conecte-se conosco


Política MT

Secretário defende que grupo de Mendes tenha nome único ao Senado e garante que DEM terá candidato em Cuiabá

Publicado

Mauro Carvalho disse que o partido se reunirá nos próximos dias para discutir as eleições

O secretário-chefe da Casa Civil do governo de Mato Grosso, Mauro Carvalho (DEM), confirmou ao Portal O Documento, como filiado do partido, que a Executiva Estadual do Democratas vai se reunir nos próximos dez dias para decidir sobre as candidaturas a prefeito no Estado e a eleição do Senado. A tese do secretário é a de que o grupo do governador tenha apenas um candidato para a vaga da ex-senadora Selma Arruda.

“Sou apenas um filiado do DEM, não faço parte do Diretório do partido, mas a informação é que nos próximos dez dias, a Executiva do partido se reúne para discutir as candidaturas de prefeito no Estado e a eleição do Senado. Sobre o Senado, eu tenho falado que o ideal seria que todo o grupo do governo tivesse apenas um candidato”, afirmou o secretário.

Mauro Carvalho adianta que continuará trabalhando nesta linha de pensamento. “Eu vou continuar trabalhando nessa tese, logicamente que depende de vários fatores, de várias conversas e temos que ter um desprendimento muito grande para que esse grupo tenha apenas um candidato ao Senado. Se for possível, bem, se não for possível, será decidido nessa reunião”, declarou.

Sobre a disputa em Cuiabá, o chefe da Casa Civil foi decisivo em garantir que o DEM terá candidato para enfrentar o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), caso dispute a reeleição. “Em relação a Prefeitura de Cuiabá, com certeza, o DEM terá um candidato próprio. Tanto o Fábio Garcia quanto o deputado Botelho, presidente da Assembleia, são excelentes candidatos, como pode surgir um fato novo, de um outro candidato que nós não estamos ainda discutindo, mas pode surgir. Falando-se de Botelho e de Fábio Garcia, são excelentes pessoas para administrar Cuiabá a partir de 2021”, disse.

No caso da eleição em Várzea Grande, o secretário passou a bola para o senador Jaime Campos, um dos maiores líderes do Democratas em Mato Grosso, ao lado do governador Mauro Mendes. “Nós temos lá a grande liderança do senador Jaime Campos, do ex-senador Júlio Campos e da prefeita, a dona Lucimar. Lá sim, será uma grande discussão e precisamos esperar para ver quem será o candidato desse grupo político”, completou.

 

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política MT

Faissal cobra informações sobre o local onde o governo pretende construir hospital regional em confresa

Publicado


Foto: ANGELO VARELA / ALMT

O deputado estadual Faissal Calil (PV) apresentou, na sessão da manhã desta quarta-feira (23), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), um requerimento de informações (nº 307/2021) sobre a obra do Hospital Regional do Araguaia, em Confresa.  O parlamentar pede explicações sobre a posse do imóvel onde o  governo do estado quer instalar a unidade de saúde, além de supostas irregularidades relativas ao local onde ele será construído.

Faissal questiona no pedido se foi analisado pelo governo do estado, no parecer homologado sobre a construção do hospital regional, em Confresa, a titularidade do imóvel. O deputado aponta que a empresa Frenova Imobiliária e Negócios Ltda., que quer vender o espaço onde a obra será erguida, sequer possui a posse do terreno. A área foi alvo de uma disputa judicial que tramitou na 1ª Vara de Porto Alegre do Norte,  com processo já transitado em julgado e posse em favor de Ricardo Aloísio Babinski.

“Quem, em sã consciência, iria adquirir um imóvel em litígio? Acredito que ninguém, mas o Estado de Mato Grosso quer fazer isso. Quem quer vender, sequer tem a posse, pois esta pessoa a perdeu em juízo, já transitado em julgado. Ninguém compraria um imóvel só no papel, sem ter a posse, que é o principal”, afirmou.

A instalação do hospital regional estava prevista para ser feita em Porto Alegre do Norte, mas a atual gestão do governo do estado decidiu alterar os planos e instalar a unidade de saúde em Confresa. No pedido de informações, Faissal questiona ainda sobre a existência de um lixão localizado bem próximo ao local onde será erguida a obra, o que, segundo o parlamentar, seria mais um transtorno.

“Vejo isso de duas formas. Ou o governo do estado não quer fazer este hospital, ou está me ‘cheirando mal’. Esta mudança de sede, de Porto Alegre do Norte para Confresa, fede. Fede tanto quanto o lixão localizado logo atrás do local onde o Executivo quer instalar esta unidade de saúde. Este Parlamento precisa conversar com o governador e o secretário de Saúde para tentar convencer o Estado a rever esta questão. Esta pessoa que quer vender, sequer tem o que vender”, completou.

Fonte: ALMT

Continue lendo

Política MT

Deputado propõe Comenda Filinto Müller a presidente da República

Publicado


Foto: ANGELO VARELA / ALMT

Assentado rural pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) desde 1998, o deputado estadual Gilberto Cattani (PSL) propôs a entrega da comenda Filinto Müller de Mérito Legislativo ao presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) pelo seu trabalho de entregas de títulos de propriedades rurais, prestados a Mato Grosso e ao resto do país.

 A comenda Filinto Müller é considerada a mais alta honraria concedida pelo Poder Legislativo estadual a uma pessoa. Os homenageados pela comenda são considerados membros da Ordem do Mérito Legislativo. 

“Como um assentado da reforma agrária que sou, nosso presidente tem feito coisas imensuráveis a nosso favor. Nós só temos um problema na reforma agrária que é o nosso direito de propriedade. Jair Bolsonaro já entregou o dobro dos últimos quatro governos em  títulos para nós, os pequenos produtores que vivem em áreas de assentamento”, explicou o parlamentar, durante sessão desta quarta-feira (23). 

“Só no Estado do Pará na última ele entregou, recentemente, 50 mil títulos acho muito justo e pertinente. Gostaria de contar com o apoio dos deputados para que esta comenda seja concedida ao nosso presidente da República”, afirmou.

A proposta da homenagem precisará passar pela análise da Comissão de Direitos Humanos, Cidadania e Amparo à Criança, ao Adolescente e ao Idoso, antes de ser encaminhada ao Plenário das Deliberações Deputado Renê Barbour.

Fonte: ALMT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana