conecte-se conosco


Política MT

Selma Arruda afirma que decisão do TRE teve influência política e acredita que reverte cassação no TSE

Publicado

Senadora afirma que está tranquila e que derrubará a acusação de que praticou caixa 2 na última eleição

A senadora Selma Arruda (PSL), que recebeu nesta segunda-feira (20), na Câmara de Vereadores de Cuiabá, os títulos de mulher cidadã cuiabana e o de Ordem do Mérito de Cuiabá 300 Anos, afirmou para jornalistas, depois da solenidade, que vai reverter a sua cassação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Selma teve seu mandato cassado por unanimidade pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT). Antes do caso ir para o TSE, a senadora aguarda ainda o julgamento de um recurso no próprio TRE.

Conforme a senadora, no Tribunal Superior Eleitoral “não ocorrerá influência política e esses vícios que cercaram a decisão da primeira instância”, disse.

A defesa de Selma questiona, no recurso que ainda vai ser analisado pelo TRE, possíveis omissões dos magistrados de Mato Grosso, como exemplo, a negativa de arrolamento de algumas testemunhas. A defesa garante ainda que a mesma linha será mantida na defesa junto ao TSE, de que não houve prática de caixa 2.

Segundo a senadora, os gastos não declarados em sua campanha só não foram incluídos na prestação de contas porque ocorreram antes do período eleitoral. “Eles pegaram gastos de março e abril para colocar dentro da minha prestação de contas. Nenhum outro candidato prestou contas do que fez em março, abril, em maio. Aí eles consideraram que eu não prestei contas, que eu cometi caixa dois”, questionou a senadora.

“A tranquilidade que tenho é com a consciência dos meus atos, a retidão que tive em toda a minha vida e que não seria diferente na minha campanha e trajetória política. Respeito a Justiça e, exatamente por esse motivo, estou recorrendo às instâncias superiores, para provar a minha boa fé e garantir que os 678.542 votos que recebi da população mato-grossense sejam respeitados”, afirmou a senadora.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana