conecte-se conosco


Cuiabá

Secretário de Turismo de Cuiabá participa de debate sobre concessão do Parque Nacional de Chapada

Publicado

O secretário municipal de Turismo, Zito Adrien, irá representar a Prefeitura de Cuiabá durante nas audiências públicas que discutirão a concessão de serviços de apoio ao uso público do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães. O debate ocorrerá no dia 12 de maio, às 15h, na sede do Sebrae-MT (Centro Político Administrativo) e no dia 13, a discussão será às 9, na Câmara Municipal de Chapada dos Guimarães. 
“Vamos levar a preocupação do município de Cuiabá, escutar a população, o setor do turismo e a todos. A preocupação no caso, é que as cidades ao entorno devem se preparar para receber mais turistas, pois, o conforme dados do Instituto Chico Mendes de Conservação de Biodiversidade (ICMBio), antes da pandemia o Parque recebia em torno de 180 mil pessoas, e com essa concessão é provável que esse número aumente duas  ou três vezes mais. Teremos que estar preparados para receber esses turistas também. A grande Baixada Cuiabana terá um impacto muito positivo com essa concessão. Precisamos recuperar o segmento do turismo . Daqui para frente, vamos potencializar, precisamos disso porque é mão de obra, emprego, viabilizar uma série de pessoas que estão sem opção de emprego e essa concessão vai trazer muito mais empregos  para a nossa população”, avalia o secretário de Turismo de Cuiabá, Zito Adrien. 
O Parque Nacional tem uma área de aproximadamente 33 mil hectares, está localizado entre os municípios de Cuiabá (62%) e Chapada dos Guimarães (38%), e é considerado um dos dez mais visitados do país. Conforme o Decreto Federal nº 97.656, editado em 1889, o local é classificado como uma unidade de conservação, gerenciada pelo ICMBio.

As duas sessões de audiência pública em modalidade presencial e  terá a  transmissão ao vivo pelo canal do ICMBio no YouTube, conforme agenda a seguir: E para participar, se inscreva através do link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSf_h_5kCc9roOAaKjP5M4DTRTyRtUb6dhHZcGPCskXgcCnI7A/viewform 
 
 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cuiabá

Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher promove roda de conversa com foco na melhoria dos entendimentos

Publicado

A Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica do município de Cuiabá realizou nesta quarta-feira (17) a roda de conversa “Conhecendo a rede de enfrentamento. A violência contra a mulher em Cuiabá”. O grupo é formado por representantes das secretarias municipais da Mulher, de Educação, e também de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência.

O objetivo do evento foi articular os diferentes setores, visando ampliar e melhorar a qualidade do atendimento e encaminhamento adequado dos casos de violência doméstica, por meio do debate sobre políticas públicas de humanização. Nas reuniões técnicas, os participantes da Rede também discutem os casos, formas, e os serviços oferecidos, além da capacitação dos servidores que trabalham diretamente com famílias.

Para a secretária de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, Hellen Ferreira, a meta é aprimorar e qualificar a Rede sob a perspectiva do trabalho em conjunto. Ela destacou que esta parceria foi construída e vem sendo fortalecida ao longo dos anos, o que, segundo ela, demonstra que a gestão Emanuel Pinheiro tem sido sensível e se preocupa com este assunto.

“Aqui estão servidores de toda rede de assistência social. Nós tivemos várias rodas de conversa ao longo do ano e, com o novo concurso, muitas mudanças aconteceram, novos profissionais chegaram para somar. Por isso, este é um momento oportuno para que possamos capacitar e fazer com que esses servidores repliquem nas suas unidades de trabalho as informações colhidas”, afirmou.

De acordo com a secretária da mulher, Cely Almeida, é fundamental reunir a rede de apoio, para que discussões e políticas públicas efetivas sejam desenvolvidas. Ela ainda enfatizou que é preciso encorajar e empoderar a mulher que se encontra em uma situação de violência. “Não queremos que a mulher que já foi vítima de violência se afaste. Queremos mostrar que estamos à disposição para o que precisar e que oferecemos a ela toda uma equipe de apoio”, relatou.

Conforme a assessora de Políticas Públicas para Mulheres, Elaine Aparecida, a rede consiste em possibilitar que todos os equipamentos do Município estejam aptos para atender às mulheres vítimas de violência. “Se a mulher vítima de violência procurar atendimento no CREAS ou demais atores que integram a Rede, será orientada como proceder e, automaticamente, encaminhada para a Saúde e outros órgãos públicos caso seja necessário”, exemplificou Elaine.

Segundo a psicóloga Marialice Mundim, essa construção de uma rede de enfrentamento à violência contra mulher é extremamente importante e vem ao encontro do que uma gestão humanizada prioriza. Ela reforçou ainda que essa forma de atuação proporciona enormes avanços para as famílias que ainda vivem nesse ciclo de violência.

“Temos uma rede protetiva integrada, capacitada e extremamente engajada, o que nos proporciona avançar em união e definição de fluxo, nos capacitando para oferecer cada vez mais atendimento, acolhimento e proteção para estas mulheres “, concluiu Marialice.

Também estiveram presentes no evento a delegada titular da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM), Jozirlethe Criveletto, a Defensora Pública de Mato Grosso, Rosana Leite, Tenente Coronel PM Emirella Martins, Secretária-adjunta Municipal de Educação, Débora Marques Vilar, A juíza da 1ª Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Cuiabá, Ana Graziela Vaz, representantes da Secretaria Municipal de Saúde e Espaço de Acolhimento da Mulher.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Continue lendo

Cuiabá

Unidades Básicas de Saúde de Cuiabá contam com programação do Agosto Dourado e Agosto Lilás

Publicado

Seguindo o calendário do Ministério da Saúde, as Unidades Básicas de Saúde de Cuiabá desenvolvem atividades voltadas para massificar as informações sobre o aleitamento materno no Agosto Dourado. As ações são diversificadas, envolvendo palestras, teatros, rodas de conversa, orientações de saúde bucal para mães e bebês, entre outras, conforme a programação das equipes de trabalho de cada local. 

No dia 20 deste mês, a Unidade Básica de Saúde do Bairro Cidade Verde priorizará as atividades com o referido foco das 8h às 12h. Na mesma data, programações acontecerão na UBS Nico Baracat, a partir das 8h30.

Agosto também é dedicado a conscientização pelo fim da violência contra a mulher (Agosto Lilás), então, haverá atividades alusivas ao assunto. Entre as palestrantes estão a consultora Izadora Fernanda Barros, que abordará o tema incentivo ao aleitamento materno; a dentista Camila Gomes Ibarra e a técnica de higiene dental Eliete Neves, que vão falar sobre saúde bucal para recém nascidos. Haverá ainda conscientização sobre o combate a violência doméstica.

Serão ofertados também serviços de aferição de pressão arterial, glicemia capilar, avaliação antropométrica (crescimento e desenvolvimento da criança), distribuição de kits odontológicos e vacinação para crianças e adolescentes, e outros entretenimentos.

Na UBS Nico Baracat, a proposta do Agosto Dourado será desenvolvida com roda de conversa com a enfermeira especialista em amamentação Isadora Ribeiro e contará com avaliação odontológica, dinâmicas e brindes entre os participantes.

A Unidade Básica de Saúde do Pedregal 1 e 2 centralizou o Agosto Dourado para o dia 24, no período matutino. No local, o público contará com orientações para as mães sobre a importância de fortalecer o aleitamento materno, como ordenha, pega e correta posição para amamentar e também a doação para o banco de leite. Haverá roda de conversa, dinâmicas e distribuição de folders. Acadêmicas da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) participarão da programação.

Em outras UBS, as ações já foram executadas. Na do Santa Isabel, por exemplo, aconteceu  no dia 10 de agosto. E o resultado superou as expectativas. “A participação foi maior do que esperávamos. Mesmo com o clima frio, as pessoas compareceram e participaram da roda de conversa e demais atividades”, revelou a enfermeira Ana Paula Cruz Nazário, uma das responsáveis pela programação.

Kênia Corina, 35 anos, gestante de 9 meses, aproveitou a oportunidade para aprender um pouco mais e sanar dúvidas sobre a amamentação. “O trabalho que elas desenvolveram foi muito interessante. Eu tinha algumas dúvidas sobre a amamentação, a pega e a posição correta para amamentar. E assim como eu, tinha mais pessoas com dúvidas. A palestrante foi bem atenciosa, quando terminou ela ficou disponível para atender quem quisesse mais detalhes”, explicou.

Já na UBS do Residencial Coxipó I, as ações foram distribuídas em dias distintos. Parte delas ocorreu nos dias 11 e 12, incluindo até a decoração do local para chamar a atenção para o assunto.  Outras estão previstas para os dias 24 e 31, também com a presença de acadêmicas da UFMT contribuindo com os conhecimentos.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana