conecte-se conosco


Mato Grosso

Sema apreende 114 kg de pescado ilegal em empreendimento comercial no Manso

Publicado

A Coordenadoria de Fiscalização de Fauna, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), apreendeu 114,8 kg de pescado ilegal em um pesqueiro no Rio Manso. A ação ocorreu em atendimento a denúncias feitas por meio de vídeos compartilhados em aplicativo de mensagem, que denunciavam a captura de peixes de forma predatória na região.

A fiscalização, realizada em 28 de maio, teve o apoio de policiais militares do 24º Batalhão.  Ao vistoriar o pesqueiro, a equipe encontrou pescados das espécies piraputanga, tambaqui e pintado.

Os fiscais solicitaram ao responsável a apresentação dos documentos de origem do pescado armazenado e foram informados de que os peixes eram oriundos de pescadores que vendiam ao local e que não possuíam a documentação. Desta forma, todo o pescado foi apreendido, bem como o refrigerador de 546 Litros, onde estava guardado.

Os proprietários receberam multa de R$ 22,2 mil.  Foram 28,8 kg de piraputanga, 54,7 kg de tambaqui, 5,3 kg de pintado e 26 kg de pescado descaracterizado (filé).

O pescado apreendido foi doado ao Hospital do Câncer e à Creche Dona Micaela Henrique de Souza Lima, em Cuiabá.

“As ações de fiscalização na região do Rio Manso continuarão e serão intensificadas nos próximos dias, tendo em vista a grande quantidade de cardumes presentes na região. Estamos cobrando a carteira de pescador e observando as medidas e as quantidades estipuladas na legislação vigente”, explicou o coordenador de Fiscalização de Fauna da Sema, Alan Silveira.

O descumprimento das exigências legais pode acarretar na aplicação de multas, apreensão das embarcações, veículos, equipamentos e apetrechos utilizados na captura, transporte ou armazenamento, além de condução à delegacia, quando se tratar de crime.

Denuncie crimes ambientais

É possível fazer denúncias relacionadas a crimes ambientais, em diferentes canais de atendimento: telefone, e-mail, pelo aplicativo MT Cidadão e pessoalmente. 

Telefone: 0800 065 3838
Whatsapp: (65) 99321-9997
E-mail: [email protected]
Endereço: Centro Político e Administrativo, Rua C, S/N, Cuiabá-MT 

Fonte: GOV MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mato Grosso

Projeto social da PM em Tangará da Serra leva inclusão e cidadania através do esporte

Publicado

Há mais de quatro anos, o 19º Batalhão da Polícia Militar, sediado em Tangará da Serra, tem se aproximado da comunidade e colocado crianças e jovens no caminho do esporte por meio do projeto social “Judô Tatame”, que ensina as práticas do judô e jiu-jitsu. As aulas são ministradas pelos próprios policiais militares da unidade e se destacam em incluir pessoas com diversas necessidades especiais.

O projeto iniciou de maneira simples, com poucos equipamentos e uniformes. Quando foi transferido para o batalhão, recebeu doações de kimonos e logo a quantidade de estudantes foi crescendo. Atualmente, atende aproximadamente 308 alunos, sendo crianças de 4 a 11 anos, adolescentes de 12 a 16 anos e adultos.  

Alguns dos destaques do projeto são os estudantes Alex Gonzaga Santos de 13 anos, medalha de prata do estadual de jiu – jitsu de 2022 e Carolina Vitória da Silva, 13 anos, medalhista de Ouro na Copa Tangará de Jiu Jitsu.

Conforme um dos coordenadores, sargento Da Silva, um dos motivos do resultado satisfatório é a didática que agrega pessoas com necessidades diferentes.

“A iniciativa foi trazida para o batalhão para atender a todos, sem distinção econômica. Os pais viram uma oportunidade de intensificar e melhorar a disciplina das crianças com a participação nas aulas. Para elas, nós reforçamos o respeito e o trabalho em equipe. Para o adolescente e o adulto nós trabalhamos o comprometimento e a responsabilidade, e vemos que o resultado é satisfatório”, afirma o sargento.

Segundo o tenente-coronel Vanilson da Silva Moraes, comandante do 19º Batalhão da PM, a iniciativa é muito importante e só tende a crescer, visto os bons resultados.

“Logo teremos um novo polo na Vila Operária, onde há uma base comunitária da PM. Já temos a emenda e entregamos todo o projeto necessário para a construção do local. Estamos confiantes que esse projeto só vai crescer e continuar mudando a vida das pessoas”, pontua o comandante.

As aulas do projeto acontecem às segundas, quartas e sexta-feiras em horários diversificados, na sede do 19º Batalhão. Em todo o momento, novos alunos podem se inscrever e começarem a praticar as lutas.

(Sob supervisão de Hallef Oliveira)

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Governo de MT já liberou mais de R$ 5,1 milhões de créditos a pequenos empresários em 2022

Publicado

O Governo de Mato Grosso, por meio da agência de fomento Desenvolve MT, já liberou mais de R$5,1 milhões em crédito para apoiar pequenos e micro-empreendedores mato-grossenses, fortalecendo os negócios, e gerando emprego e renda nos municípios.

O valor considera os recursos liberados entre janeiro a maio de 2022, quando foram formalizados 241 contratos em 49 municípios, por meio da plataforma digital e agentes de crédito credenciados. Entre os 15 municípios que mais tomaram crédito neste ano, 11 possuem agentes que facilitam o acesso e dão suporte para o empreendedor durante todo processo de contratação. 

Atualmente, a agência possui 40 municípios parceiros e 15 entidades de classe que prestam apoio e atendimento aos empreendedores. A oferta de crédito potencializa o desenvolvimento das cidades ao financiar pequenos negócios, contribuindo na geração de emprego e renda.

Silvana Camargo, proprietária da academia Top Fitness em Vila Rica (1.272 km de Cuiabá), é um exemplo de empreendedora que conseguiu o recurso da Desenvolve MT para investir em equipamentos e melhorar a estrutura do seu negócio. Microempresária de um dos setores mais afetados na pandemia da Covid-19, ela conta que ficou sabendo do crédito por meio da agente de crédito da sua cidade.

“Ela me explicou as possibilidades de crédito para microempresários e me ajudou a correr atrás dos documentos. O trabalho dela foi fundamental. Começamos a montar o processo e em 15 dias foi liberado o crédito em minha conta”, explica Silvana.

A agente de crédito de Vila Rica, Alva Pinnow, destaca que o trabalho dos agentes é considerado um papel essencial para pequenos empresários e a economia do município. Eles são parceiros da Desenvolve MT, atuando na oferta de crédito e prestando atendimento e orientação ao empreendedor. “Nosso trabalho é fundamental para orientar e ajudar as pessoas na hora de solicitar o crédito e enviar as documentações necessárias, no processo que elas possuem certa dificuldade”, afirma.

Conforme o presidente da Desenvolve MT, Jair Marques, os municípios com maiores destaques são onde os gestores locais e as entidades representativas estão atentas às oportunidades e parcerias que podem ajudar a movimentar a economia. 

“Os agentes de créditos são necessários para a agência atuar com mais efetividade nos municípios. Durante a pandemia nós atuamos firmemente na manutenção de empresas e empregos, com índice de inadimplência baixíssimo. Temos foco específico em cuidar do pequeno e para isso, é importante a habilitação dos agentes nos municípios”, ressalta. 

Municípios 

Com R$362.776,20 em créditos liberados, Várzea Grande foi um dos maiores beneficiários do crédito concedido aos empreendedores, de janeiro a maio deste ano. 

Entre os 15 municípios que mais obtiveram crédito com a Desenvolve MT,  destaque para Cuiabá R$2.365.844,57, Rondonópolis R$271.572,57, Sinop R$219.765,92, Santo Antônio do Leverger R$210.941,09, Guarantã do Norte R$207.119,72 e Vila Rica R$134.433,19.

Para expandir a oferta de recursos, a agência tem percorrido municípios do Estado, reunido com prefeito e lideranças para entender as demandas locais e apresentar os produtos da agência. 

Confira abaixo os municípios que mais tomaram crédito em 2022, no período de janeiro a maio:

Capacitação

Os agentes de crédito credenciados são capacitados pela Desenvolve MT para atuarem na oferta de crédito, por meio de prefeituras e associações, às empresas que atuam nos diversos setores produtivos.

Por meio da qualificação, os agentes compreendem sobre todas as linhas de crédito da agência, cadastro, envio de documentos e o funcionamento da plataforma online de solicitação do crédito. Dessa forma, se tornam aptos a orientar e prestar um bom atendimento aos empreendedores dos municípios parceiros.

Até maio, três cursos onlines foram ministrados para 37 agentes e colaboradores de prefeituras do interior do estado e de Câmaras de Dirigentes Lojistas (CDLs).

(Com supervisão de Livia Rabani)

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana