conecte-se conosco


Nacional

Sem máscaras, Eduardo e Flávio Bolsonaro visitam aldeia indígena no Amazonas

Publicado


source
bolsonaros
ESTADÃO CONTEÚDO

Flávio e Eduardo Bolsonaro posam sem máscaras ao lado de indígenas no Amazonas


Sem máscaras e sem respeitar o distanciamento social imposto pela pandemia do novo coronavírus , o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) visitiram, recentemente, uma aldeia indígena no Amazonas. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (23) pela  Folha de S.Paulo.


Uma foto, publicada nas redes sociais do presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, mostra os filhos do presidente Jair Bolsonaro sem máscaras , ao lado dos índios e do secretário de Aquicultura e Pesca, Jorge Seif Júnior. 

Outras imagens compartilhadas pelo governador do Amazonas, Wilson Lima, confirmam a visita à aldeia, apesar de, em outro momento, ambos os irmãos terem utilizado o equipamento de proteção individual.

Perigo para os indígenas

Por não terem histórico de interação com os mesmos vírus e bactérias que a maioria da população urbana, os indígenas possuem um sistema imunológico mais sensível .

A exposição ao novo coronavírus implica em riscos mais graves a esses povos. Dados recentes da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) indicam que 32,9 mil índios foram contaminados pela Covid-19 e 825 já morreram  por causa da doença. 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nacional

Professor é preso suspeito de cometer abusos sexuais contra crianças

Publicado


source
Abuso
FreePick/Divulgação

Vítimas tinham entre nove e 12 anos de idade.

Agentes da Polícia Civil prenderam um professor de geografia de 56 anos de idade que era suspeito de abusar sexualmente de crianças. Até o momento, foram identificadas nove vítimas com idades que variam de nove a 12 anos. A prisão aconteceu na última segunda-feira (19) na cidade de Jacinto, em Minas Gerais.

O professor trabalhava em uma escola estadual da cidade. Entretanto, segundo denúncias, os abusos teriam acontecido no quintal da casa do suspeito. Ele era vizinho de algumas das vítimas, que, em sua maioria, eram de famílias carentes.

Segundo o jornal Estado de Minas, o delegado do caso informou que o suspeito “comprava o silêncio” das vítimas com dinheiro e balas. Ele também as deixava brincando com seu celular.  O delegado afirmou, ainda, que não é possível precisar há quanto tempo os abusos aconteciam.

Como o inquérito continua em andamento, o número de vítimas do professor pode aumentar. Ao ser interrogado na delegacia, ele preferiu permanecer em silêncio, não respondendo perguntas relacionadas à denúncia.

Continue lendo

Nacional

Funcionário é demitido por comentário ofensivo sobre cliente no recibo da compra

Publicado


source
recibo
Reprodução Facebook

Funcionário ofender cliente em recibo do restaurante


Um morador da cidade de São Roque fez uma publicação indignada em sua rede social ao checar o recibo de uma compra feita em um restaurante,  que veio com um comentário ofensivo emitido pelo caixa do restaurante. O funcionário foi demitido depois do ocorrido por escrever na comanda do pedido: “o animal não sabe onde mora” .


O cliente escreveu no post que fez o pedido no restaurante que ja frequentava há cinco anos, para comemorar o aniversário de casamento , na noite da última terça-feira (20). Com o pedido em mãos, o homem notou o que estava escrito no recibo, na aba de observação do local de entrega: “O animal não sabe onde mora e põe centro, mas é Junqueira”.

Segundo o cliente, o comentário estragou a noite.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana