conecte-se conosco


Geral

Secretária terá que dar explicações na Câmara sobre cancelamento de eleição para conselheiro tutelar em VG

Publicado

Vereadores aprovaram requerimento para convocação da secretária de Ação Social na sessão de quarta-feira

Os vereadores por Várzea Grande aprovaram por unanimidade na sessão ordinária de quarta-feira (10) um requerimento convocando a secretária de Assistência Social de Várzea Grande, Flávia Luiza Coelho de Lannes e a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CDMCA), Katlin Oliveira Calmon para explicarem os motivos da desorganização que levou ao cancelamento da eleição para conselheiro tutelar no município, realizado no último domingo (6).

“A pessoa sonhou com o dia e chega na data não acontece a eleição. Isso é uma tragédia política, uma tragédia para Várzea Grande. Infelizmente foi péssima a organização”, externou o presidente da Casa, Fábio José Tardin, o Fabinho (DEM).

O vereador Calistro Lemes do Nascimento, o Jânio Calistro (PSD) chamou atenção dos responsáveis para que não cometam o mesmo erro. Calistro classificou como desrespeito aos candidatos que fizeram uma campanha e as pessoas que foram votar.

“Até agora ninguém apresentou uma explicação. O TRE imediatamente apresentou nota dizendo que pediram 37 ou 39 locais, porém disponibilizaram somente 6, isso foi um desrespeito aos candidatos e as pessoas que foram votar. Se aparecesse o culpado seria mais fácil, até para justificar o erro. Eu peço que na próxima, respeitem o povo e não cometa o mesmo erro”, disse Calistro.

Outro que manifestou opinião foi o vereador Rogério França Martins – Rogerinho da Dakar (PV) que pediu a punição dos responsáveis. Dakar lembrou que em 2015, a eleição também foi cancelada por desorganização.

“A população não merece ser feita de palhaça não. A competência da organização tem que ser punida sim. O Ministério Público tem que fazer a investigação e indiciar essas pessoas. Se fosse a primeira vez tudo bem, mas não. Eleição é coisa séria. Fiz um vídeo demostrando meu repúdio e repudio aqui também.”

Já o vereador Cleyton Nassarden Guerra – Sardinha (PTB) cobrou a qualificação dos responsáveis, fiscalização para evitar compra de votos, bem como, foi enfático ao pedir a demissão da secretária de Assistência Social: “Vamos pedir a ‘cabeça’ da secretária de Promoção Social pelo fato ocorrido, nada mais justo”, declarou.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Geral

Mato Grosso chega a quase 1,6 mil casos confirmados e 42 mortes por coronavírus; 61 pacientes estão na UTI

Publicado


De acordo com o Boletim Informativo da SES, 946 pacientes estão em isolamento domiciliar e 499 já estão recuperados

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta segunda-feira (25), 1.594 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 42 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. As duas mortes recentes envolveram residentes de Várzea Grande e Pontes e Lacerda (que notificou ao Estado, nesta segunda-feira, uma morte ocorrida no sábado).

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de coronavírus, estão: Cuiabá (518), Várzea Grande (155), Rondonópolis (130), Tangará da Serra (77), Primavera do Leste (77), Barra do Garças (66), Lucas do Rio Verde (46), Confresa (43), Sorriso (37), Rosário Oeste (35), Sinop (34), Jaciara (30), Peixoto de Azevedo (21), Cáceres (20), Nova Mutum (19), Pontes e Lacerda (18), Alta Floresta (16), Querência (15), Tapurah (10) e Mirassol D’Oeste (10). 

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado à essa matéria.

Nas últimas 24 horas, surgiram 130 novas confirmações em Barra do Garças (1), Cáceres (1), Campo Novo do Parecis (1), Campo Verde (1), Chapada dos Guimarães (1), Colíder (1), Confresa (8), Conquista D’Oeste (1), Cuiabá (29), Jaciara (5), Jauru (1), Juína (1), Marcelândia (1), Nova Lacerda (1), Nova Mutum (1), Nova Olímpia (1), Pontes e Lacerda (1), Porto Alegre do Norte (1), Primavera do Leste (6), Ribeirão Cascalheira (1), Rondonópolis (18), Rosário Oeste (1), Santo Antônio do Leverger (1), Tangará da Serra (11), Tapurah (1), Várzea Grande (31), Vera (1) e municípios de outros estados (2).

Dos 1.594 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 946 estão em isolamento domiciliar e 499 estão recuperados. Há ainda 107 pacientes hospitalizados, sendo 61 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 46 em enfermaria.

No boletim, a SES também divulga que a rede do Sistema Único de Saúde (SUS) dispõe, atualmente, de 264 leitos de UTI e 871 leitos de enfermaria especificamente para pacientes com coronavírus no Estado. 

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 50,3% dos diagnosticados são do sexo feminino e 49,7% masculino; além disso, 461 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 5.254 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 131 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.

Cenário nacional

Até o último domingo (25), o Governo Federal confirmou 363.211 casos da Covid-19 no Brasil e 22.666 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, divulgado pelo Ministério da Saúde, o país contabilizava 22.013 mortes e 347.398 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus. Até o fechamento deste material, não foram atualizados os números desta segunda-feira (25).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

Continue lendo

Geral

Cuiabá inicia vacinação contra Influenza para professores e pessoas de 55 a 60 anos

Publicado


Público das etapas anteriores que ainda não se imunizaram pode procurar os postos de saúde para tomar a vacina [F – Vicente Aquino]

Professores de escolas públicas e privadas e pessoas de 55 a 60 anos já podem buscar os mais de 93 postos de vacinação de Cuiabá para se imunizarem contra a Influenza.

De acordo com a Responsável Técnica do Programa de Imunização do Município, Sandra Horn, para este início o Ministério da Saúde destinou um lote de 30 mil doses.

“Estamos iniciando essa última fase nesta semana com 30 mil doses. Outras 50 mil já haviam sido encaminhadas para concluir a segunda e terceira fases da última etapa que subsistiu os Dias D em todo o país”, explicou.

PRORROGAÇÃO

Devido à baixa cobertura vacinal do público composto por crianças de 0 a 06 anos, puérperas e gestantes, a Secretaria Municipal de Saúde continuará ofertando as doses para este público.

“Continuaremos vacinando esse grupo porque a cobertura está extremamente baixa. Dessa forma quem pertencer a esse público alvo também pode buscar os pontos até o fim da Campanha”, finalizou Horn.

A vacina protege contra os vírus Influenza A (H1N1), A (H3N2) e Influenza B.

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana