conecte-se conosco


Mato Grosso

Secel recebe obras da premiação principal do 26° Salão Jovem Arte

Publicado


A Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT) recebeu oficialmente, neste domingo (05.12), as obras do prêmio aquisição do 26° Salão Jovem Arte. As peças ganhadoras da premiação principal são da indígena do povo Rikbaktsa, Domingas Apatso, e do artista Carlos Bosquê, e agora integrarão a coleção de arte do Estado de Mato Grosso.

Intitulada ‘Tütaratsa’, a peça de Domingas Apatso é um lindo adorno que é utilizado nas cerimônias de casamento da comunidade Rikbaktsa. A artista é a primeira indígena a receber o Prêmio Aquisição da mais importante vitrine das artes visuais de Mato Grosso.

Com estilo inquieto, provocativo e único, Bosquê foi contemplado por sua tela “Sobre o Colo do Altíssimo 3” que fala dos conflitos de questões contemporâneas. O artista, que reside em Cáceres, é graduado em pintura na Faculdade de Belas Artes de São Paulo.

Além do Prêmio de Aquisição, a premiação do 26° Salão Jovem Arte contemplou as categorias de Pintura, Escultura/Objeto tridimensional, Fotografia, Videoarte, Grafite/Muralismo, Gravura, Desenho, Ilustração, Instalação e Performance. A lista completa dos premiados está disponível no site www.discosimaginais.com/premiacoes.

Ao todo, foram serão selecionados 63 artistas e coletivos das dez categorias das artes visuais para as exposições que ocorrem em três diferentes locais. 

No Cine Teatro Cuiabá, a exposição reservada à homenagem aos artistas em memória segue aberta até o dia 13 de dezembro; Na Galeria do Sesc Arsenal estão expostas as obras da categoria Fotografia, até o dia 23 de janeiro de 2022; Já a exposição com obras dos artistas selecionados está aberta para visitação na Galeria Lava Pés até sexta-feira (10.12).

Fonte: GOV MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Governo investiu mais de R$ 97,4 milhões na modernização das unidades especializadas de saúde

Publicado


Nos últimos três anos, o Governo de Mato Grosso investiu R$ 97.425.353,97 milhões na reforma e ampliação das unidades especializadas de saúde do Estado. Realizados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), os investimentos integram o projeto de modernização da infraestrutura da rede estadual de saúde, cujo objetivo é oferecer um serviço de mais qualidade à população.

“Trabalhamos muito nos últimos três anos para ofertar à população unidades especializadas mais modernas, bem localizadas e com atendimento de qualidade. Seguimos em 2022 no cumprimento das metas estabelecidas pelo governador Mauro Mendes, que é de fazer a saúde funcionar e atender melhor ao cidadão. Para isso, também estamos trabalhando em outras melhorias”, disse o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo.

A Central de Imunobiológicos da SES, conhecida como Central da Rede de Frio, passou por reforma e modernização entre fevereiro e agosto de 2021. O local recebeu um investimento de cerca de R$ 5 milhões, que possibilitou a ampliação do espaço físico em aproximadamente mil metros quadrados de estrutura. A unidade armazena imunobiológicos e insumos que são distribuídos para os 141 municípios do Estado.

Com objetivo de oferecer um ambiente mais moderno aos pacientes do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Unidade III), a SES investiu R$ 1,4 milhão, entre novembro de 2020 e junho de 2021, e realizou adequações e reparos na unidade de saúde.

Em julho de 2020, a Secretaria destinou recurso na ordem de R$ 1,2 milhão para a implementação do Centro de Triagem da Covid-19, na Arena Pantanal, em Cuiabá. A unidade funcionou até 15 de outubro de 2021 e auxiliou a Atenção Básica dos municípios da Baixada Cuiabana no diagnóstico e tratamento da Covid-19, por meio de testes, exames de imagem e entrega de medicamentos mediante prescrição médica.

Entre os meses de outubro de 2019 e maio de 2020, a pasta realizou reparos, adequações e modernizações avaliados em R$ 250 mil no Centro Estadual de Odontologia para Pacientes Especiais (Ceope). A unidade conta com cinco consultórios odontológicos e uma equipe multiprofissional composta por cirurgião-dentista, assistente social, enfermeiro, fisioterapeuta, técnico em saúde bucal e técnico de enfermagem.

Os Escritórios Regionais de Saúde (ERS) de Alta Floresta, Cáceres, Pontes e Lacerda, Sinop, Peixoto de Azevedo também receberam, entre maio de 2019 e outubro de 2020, investimentos na infraestrutura. Foi investido o montante de R$ 2,8 milhões para a reforma, modernização, ampliação e reparos das unidades, além da construção da Rede de Frio do Escritório Regional de Alta Floresta.

Outras obras

A SES está construindo, em Cuiabá, um Centro Logístico de Abastecimento e Distribuição; a construção é estimada em R$ 45,9 milhões. Ligada à Assistência Farmacêutica, a unidade oferecerá um espaço mais moderno e amplo para o armazenamento de medicamentos e compostos a serem distribuídos aos munícipios do estado. O local deve ser entregue em julho de 2022.

Em Cuiabá, também está em fase de construção o novo espaço que sediará o MT Hemocentro e o Centro Estadual de Referência de Média e Alta Complexidades (Cermac-MT). A SES destinou um total de R$ 19,2 milhões para o novo espaço. A previsão de conclusão da obra é para dezembro de 2022. 

O Governo do Estado segue investindo nos serviços de saúde mental em Mato Grosso. Com um aporte financeiro de R$ 15,2 milhões, a Secretaria reforma e moderniza o Centro Integrado de Atenção Psicossocial Adauto Botelho (CIAPS). A obra deve ser finalizada em maio de 2022. 

Outra unidade do Ciaps Adauto Botelho que também recebe investimentos é o Lar Doce Lar. Estão sendo investidos R$ 3 milhões na modernização e em melhorias estruturais do local. A previsão de término da obra é para o primeiro trimestre de 2022.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Operação Mandatário cumpre 51 mandados judiciais com foco na descapitalização de organização criminosa

Publicado


A Força-Tarefa de Segurança Pública (FTSP-MT) deflagrou a Operação Mandatário com o objetivo de cumprir 51 ordens judiciais contra organização criminosa atuante em Mato Grosso. De acordo com as investigações, os alvos fazem parte do núcleo contábil e financeiro que atua no Estado, com as funções de coleta e distribuição de valores.

A operação é uma atuação conjunta da Polícia Federal, Polícia Civil, Polícia Militar, Sistema Penitenciário e Polícia Rodoviária Federal, no âmbito da FTSP/MT.

A operação foi deflagrada na tarde desta segunda-feira (17.01), com finalização dos cumprimentos na manhã desta terça-feira (18.01). Os mandados expedidos pela 7ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá foram cumpridos em cidades dos Estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Ao todo, foram sequestrados 15 veículos, sete imóveis, além de 10 ordens de bloqueio de contas bancárias e de investimentos totalizando um valor estimado em cerca de R$ 10 milhões de reais.

Foram cumpridos ainda 12 mandados de busca e apreensão em residências, empresas e até um escritório de contabilidade. Durante as buscas, além de documentos, foram apreendidos uma arma de fogo, joias de grande valor e mais de meio milhão de reais em espécie. Seis investigados foram presos preventivamente e um em flagrante.

A FTSP-MT é composta pela Polícia Federal, Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal e Sistema Penitenciário e tem por objetivo realizar uma atuação conjunta e integrada no combate ao crime organizado que atua no Estado do Mato Grosso.

A equipe da Força-Tarefa (FTSP-MT) atenderá aos veículos interessados, às 14h desta terça-feira, no auditório da sede da Polícia Federal, em Cuiabá.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana