conecte-se conosco


Cuiabá

Semob realiza coleta de propostas para o Plano de Mobilidade Urbana de Cuiabá; Veja como participar

Publicado

Para dar continuidade ao processo participativo de construção do Plano de Mobilidade de Cuiabá, após a realização da primeira audiência pública, a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), juntamente com o Consórcio Cuiabá em Movimento’, iniciou na terça-feira (19),  a fase de coleta de propostas.
 
Agora, é necessário abrir a discussão para que a população possa apresentar contribuições e propostas para o Plano de Mobilidade.
 
O Consórcio é formado pelas empresas EGL Engenharia LTDA e GPO Sistran LTDA – que juntamente com a Semob – elabora o Plano de Mobilidade Urbana da Capital. Para particpação basta o preenchimento de  um formulário que tem como objetivo coletar propostas e apontamentos que possam contribuir com melhorias para a mobilidade urbana. O preenchimento da pesquisa tem duração de 2 a 4 minutos e o período de participação é de 15 julho a 12 de agosto. 
 
 
O Plano Municipal de Mobilidade e Acessibilidade irá preparar a capital para os próximos 10 a 15 anos. Conforme a Lei 12.587/2012, o Plano de Mobilidade deve conter diagnósticos para o transporte público coletivo, circulação de carros e pedestres, acessibilidade para pessoas com deficiência e integração do transporte público com o privado, ciclovia/ciclofaixa, entre outros. O município que não tiver esse diagnóstico poderá deixar, por exemplo, de receber recursos federais para mobilidade urbana.

 
A Lei sobre a Política Nacional de Mobilidade Urbana nº 12.587/12 (art.24), exige o conteúdo mínimo:
 
Os serviços de transporte público coletivo;
 
A circulação viária;

As infraestruturas do sistema de mobilidade urbana;

A acessibilidade para pessoas com deficiência e restrição de mobilidade;

A integração dos modos de transporte público e destes com os privados e os não motorizados;

A operação e o disciplinamento do transporte de carga na infraestrutura viária;

Os polos geradores de viagens;

As áreas de estacionamentos públicos e privados, gratuitos ou onerosos;

As áreas e horários de acesso e circulação restrita ou controlada;

Os mecanismos e instrumentos de financiamento do transporte público coletivo e da infraestrutura de mobilidade urbana;

A sistemática de avaliação, revisão e atualização periódica do Plano de Mobilidade Urbana em prazo não superior a dez anos.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cuiabá

Prefeito e secretária de saúde lamentam falecimento da fisioterapeuta Elaine Silva

Publicado

O prefeito Emanuel Pinheiro e a secretária municipal de Saúde Suelen Alliend lamentam o falecimento da fisioterapeuta Elaine Larissa Barros Ferreira da Silva, 38 anos. Elaine lutava contra um câncer de mama. 

“É com muita tristeza que recebo a notícia do falecimento de uma mãe de família e grande profissional. Que Deus conforte os familiares e amigos neste momento de profunda tristeza”, lamentou o prefeito. 

A secretária de Saúde lembra que além de ser uma ótima profissional Elaine também era do sindicato, e muito atuante na defesa da categoria. “Pessoa competente e de fibra, é uma perda muito grande”, disse Suelen. 

A servidora atuava na rede municipal de saúde há mais de 10 anos. Trabalhou no antigo pronto-socorro de Cuiabá, e por último à profissional desempenhou suas atividades na policlínica do Coxipó. A servidora deixa marido e uma filhinha. 

O velório será a partir das 7h, do dia 15/08 (segunda-feira), na Capela Jardins, Sala Roseiras, em Cuiabá.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Continue lendo

Cuiabá

Emanuel Pinheiro lamenta falecimento do prefeito de Pedra Preta, Nelson Orlato

Publicado

O prefeito Emanuel Pinheiro externa o seu lamento pela morte do prefeito do município de Pedra Preta, Nelson Orlato, aos 74 anos. O falecimento foi confirmado na tarde deste domingo (14), por conta de um câncer no pâncreas que enfrentava há cerca de um ano.  

Natural da cidade de Osvaldo Cruz, situada no interior de São Paulo, ele transformou-se em uma figura importantíssima para Pedra Preta, onde morava desde 1974 e possui grande colaboração no desenvolvimento do município como empreendedor no campo de cereais. 

“Com toda certeza, sua partida causa dor e tristeza. Mas, a imagem que fica é a de uma pessoa brilhante, visionária e, principalmente, amorosa com todos aqueles que estavam ao seu redor. Tive a honra de vivenciar tudo isso pessoalmente quando trabalhamos juntos com o então deputado federal Jonas Pinheiro. Nelson foi mais um amigo que a política me deu e que levo para sempre em meu coração”, lembra Emanuel. 

Nelson estava no seu terceiro mandato como prefeito de Pedra Preta e, mesmo lutando contra a doença, continuava cumprindo expediente na Prefeitura. Nessa gestão, ele tinha como principal projeto a criação do primeiro distrito industrial do município. 

Nelson deixa a esposa Míriam Santana Orlato, e três filhos: Rivaldo Torres Orlato, Tatiani Santana Orlato e Viviane Santana Orlato. O velório do corpo de Orlato será na Câmara de Vereadores de Pedra Preta, onde também ocupou uma cadeira e teve a honra de presidir a Casa por dois anos. 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana