conecte-se conosco


Mato Grosso

Sema realiza visita técnica em Juína para aprimorar dados de manejo e exploração florestal

Publicado


Equipe de desenvolvimento em Tecnologia e Informação da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) realizou uma visita técnica em Juína para conhecer a realidade e verificar o funcionamento da coleta de dados em campo do manejo florestal, exploração e transporte de madeira.

A visita faz parte da implementação do sistema tecnológico de rastreabilidade de exploração florestal, que o estado vem desenvolvendo desde 2017, em contato com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), para que o mesmo controle de rastreamento desenvolvido no estado seja implementado no restante do país.

“A implementação dessa proposta é para colocar um sistema que tenha o controle dessa matéria prima, mas que não engesse para o produtor de forma que ele não consiga trabalhar”, explicou a Superintendente de Gestão florestal da Sema-MT, Suely Bertoldi.

De acordo com Superintendente de Gestão Ambiental é fundamental que a equipe técnica de Tecnologia e Informação conheça o funcionamento do processo em campo, desde a coleta de dados em campo de manejo florestal até a exploração e o transporte, para a implementação do sistema de rastreabilidade de exploração florestal.

Parcerias

Para realizar a visita, a equipe da Sema contou com parcerias do Sindicato da Indústria Madeireiras e Moveleiras do Noroeste de Mato Grosso (SIMNO) e do Centro de Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso (Cipem).

“Hoje, nós estamos com a Sema que é o órgão licenciador então quanto mais próximos nós estivermos e o produtor e o industrial madeireiro estiverem alinhados com o órgão ambiental os erros são minimizados e a gestão se torna muito mais eficiente”, destacou Valdinei Bento dos Santos, diretor executivo do Cipem.

O presidente do do SIMNO, Edvaldo Dal Pozzo, elogiou a iniciativa da Sema e pontuou que a visita facilita no conhecimento da realidade local e auxilia na efetivação do projeto. “Eles vêm ver a dificuldade que temos aqui na estação da madeira e conhecer como funciona. Isso é muito importante para o desenvolvimento deste trabalho”.

A visita contou com a presença do prefeito de Juína, Paulo Veronese, que ressaltou a importância da visita técnica e parcerias entre os órgãos para beneficiar a região. “Hoje aqui no manejo florestal é mais um dia de campo, acompanhando os trabalhos da equipe da Sema, pensando no futuro, pensando nessa melhoria, enquanto empresário, enquanto engenheiro e enquanto equipe de exploração”

O empresário de Brasnorte Wilkler Fábio destacou como as instituições públicas tem visto as empresas de um modo diferente e vem tentando trabalhar em cooperação. “Hoje eles já veem a gente como uma forma real. Só tenho a agradecer por estar aqui visualizando a nossa realidade, para assim buscar melhorias para o nosso setor”.

Denúncias

A exploração ilegal de madeira é crime e pode ser denunciada pela Ouvidoria Setorial da Sema: 0800-065-3838, pelo WhatsApp (65) 99321-9997, nas unidades regionais do órgão ambiental, ou ainda, pelo aplicativo MT Cidadão.

*Texto com supervisão de Renata Prata

Fonte: GOV MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Mato Grosso recebe 98.610 doses de vacina contra a Covid-19 nesta quarta-feira (08)

Publicado


O Ministério da Saúde informou ao Estado o envio de 98.610 doses de vacinas para a  imunização dos grupos prioritários da Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19.  As doses devem chegar em Mato Grosso às 10h50 desta quarta-feira (08), por um voo da Gol, no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande.

Serão encaminhadas para o Estado 73.710 doses da Pfizer e 24.900 doses da Janssen. Do total das doses únicas, 13.450 devem ser direcionadas aos municípios da região de fronteira, conforme definido pelo Ministério da Saúde. 

Imediatamente após a chegada do imunizante, as equipes da Vigilância Estadual trabalharão no recebimento das doses, na conferência da quantidade, na catalogação dos imunizantes, no encaixotamento para retirada dos municípios.

Conforme Resolução da Comissão Intergetores Bipartite (CIB) nº 126 de 2021, as novas doses das vacinas contra a Covid-19 passarão a ser distribuídas mediante solicitação das gestões municipais.

A medida se deve ao risco de perda de doses, devido ao prazo de validade, e à baixa procura por imunização em alguns municípios. Desta forma, será encaminhado um quantitativo compatível à necessidade local.

Essa logística já ocorre com todos os outros imunizantes da Campanha Nacional de Imunização e, agora, também passa a valer para as vacinas contra a Covid-19. As solicitações deverão ser feitas por meio do Sistema de Insumos Estratégicos em Saúde (Sies), conforme fluxo já estabelecido com as demais vacinas. 

A Resolução ainda prevê que os municípios deverão solicitar o quantitativo de doses uma vez por semana, às sextas-feiras. A entrega das doses será realizada na semana seguinte. 

Até o momento, Mato Grosso já recebeu 6.463.887 doses de imunizantes contra a Covid-19 e aguarda a chegada da nova remessa.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Indea apreende 39 caminhões de madeira irregular no mês de novembro

Publicado


O Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea) apreendeu, no mês de novembro, 39 caminhões com irregularidades no transporte de madeira no Posto de Identificação da Madeira, em Cuiabá, e nas barreiras volantes em Barra do Garças e em Rondonópolis. As irregularidades foram por transporte de madeiras de espécies diferentes do que dizia a guia ou documento de origem florestal, volume maior do que o emitido em documento.

Ao todo foram apreendidos 1.305,35 metros cúbicos de madeira, que dariam para fazer o madeiramento de mil casas populares. A madeira apreendida fica sob a responsabilidade da Delegacia de Meio Ambiente (Dema).

Em ação conjunta com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF), no mês passado, dos 455 caminhões parados pela fiscalização, 24 foram apreendidos por irregularidades. Em Barra do Garças, a barreira do Indea parou 30 caminhões e um deles foi apreendido por desconformidades entre espécie transportada e a guia emitida.

Ainda em novembro, o Indea integrou uma força-tarefa com a Sema e o Batalhão de Operações Especiais (Bope) em Colniza e foram emitidos 5 autos de infração, 5 termos de embargo, 1 auto de inspeção e 1 termo de destruição, 2 termos de apreensão, 2 termos de depósito, 2 termos de doação e 1 termo de notificação.

Madeira certificada

No mês passado, o Posto de Identificação da Madeira emitiu 2.777 certificados de madeira, identificou o volume de 76.303,56 metros cúbicos, cuja taxa de arrecadação correspondeu a R$ 1,170 milhões e R$ 1,5 milhão em recolhimento do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab).

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana