conecte-se conosco


Cuiabá

Seminário da Secretaria da Mulher prevê criação de núcleo para a escuta e proposições de políticas às mulheres negras

Publicado

Para celebrar e homenagear o dia Internacional da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha e o dia Nacional de Tereza de Benguela, a Secretaria Municipal da Mulher, realizou na segunda-feira (25), o 1º “Seminário das Pretas” – Fortalecendo o protagonismo da mulher negra” e contou com diversos debates, gastronomia, desfiles, oficina de turbante dentre outros. Como resultado da ação, foi proposta a criação de um Núcleo de Mulheres Negras, um espaço para o debate e proposições de políticas versando o fomento às mulheres negras.

De acordo com a secretária da pasta da mulher, Cely Almeida, as discussões são importantes para que políticas públicas efetivas sejam desenvolvidas. Ela ainda destacou que os obstáculos enfrentados diariamente pelas mulheres negras no Brasil são um reflexo da construção de uma camada social moldada pelo racismo e a questão de gênero e que infelizmente os negros continuam sendo alvos de preconceitos, discriminações e, até mesmo, de violência.

“É uma data muito significativa para as mulheres negras e essas ações só acontecem porque temos uma gestão humanizada que olha e trabalha por todos”, afirmou. 

Segundo a vice-presidente do SINTEP-MT, Leliane Cristina Borges, Cuiabá dá um recado para todo país, colocando á frente da Secretaria Municipal da Mulher, a adjunta da pasta Elis Regina, mulher negra que luta pela causa.

“Valorizamos a dinâmica do prefeito Emanuel Pinheiro essa sensibilidade de respeitar e criar uma secretaria mesmo em um estado contrário as ações para as mulheres, contrário as políticas sociais. Que esta seja a primeira de diversas ações voltadas para o protagonismo da mulher negra”, pontua. 

Para a secretária-adjunta da mulher, Elis Regina Prates, o evento foi uma oportunidade de levar não apenas cuidados às mulheres, mas também de contar diversas histórias como a dos turbantes que levam o significado em cada tipo de amarração no continente africano, sobre Tereza de Benguela, além de dar visibilidade e fortalecer às diversas iniciativas de organização das mulheres negras e suas lutas no enfrentamento ao racismo. 

“Com a representatividade acompanhada de uma política de gestão pública adequada, uma política de promoção de igualdade racial, com esse recorte na centralidade do desenvolvimento social das mulheres negras, dá para pensar no papel propulsor que o Estado tem enquanto ator do desenvolvimento social da comunidade”, disse.

Em sua fala final Elis ainda salientou que o assunto requeria muito mais tempo para discussão e empoderamento das mulheres negras, por isso foi proposta a criação do Núcleo de Mulheres Negras da Secretaria da Mulher. “Este seria um espaço permanente de escuta dos anseios e proposição de políticas públicas para as pretas”, finalizou.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cuiabá

Cuiabá confirma mais dois casos de Monkeypox

Publicado

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica, informa:

– Mais dois casos de Monkeypox (Varíola dos Macacos) foram confirmados em Cuiabá; 

– Os dois casos em investigação são referentes a homens, um de 26 e o outro de 44 anos, ambos sem histórico de viagens; 

– Os dois pacientes já foram informados e estão em isolamento domiciliar; 

– Diariamente, a equipe de Vigilância monitora os pacientes, sempre em acordo com as medidas de biossegurança para evitar o possível contágio; 

– Os dois pacientes suspeitos apresentam lesões características da doença, mas sem nenhuma complexidade;

– Os dois indivíduos irão permanecer em isolamento até o desaparecimento completo das lesões (cerca de 2 a 3 semanas, ou até 21 dias).

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Continue lendo

Cuiabá

Palácio Alencastro fica lilás em prol da campanha de combate à violência contra a mulher

Publicado

A Prefeitura de Cuiabá adotou, para todo esse mês, o lilás como cor de destaque na iluminação de sua fachada. A iniciativa foi implementada em alusão à campanha nacional “Agosto Lilás”, que fortalece as ações de prevenção e de enfrentamento à violência contra a mulher. Neste ano, o movimento também marca o aniversário de 16 anos da criação da Lei Maria da Penha (Lei nº 11.340/2006).

“É um ato simbólico que representa o combate contra as diversas formas de violência que a mulher enfrenta diariamente. Nossa gestão tem buscado incentivar a criação de políticas públicas voltadas para o público feminino e a adesão ao Agosto Lilás é mais uma ferramenta fundamental nessa luta por igualdade de gênero”, comenta o prefeito Emanuel Pinheiro.

Segundo a secretária municipal da Mulher, Cely Almeida, nesse mês de agosto a pasta conta com uma programação específica com roda de conversa, panfletagem, seminários, palestras dentre outras atividades, com o objetivo de conscientizar cada vez a população sobre a importância do combate à violência contra a mulher.

“As denúncias no enfrentamento desse grave problema não devem partir apenas da vítima, mas sim de qualquer pessoa que perceber os atos de agressões, que podem ser físicos, psicológicos, sexuais, morais e patrimoniais”, afirma Cely Almeida.

Além de iniciativas como a criação do Espaço de Acolhimento à Mulher, a Secretaria Municipal da Mulher desenvolve, de forma contínua, diversos outros projetos. Entre eles estão: Solidariedade em Ação, Mulheres em Ação, Mulheres que Mudam Cuiabá, Sorriso Protetor, Mãos Amigas, Obras da Casa da Mulher Brasileira, Cartilha contra o Assédio Moral e Sexual e Cuiabá por elas, Parada Segura e Meu corpo não é corrimão.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana