conecte-se conosco


Mato Grosso

Seduc assina convênio para beneficiar 41 escolas do campo de 16 municípios

Publicado

Nesta sexta-feira (13.12), a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) assinou um convênio com a Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf) que vai beneficiar cerca de 17 mil pessoas, entre alunos, profissionais da educação e comunidade escolar. O convênio foi firmado pelo secretário adjunto Executivo da Pasta, Alan Porto, para participar do programa MT Produtivo – Hortas Escolares.

Segundo o secretário, participam do convênio 41 escolas estaduais do campo de 16 municípios que receberão entre R$ 2.500 e R$ 5 mil para cada unidade escolar. Serão disponibilizados R$ 175 mil via Plano de Desenvolvimento da Escola.

“Participam escolas que já possuem hortas, que serão otimizadas e outras que ainda não tem que serão implantadas”, destaca Alan Porto. O Programa já está no plano de ação das escolas contempladas e será executado já no próximo ano letivo.

“As hortas vão produzir legumes e verduras, mas o foco principal é o conhecimento que é gerado pelo trabalho produzido dentro e fora da horta. A produção vai para a alimentação escolar de cada unidade. O excedente, o aluno poderá levar para casa e ser distribuído para a comunidade escolar”, complementa. Serão distribuídas cartilhas para professores e alunos sobre a importância da horta escolar desenvolvendo um trabalho interdisciplinar.

O objetivo principal do Programa MT Produtivo – Hortas Escolares é o desenvolvimento da agricultura familiar.

Participam escolas dos municípios de Acorizal, Água Boa, Alto Paraguai, Barão de Melgaço, Barra do Bugres, Chapada dos Guimarães, Cuiabá, Jangada, Mirassol D’Oeste, Nobres, Nossa Senhora do Livramento, Poconé, Porto dos Gaúchos, Poxoréu, Primavera do Leste, Rondonópolis, Rosário Oeste, Santo Antônio de Leverger, Sinop, Tangará da Serra e Várzea Grande.

Assistência

De acordo com o presidente da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Renato Loffi, os técnicos orientam os alunos como construir canteiros para sementeiras de verduras que necessitam de transplante de mudas e canteiras para semeadura de hortaliças permanentes.

Além disso, antes de qualquer ação é realizada a análise de solo e, em seguida, a correção com calcário, esterco e adubação química. “A horta pedagógica, além de servir para reforçar a alimentação escolar, educa para as boas práticas da produção sustentável”, assinala.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Governo e prefeitura firmam cooperação para construção de ponte sobre o Rio das Mortes

Publicado


.

O Governo do Estado e a Prefeitura de Primavera do Leste (distante 241 km de Cuiabá) formalizaram um termo de cooperação para a construção de uma ponte de concreto na rodovia MT-334, sobre o Rio das Mortes, localizado na região Sudeste de Mato Grosso. A ponte vai facilitar o escoamento da produção agrícola e incentivar o desenvolvimento da região.  

O anúncio da formalização da cooperação ocorreu na sede da prefeitura de Primavera do Leste, nesta sexta-feira (07.08), entre o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), Marcelo de Oliveira, e o prefeito de Primavera do Leste, Leonardo Bortolin. O documeto deverá ser oficialmente assinado nesta semana.

De acordo com Marcelo de Oliveira, a formalização de mais essa cooperação evidencia a credibilidade da atual gestão do Governo do Estado, que não tem medido esforços para  promover o desenvolvimento econômico e mudar a realidade de Mato Grosso, por meio das obras de infraestrutura. 

“Posso dizer que estou até um pouco triste de o governador Mauro Mendes não poder estar aqui. Tudo aqui que foi falado é fruto do trabalho e da coragem de um homem que assumiu um governo todo parado, com salários atrasados, que não tinha credibilidade para olhar nos olhos dos seus fornecedores e cidadãos, pois estava em dívida com todos – e que agora faz a diferença não só em Primavera do Leste, mas em todo o Estado”, disse.

Com a cooperação firmada, a Sinfra vai repassar recursos para que a prefeitura possa executar a construção da ponte, que terá 76,2 metros de extensão. Essa união de esforços entre Estado, Município, produtores rurais e cidadãos é uma iniciativa que está trazendo resultados positivos para Mato Grosso e que vai mudar ainda mais a realidade do Estado, de acordo com o secretário.

“Continuem acreditando no Governo Mauro Mendes. Continuem acreditando nas parcerias. Tudo que for firmado com a Sinfra, podem ter certeza que vamos cumprir. Pois quando firmamos o compromisso, já separamos o orçamento e financeiro para fazer as obras saírem do papel”, assegurou.

Para  o prefeito Leonardo Bortolin, a construção da ponte de concreto é a realização de um sonho de Primavera do Leste e de toda a região, já que o município é uma cidade-polo e referência para o atendimento na saúde e educação, além de ser uma rota para o escoamento da produção agrícola da região Sudeste em direção ao terminal ferroviário de Rondonópolis.

“Quero agradecer, primeiro, pela oportunidade de receber o secretário em nome do governador Mauro Mendes. Para nós é motivo de bastante alegria. Eu estava lembrando de um passado triste e de muitas frustrações para todos nós com o gestor do Estado que antes estava. As coisas não aconteciam. Hoje a gente vê as coisas acontecendo. Primavera do Leste está muito satisfeita”, destacou.

Para o senador Carlos Fávaro, poder testemunhar a formalização de um compromisso que trará inúmeros benefícios à região é o desejo de todos os Poderes que trabalham junto com o Governo do Estado, em benefício de Mato Grosso.

“Fazer parte desse grupo político me dá muito orgulho. O Congresso junto com o Governo do Estado tem trabalhado para trazer mais obras e melhorias de infraestrutura”, disse.

O deputado federal Neri Geller também ressaltou a importância da união de esforços para se obter mais melhorias de infraestrutura em todas as regiões do Estado.

“Nós estamos acompanhando o secretário Marcelo de Oliveira, pois é muito gratificante e é motivo de orgulho. Por onde você vai tem obras de infraestrutura. Quando você junta essa força da coordenação da bancada federal, alinhada no mesmo rumo com  o Governo do Estado, é o que acontece aqui. Estamos fazendo as coisas andarem. Somos práticos e resolutivos. Por isso tenho muito orgulho de poder estar aqui, pois agora as coisas estão acontecendo. Agora as coisas estão andado”, afirmou.

Já o deputado estadual Ondanir Bortolini, o Nininho, reforçou que a atual gestão do Governo do Estado é um exemplo de administração, que sabe como aplicar os recursos públicos de maneira eficiente em favor de todas as regiões e todos os tipos de melhorias – desde um serviço de tapa-buraco até grandes obras, como a entrega de pavimentação das rodovias.

“Ninguém faz nada sozinho  e hoje ficamos orgulhosos em ver as ações no Estado todo. Isso é graças a um governo que veio para fazer a diferença. Um governo que conhece de gestão, que sabe aplicar bem o dinheiro público e fez com que esse dinheiro se multiplicasse em benefício da população, com todas essas  obras que nós temos em andamento hoje”, disse

Além dos parlamentares, estiveram presentes os prefeitos Nelson Paim (Poxoréu), Humberto Domingues (Guiratinga) e Miguel Brunetta (Santo Antônio do Leste).

Outra ponte 

Além da formalização do convênio, o  Governo do Estado entregou a ponte de concreto sobre o Córrego Coité, na divisa o município de Primavera do Leste e Poxoréu. A ponte é essencial para retirar a comunidade do Distrito de Nova Poxoréu do isolamento, além de interligar os municípios e toda a região Sudeste de Mato Grosso.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Ícone da defesa da Amazônia, dos direitos humanos e dos povos indígenas, Casaldáglia morre os 92 anos

Publicado

O bispo emérito Dom Pedro Casaldáliga morreu na manhã deste sábado (08.ago.2020) aos 92 anos. Ele estava internado desde o fim de julho na unidade de terapia intensiva da Santa Casa de Batatais, em São Paulo, por problemas respiratórios.

Casaldáliga realizou o exame para detectar a infecção por covid-19, mas o resultado foi negativo. Ele sofria do mal de Parkinson e teve tuberculose no ano passado.

Nascido em 16 de fevereiro de 1928 em Balsanery, na comunidade de Catalúnia, na Espanha, chegou ao Brasil em 1968. Chamado de “padre do povo”,  tornou-se conhecido por seus posicionamentos políticos em defesa dos direitos humanos e da Amazônia.

Participou da Pastoral da Terra e atuou em defesa dos indígenas e trabalhadores agrários. Também foi personagem importante no enfrentamento à ditadura militar.

Foi 1 dos responsáveis pela criação da Cimi (Conselho Indigenista Missionário) na década de 1970. Atuou por anos na Prelazia de São Félix, no Xingu. Também atuou contra casos de trabalho escravo e em defesa da floresta amazônica.

Recentemente, assinou com outros 3 bispos e arcebispos uma carta com críticas ao presidente Jair Bolsonaro. O texto fala em “omissão, apatia e rechaço pelos mais pobres” no enfrentamento à pandemia de covid-19, além de “incapacidade e inabilidade para enfrentar a crise” instaurada no país.

Várias personalidades políticas prestaram condolências e homenagens nas redes sociais. Entre os que se manifestaram estão as deputadas Erika Kokay (PT-DF), Sâmia Bomfim (Psol-SP) e Benedita da Silva (PT-RJ) e o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

O velório será realizado em 3 locais. Neste sábado, a partir das 15h, na capela do Claretiano em Batatais. No santuário dos Mártires em Ribeirão de Cascalheira, a partir de 10 de agosto e no Centro Comunitário Tia Irene em São Félix do Araguaia, onde o corpo será sepultado.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana