conecte-se conosco


Geral

Sem atingir meta prevista, pesquisa que apontará parcela da população que já contraiu Covid-19 será prorrogada

Publicado


Entre os 10 municípios que participam da pesquisa, Juína e Tangará da Serra já alcançaram mais de 80% da meta prevista; Cuiabá e Rondonópolis ocupam o último lugar, com 0% de alcance

A pesquisa soroepidemiológica do Governo de Mato Grosso, que tem o objetivo de monitorar a infecção pela Covid-19 no Estado, será prorrogada até o dia 30 de setembro. A coleta de dados estava prevista para terminar nesta quarta-feira (23), mas o término precisou ser adiado para que os municípios consigam alcançar a meta estabelecida.

Dos 10 municípios que participam da pesquisa, Juína e Tangará da Serra já alcançaram mais de 80% da meta prevista; Cuiabá e Rondonópolis ocupam o último lugar, com 0% de alcance.

Conforme dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), o município de Água Boa já está com 50% dos trabalhos realizados, seguido de Barra do Garças (40%), Várzea Grande (30%), Alta Floresta (30%), Cáceres (20%) e Sinop (10%). A redação final dos resultados deve ser divulgada em outubro, após alinhamento com os municípios.

O trabalho é coordenado pela equipe técnica da SES, da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) e da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), e conta com o apoio dos Escritórios Regionais e Secretarias Municipais de Saúde dos municípios envolvidos no estudo.

A metodologia utilizada é estratégia quantitativa e transversal. A realização do exame é por meio de teste de sangue. As análises são feitas exclusivamente pelo o Laboratório Central do Estado (Lacen); já as coletas são feitas por agentes de saúde, por meio das Secretarias Municipais.

Os municípios selecionados terão amostras coletadas de 250 a 700 pessoas, de acordo com o número populacional. O setor censitário testado será sorteado, bem como a casa e o morador do domicílio.

 

 

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Pandemia recua e todos os 141 municípios de Mato Grosso permanecem com risco baixo de contaminação da Covid-19

Publicado

Os dados são atualizados duas vezes por semana e os resultados são divulgados nos Boletins informativos da SES-MT

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) divulgou nesta segunda-feira (19) o Boletim Informativo n°225 com o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso. O documento mostra (a partir da página 11) que todos os 141 municípios do Estado configuram na classificação com risco baixo para o novo coronavírus.

Veja a seguir a tabela de classificação de risco por município.

O sistema de classificação que indica o nível de risco é definido por cores: muito alto (vermelho), alto (laranja), moderado (amarelo) e baixo (verde). De acordo com a definição dos riscos é necessária a adoção de medidas restritivas para o controle da propagação do coronavírus nas cidades. Os indicadores de classificação de risco são atualizados duas vezes por semana e os resultados são divulgados nos Boletins informativos da SES-MT.

Recomendações e cuidados

– Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;

– Usar máscara quando sair de casa;

– Evitar aglomerações;

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

 

Continue lendo

Geral

Estado realiza testagem da Covid em massa de recuperandos de Cuiabá e Várzea Grande

Publicado

Sistema Penitenciário de Mato Grosso possui apenas 32 casos ativos da doença; testagem será realizada em mais 4 unidades além das 2 já realizadas

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), por meio da Adjunta de Administração Penitenciária, está promovendo a testagem em massa para diagnóstico do novo coronavírus (Covid-19) em recuperandos e servidores das unidades penais de Cuiabá e de Várzea Grande.

No último sábado (17), cerca de 130 reeducandas da Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May fizeram o teste rápido, na unidade penal. A aplicação foi feita pelos profissionais da saúde que atuam no Centro de Triagem de Covid-19, que está funcionando na Arena Pantanal, em Cuiabá.

Já os 25 presos do Centro de Custódia de Cuiabá (CCC) já foram testados no dia 7 de setembro. Os demais reeducandos da Penitenciária Central do Estado (PCE), Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC), em Cuiabá, e do Complexo Penitenciário Ahmenon Lemon Dantas e Cadeia Pública do Capão Grande, em Várzea Grande, serão testados nos próximos dias.

De acordo com o último Boletim Epidemiológico do Sistema Penitenciário de Mato Grosso, atualizado na última sexta-feira (16.10), há 32 casos ativos de Covid-19 em todas as 48 unidades penitenciárias. Este dado leva em consideração não só o número de pessoas privadas de liberdade, mas também de servidores que atuam nas unidades.

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana