conecte-se conosco


Cuiabá

Segunda etapa de festival de arte urbana abre espaço para músicos LGBT+

Publicado

Assessoria Rota em Movimento

Nesta sexta-feira (08), a Praça Santos Dumont será mais uma vez ocupada com arte urbana. A 6ª edição do festival “Rota em Movimento-Street Art Cuiabá” acontece a partir das 19h30 e abre espaço para músicos LGBT+. Na programação, Hendson Santana, Sophie, Lucas Tomaz, Flor de Lis, Monyzze e Fabrício Reys. O festival é promovido pelo Urbe Coletiva e foi dividido em quatro eventos com a proposta de um circuito cultural. A participação é gratuita.

A abertura da 6ª edição do “Rota em Movimento-Street Art Cuiabá” ocorreu, 11, de outubro na Praça Santos. O Urbe Coletiva foi um dos vencedores do edital do Fundo Municipal de Cultura de 2019, dentro do Segmento de Artes Visuais Coletivas.

Uma das atrações da noite, DJ Yohan Matheus é mais conhecido nas noites cuiabanas como ‘Flor de Lis’. Para o evento seu setlist terá pop, funk e eletrônica. Já o jovem Lucas Tomaz, que também anima a noite, prefere os estilos R&B, Hip Hop, Trap e Soul. Ele foi um dos artistas que cantou no lançamento do Miss Gay 2019.

Leia Também:  Segunda palestra no combate à violência contra a mulher reuniu mais de 50 pessoas nesta terça

Tomaz aponta a importância de ter um espaço com a proposta do festival de que todos os gêneros possam ocupar e sentir que são aceitos. “Na real, o que mais vejo é balada direcionada ao meio gay o que às vezes exclui o resto da comunidade, como as lésbicas e Trans. Eu acho muito importante, termos os nossos lugares e mostrar que existimos, dando oportunidade para o resto da comunidade. Esse tipo de evento do “Rota em Movimento-Street Art Cuiabá” é muito importante porque ajuda os artistas LGBT+ trabalharem em sua própria temática LGBT+”, comenta Tomaz.

Exposição de quadros, brechós, artesanatos e um espaço gastronômico, que contará com o “Espeto da Mortari”, fazem parte da programação. Os participantes poderão acompanhar os artistas Túlio Fernandes, goiano, formado em Design Gráfico, que tem como inspiração xilogravuras de cordel e o universo colorido e alegre dos circos. Na área de ilustrações já fez cartazes para as bandas Heróis de Botequim, Carne Doce, Vida Seca, Grace Carvalho e Porcas Borboletas. Além de Túlio, o público também poderá acompanhar ao vivo as intervenções Hermano, Agnes, Leh Perondi, Luiz Pirata, Victor Guma, Presto23, Bruna Ferreira, Jean Siqueira (SIQ), Eliz Haddad, Gabriela Mello e Mia Brandão.

Leia Também:  Câmara aprova 37 processos em sessão extraordinária

**com assessoria Rota em Movimento

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cuiabá

Nova linha de ônibus é implantada para atendimento da demanda do HMC

Publicado

Luiz Alves

A prefeitura de Cuiabá criou a linha de ônibus 251 para atender a demanda de transporte coletivo do Hospital Municipal de Cuiabá – Dr. Leony Palma de Carvalho, que teve sua sexta e última etapa inaugurada nesta segunda-feira (18).

A medida, adotada pela Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), possibilitará uma maior agilidade no percurso que sai da Estação Alencastro, no centro de Cuiabá, direto para o hospital.

De acordo com a Semob a previsão é de que a nova linha atenda, a partir desta quarta-feira (20), cerca de 2 mil passageiros por dia. “Para a localidade já existia a linha 380, recentemente inaugurada, que liga a região do CPA, Jardim Vitória, Rodovia Emanuel Pinheiro sem passar pelo centro, ao HMC. Outra que já fazia a rota é a 250, que também saí da Estação Alencastro, passa pela unidade hospitalar e finaliza a viagem no Terminal da Antártica”, comenta o secretário de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo.

Segundo o diretor da Pasta, Nicolau Budib, ainda continua em análise o incremento de novas linhas para atendimento da demanda da região. Caso haja maior necessidade, o aumento na circulação ou a colocação de mais ônibus será adotado pelo Município.

Leia Também:  Técnicos do Sírio Libanês se encantam com HMC e sinalizam parceria federal

“Agora, com o HMC funcionando em sua totalidade, sabemos que o fluxo será bem maior. Por isso, de imediato já colocamos essas linhas à disposição da população. É claro que este é um primeiro passo dentro de nosso planejamento de mobilidade e continuamos observando o desempenho. Nossa intensão é sempre garantir ao usuário a maior celeridade e conforto possível durante a viagem e, nesse sentido, também instalamos um ponto de embarque e desembarque dentro do hospital”, explica o diretor. 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Continue lendo

Cuiabá

Segunda etapa da vacinação contra sarampo começou nesta segunda (18)

Publicado

Davi Valle

Começou nesta segunda-feira (18) a segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo. Nesta fase o público-alvo é de adultos não vacinados de 20 a 29 anos. Para eles serão aplicadas as doses da vacina Duplo Viral, que protege contra o Sarampo e a Rubéola. Esta segunda etapa será realizada até o dia 29 de novembro, e no sábado (30) acontecerá o “Dia D”.

Segundo a Responsável Técnica (RT) de Imunização da Secretaria de Saúde de Cuiabá, Sandra Horn, o público alvo foi definido com base no calendário nacional de vacinação e ainda levando em conta as idades pontuadas pelos boletins epidemiológicos como mais suscetíveis a desenvolverem a forma grave da doença, podendo inclusive levar à morte. “Além da idade prevista no calendário nacional de vacinação, o Ministério da Saúde considerou as idades que, segundo as notificações da vigilância epidemiológica, apresentaram maior incidência em desenvolver casos mais graves onde a possibilidade de óbitos é de 0,80 por 100.000 habitantes. Por esta razão, embora Mato Grosso não possua nenhum caso confirmado de Sarampo, a Capital segue a orientação do MS, com disponibilização das doses em todas as salas vacinais (exceto as que estão em reforma)”, explica a RT. 

Leia Também:  Obra na Avenida das Torres entra na etapa de fundação das estacas raízes

Sandra ressalta que a campanha de vacinação para as crianças ainda está valendo. “A intensificação da vacina contra sarampo para crianças de seis meses a menores de cinco anos que não receberam nenhuma dose ainda continua. Para esta faixa etária é destinada a vacina Tríplice Viral, que além do Sarampo, protege contra a Caxumba e a Rubéola. Estaremos com toda a equipe das unidades básicas de saúde de prontidão para atendermos com muita humanização e, sobretudo, tirarmos dúvidas a respeito dessa grave doença que depois de erradicada, voltou a ter notificações”, ressalta.

*SARAMPO*

Já considerado erradicado no Brasil desde 2016, este ano, o Sarampo voltou a ser notificado devido à baixa cobertura vacinal. É uma doença altamente contagiosa causada pelo vírus do sarampo (Measles morbillivirus). Os sinais e sintomas iniciais geralmente incluem febre, muitas vezes superior a 40 ºC, tosse, corrimento nasal e olhos inflamados. Dois ou três dias depois do início dos sintomas formam-se no interior da boca pequenos pontos brancos, denominados sinais de Koplik. Entre três a cinco dias depois do início dos sintomas aparece uma mancha vermelha e plana que geralmente tem início na face e daí se espalha para o resto do corpo.

Leia Também:  Participantes do Seminário Educação Étnico-racial defendem a Escola Inclusiva

Os sintomas começam a se manifestar entre dez e doze dias depois do contágio e duram entre sete a dez dias. Em cerca de 30% dos casos ocorrem complicações, as quais podem incluir, entre outras, diarreia, cegueira, inflamação do cérebro e pneumonia.

O sarampo é transmitido facilmente por via aérea através da tosse e espirros de uma pessoa infectada. Pode também ser transmitida pelo contato com a saliva ou secreções nasais. Nove em cada dez pessoas que não estão imunizadas e partilham um espaço com uma pessoa infectada contraem a doença. As pessoas infectadas podem infectar outras pessoas desde quatro dias antes até quatro dias depois do aparecimento da mancha vermelha. As pessoas geralmente só contraem a doença uma única vez na vida. A confirmação do vírus em casos suspeitos por meio de exames é importante para a saúde pública.

A vacina contra o sarampo é eficaz na prevenção da doença, diminuindo em 75% o número de mortes.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana