corridas e ampliaria seu fantástico número de pole positions.

Por isso, para efeito de comparação, consideramos apenas as primeiras 161 corridas de cada piloto e suas conquistas. Além dos pilotos citados, incluímos também o tricampeão Nelson Piquet e o bicampeão Fernando Alonso nesta pesquisa.

LEIA MAIS: McLaren Senna feito de 500 peças de Lego é apresentado com volante e bancos

Alonso foi o campeão mais jovem da história. Um dado curioso sobre Piquet é que ele ganhou seu primeiro título com apenas 49 GPs e foi bicampeão em seu GP 78. Para se ter uma ideia, Senna só foi campeão em seu GP 77, o que mostra também a grandeza de Piquet no mundo da Fórmula 1.

Nelson Piquet ao lado do BMW M5
Divulgação

Piquet: três títulos e 20 vitórias no período, mas conseguiu dois títulos em 78 corridas, contra um de Senna


Ayrton Senna disputou 161 corridas, obtendo três títulos (1988, 1990 e 1991) e um vice-campeonato (1989). Pilotou nada menos de 13.430 km na liderança. Ele obteve 41 vitórias (25,5% dos GPs disputados), 65 poles (40,4%), 80 pódios (49,7%) e 19 melhores voltas (11,8%). Sua primeira vitória foi no GP 16 (Portugal, 1985), com um Lotus-Renault.

Seu primeiro título foi no GP 78 (Japão, 1988), com um McLaren-Honda. Mais do que os números, é revelador do talento de Ayrton o fato de ter sido o dificílimo circuito de rua de Mônaco seu GP com o maior número de vitórias. Foram seis vitórias, cinco poles e quatro melhores voltas em 10 GPs de Mônaco.

Em seguida, ele venceu cinco vezes na Bélgica (outra pista muito técnica), com quatro poles, em 10 participações. Também ganhou cinco vezes (com cinco poles) em oito corridas pelas ruas de Detroit e Phoenix (GP dos EUA). Senna se destacava em situações difíceis.

Senna era um devorador de recordes, até que chegou Michael Schumacher em sua vida. O alemão obteve 53 vitórias, 43 poles, quatro títulos e dois vices (um deles cassado, em 1997) em suas primeiras 161 corridas.

OS MAIORES PILOTOS EM 161 CORRIDAS

PILOTO TIT VIT VIC POL POD MV 1VIT 1TIT
SCHUMACHER 4 53 2 43 97 44 GP 18 GP 52
VETTEL 4 42 1 46 81 25 GP 22 GP 62
PROST 3 43 4 20 90 34 GP 19 GP 87
SENNA 3 41 2 65 80 19 GP 16 GP 77
HAMILTON 3 39 1 49 86 25 GP 6 GP 35
PIQUET 3 20 1 24 53 23 GP 24 GP 49
ALONSO 2 26 1 20 63 18 GP 30 GP 67

 Mesmo com esse quadro, porém, fica difícil saber quem foi o melhor piloto da era moderna em 161 corridas. Por isso, partimos para uma segunda fase dessa pesquisa, com o objetivo de formar um ranking. Para tanto, atribuímos a pontuação clássica da Fórmula 1 (9 pontos, 6, 4 3, 2 e 1) para cada critério. Evidentemente, o número de títulos é mais importante do que o número de vitórias.

E uma vitória vale mais do que um vice. Esse foi o critério. Atribuímos um ponto extra também para o piloto que ganhou a primeira corrida e o primeiro título com menos GPs (nos dois casos, foi Hamilton).

Veja no final da página como ficou nosso ranking dos 161 primeiros GPs. Schumacher manteve-se em primeiro lugar, mas, pela conexão entre acúmulo de conquistas e ordem de grandeza das coisas, Senna acabou ultrapassando Prost e Vettel, perdendo apenas para Schumacher.

Vettel, Infiniti, Q50
Divulgação

Vettel: com quatro títulos na fase inicial da carreira, o segundo maior piloto alemão supera Hamilton

Claro que a pergunta sobre quem foi o maior piloto de todos os tempos ficará eternamente aberta porque os pilotos correram em épocas diferentes, com regulamentos diferentes, com rivais diferentes. Porém, esta pesquisa e este ranking mostra que, na Fórmula 1 moderna, ninguém superou ainda o alemão Michael Schumacher.

LEIA MAIS: Renault mostra Sandero RS com pintura do Lotus F1 de Senna

Mesmo considerando somente as primeiras 161 corridas (o que Senna pode computar), Schumacher tem números superiores. No total da carreira, Michael ainda ganharia sete títulos. Mas quem pode dizer que Ayrton não teria conseguido oito, nove ou dez se não fosse a tragédia da curva Tamburello no dia 1º de maio de 1994?

RANKING DOS MAIORES PILOTOS EM 161 CORRIDAS

PILOTO TIT VIT VIC POL POD MV EXT TOT
PONTOS 9 6 4 3 2 1 1 1
SCHUMACHER 36 318 8 129 194 44 729
SENNA 27 246 8 195 160 19 655
VETTEL 36 252 4 138 162 25 617
HAMILTON 27 234 4 147 172 25 2 611
PROST 27 258 16 60 180 34 575
ALONSO 18 156 4 60 126 18 382
PIQUET 27 120 4 72 106 23 352
publicidade
2 Comentários

2 Comments

  1. FABIANO ARAÚJO disse:

    MICHAEL SCHUMACHER, O MAIOR CORREDOR E O MAIOR ATLETA DE TODOS OS TEMPOS! (nasc. 3 de Janeiro de 1969)
    Automobilista alemão, 7 vezes campeão da Fórmula 1. Tem 18 recordes ainda atuais. – RECORDES (com as comparações):
    Campeonatos: 7 (1994/1995/2000/2001/2002/2003/2004)
    Número de vitórias: 91
    Pódios: 155
    Pódios seguidos: 19 (GP dos Estados Unidos de 2001 até o GP do Japão de 2002)
    Schumacher é o único piloto a ter terminado uma temporada inteira no pódio, em 2002 (17 pódios)
    Hat-Tricks (Pole, melhor volta e vitória, na mesma corrida): 22
    Vitória e melhor volta: 48
    Vitórias no mesmo Grande Prêmio: 8(França)-1994, 1995, 1997, 1998, 2001, 2002, 2004 e 2006
    Temporadas seguidas com vitórias (anos consecutivos): 15 (1992-2006)
    Melhores voltas (voltas mais rápidas): 77
    Vitórias na mesma temporada (‘Vitórias num ano’): 13/18GPs/2004/72,22%
    Segundos lugares (Podium-2ªposição): 43
    Voltas na liderança (Em cabeça por n° de voltas): 5.111
    Na frente por média de Km’s (Em cabeça por n° de KMs): 24.148 Km’s
    Maior média de velocidade em uma corrida (Grande Prêmio da Itália de 2003-Monza): 247,585 km/h (Corrida mais rápida da história da F1)
    Maior período como campeão: 4 anos, 11 meses e 17 dias (8 de Outubro de 2000 a 25 de Setembro de 2005)
    Melhor desempenho na Temporada: em 2004 teve 13VIT & dois 2°LUG
    Título mais rápido: 2002 (foi campeão em Julho com seis corridas de antecedência)
    (Schumacher disputou seu último GP de Fórmula 1 aos 43 anos, 10 meses e 22 dias, na Mercedes, no GP do Brasil de 2012)
    *FONTES: &
    *É CLARO QUE SENNA FOI UM GRANDE CAMPEÃO, MAS VAMOS DEIXAR ESSE BRAZUQUISMO BURGUÊS DE LADO!

  2. Luciano Ozorio disse:

    Isso não é parâmetro para dizer quem é melhor ou pior. O parâmetro é dizer quem foi mágico. Onde está o “Donnington 93” de Schumacher onde ele tinha um carro com motor até melhor do que o de Senna e ficou para trás ? O próprio Schumi disse que se Senna não tivesse morrido ganharia 94 e 95 pois Ayrton era melhor do que ele … A própria temporada de 1993 foi a melhor de Senna, considerado o melhor piloto daquele ano com corridas mágicas, e sem sequer ser campeão.. etc..etc.. Hamilton tem 5 títulos mundiais e já encaminha o sexto e bater recordes de Schumacher e nem por isso é melhor do que Senna.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carros e Motos

VW  Taos vai bem em teste de colisão, ao contrário da dupla Fiat Argo e Cronos

Publicado


source


VW Taos ganha nota máxima de 5 estrelas em teste de segurança no Latin NCAP, que adotou novos critérios
Divulgação

VW Taos ganha nota máxima de 5 estrelas em teste de segurança no Latin NCAP, que adotou novos critérios

De acordo com o último levantamento do Programa de Avaliação de Carros Novos para América Latina e o Caribe, Latin NCAP, o primeiro veículo a ganhar 5 estrelas sob o novo protocolo foi o SUV Volkswagen Taos.

Fabricado na Argentina e no México, VW Taos conta seis airbags e Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC) como itens de série e graças a isso e a outros fatores que envolve a segurança.


Além desses, outros diversos fatores contribuíram para que o SUV da marca alemã atingisse 90,2% em Proteção de Ocupantes Adultos, 89,90% em Proteção de Ocupantes Infantis, 60,61% em Proteção de Pedestres e Usuários Vulneráveis das Estradas e 85,04% em Sistemas de Assistência à Segurança.

Falta de airbags laterais, além de problemas na estrutura foram citados na avaliação do Fiat Cronos, conforme o Latin NCAP
Divulgação

Falta de airbags laterais, além de problemas na estrutura foram citados na avaliação do Fiat Cronos, conforme o Latin NCAP

Em contrapartida, o Fiat Argo e Cronos com apenas dois airbags frontais e sem ESC padrão, ganhou zero estrela. Ambos atingiram 24,37% em Proteção de Ocupantes Adultos, 9,91% em Proteção de Ocupantes Crianças, 36,91% em Proteção de Pedestres e Usuários Vulneráveis das Estradas e 6,98% em Sistemas de Assistência à Segurança.

Leia Também

Tanto o representante da VW quanto os da Fiat foram submetidos a testes de impacto frontal, impacto lateral, impacto lateral, chicotada cervical (whiplash) e proteção de pedestres e no caso em especial do da VW, impacto lateral de poste, já que o modelo conta com airbags de proteção lateral e proteção lateral de cabeça como equipamento padrão.


Em nota oficial, a Stellantis informou apenas que todos os seus veículos cumprem as recomendações e normas homologatórias vigentes ligadas à segurança.

Por sua vez, o presidente do comitê de direção do Latin NCAP , Stephan Brodziak disse que “não fosse pelo Latin NCAP, não poderíamos ter conhecimento da baixa segurança que o Fiat Argo/Cronos oferece não só aos consumidores, mas também a todas as pessoas que circulam nas ruas. Chamamos a atenção para que a Fiat tenha carros mais seguros”, conclui o executivo.

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Carros e Motos

Triumph lança série especial da Tiger 900 de 1 milhão de vendas

Publicado


source


Triumph Tiger 900 1M: modelo que completa 1 milhão de unidades produzidas na frente da fábrica na marca na Inglaterra
Divulgação

Triumph Tiger 900 1M: modelo que completa 1 milhão de unidades produzidas na frente da fábrica na marca na Inglaterra

A britânica Triumph é uma das fabricantes mais tradicionais da Inglaterra. Fundada em 1902, a empresa agora comemora a fabricação da sua milionésima Tiger 900.

Para comemorar o marco, a Triumph também aproveitou para celebrar os 31 anos de abertura de sua linha de montagem, após o seu ressurgimento ao mercado, em 1990.

Com o intuito de mantê-la em atividade, a marca inglesa com sede em Hinckley  está comemorando a marca de 1 milhão de unidades produzidas.  Para não deixar essa data importante passar em branco, a Triumph resolveu lançar uma série limitada da Tiger 900.

Assim ‘nasceu’ a Tiger 900 Rally “1M” , referindo-se à produção de 1 milhão de unidades. Esteticamente, o modelo conta com emblema da marca e os dizeres “Celebrando Um Milhão 1990-2021” em inglês. Já a cor predominante é a prata com detalhes em vermelho.

A Tiger 900 Rally Pro “IM” foi apresentada na sede da Triumph, em Hinckley (Inglaterra), pelo CEO Nick Bloor, na semana passada e será exibida no Motorcycle Live Show , que ocorre de 4 a 12 de dezembro em Birmingham, antes de assumir residência permanente na Factory Visitor Experience.

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana