conecte-se conosco


Esportes

Sampaoli é punido no STJD, mas comandará Santos contra o Atlético Mineiro

Publicado

Lance


Jorge Sampaoli falando ao microfone
Reprodução

Sampaoli acabou sendo punido em nova sessão do STJD

Depois de ser absolvido pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), o técnico Jorge Sampaoli foi punido nesta sexta-feira (7), em nova sessão, por ter invadido a área técnica e xingados o árbitro Rafael Tracci, com gancho de um jogo. O procurador-geral Felipe Bevilacqua se mostrou descontente com a absolvição e recorreu.

Entretanto, o argentino já cumpriu a suspensão na partida de ida com o Atlético-MG pela Copa do Brasil. Assim, Sampaoli poderá comandar normalmente o Santos contra o “Galo”, neste domingo, às 19h, na Vila Belmiro, dessa vez pelo Campeonato Brasileiro.

“O que aconteceu é fora de qualquer julgamento que eu tenha visto no STJD. Esse caso tomou uma negativa. Não conseguiram elidir o que foi narrado na súmula e mesmo assim foram absolvidos. Leandro Castán e Max Lopez xingaram e chamaram o árbitro de ladrão.

O técnico do Santos ratificou o que foi narrado na súmula e ainda assim foi absolvido. Sampaoli invadiu as áreas várias vezes na partida e depois ainda ofendeu a arbitragem cometendo duas infrações distintas. Por fim, ao clube houve várias condutas distintas no artigo 213 relatadas na súmula e que precisam ser punidas”, disse o procurador-geral.

Leia Também:  Confira a agenda do futebol desta terça-feira, dia 16 de julho de 2019

A reportagem entrou em contato com o Santos e o clube não demonstrou preocupação com o corrido e explicou que “de acordo com o Artigo 170 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), a punição pode ser aplicada uma vez a cada seis meses ao denunciado”.

“Ressalto que a pena de advertência não acarreta em nenhum prejuízo de ordem técnica e/ou desportiva, sendo certo que, conforme o art. 170 da CBJD, esta somente poderá ser aplicada uma vez a cada seis meses ao denunciado.

Desta forma, com o trinador Jorge Sampaoli já cumpriu suspensão automática, o mesmo se encontra em condições de participar de qualquer partida organizada pela Confederação Brasileira de Futebol.”

Fonte: IG Esportes
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Esportes

São Paulo goleia Chape e reencontra caminho das vitórias no Brasileirão

Publicado

Lance

Depois de mais de dois meses, o São Paulo reencontrou o caminho das vitórias no Brasileiro. Nesta segunda-feira, o Tricolor goleou a Chapecoense por 4 a 0, no Morumbi, pela 11ª rodada da competição. Um dos destaques foi o garoto Toró, que entrou no segundo tempo e deixou o dele. Antony, Raniel e Vitor Bueno ampliaram o marcador. Para relembrar, o último triunfo aconteceu contra o Fortaleza, no dia 12 de maio, ou seja, oito jogos sem vencer.

Torcedores do São Paulo arrow-options
Rubens Chiri/saopaulofc.net

Torcedores do São Paulo

Com o resultado, o Tricolor pega o elevador na tabela e vai para quinta posição, com 18 pontos. Por sua vez, o Índio Condá amargou a derrota e segue na zona de rebaixamento, na 18ª colocação, com oito pontos. Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o São Paulo enfrenta o Fluminense, no sábado, às 19h, no Maracanã. No dia seguinte, a Chapecoense encara o Bahia, às 11h, na Arena Condá.

Faltou tranquilidade

Demorou a entrar no jogo, porém o São Paulo foi mais incisivo nos ataques. Um ponto interessante foi a boa movimentação de Antony e Igor Vinícius. Apesar disso, Alexandre Pato e Raniel desperdiçaram duas chances claras de gol e faltou cautela no último passe. Do outro lado, a Chapecoense teve apenas um oportunidade, com o artilheiro Everaldo, que parou no goleiro Volpi.

Leia Também:  Cara a cara! Advogado de Najila diz que pedirá acareação entre a modelo e Neymar

Meninos resolvem

O Tricolor começou a etapa final acelerado. Com isso, a coroação não demorou a vir. Aos três minutos, Everton, que entrou lugar de Pato, cruzou na área, e Antony aproveitou para apenas escorar e estufar as redes. Foi o primeiro gol do novato no Morumbi , terceiro como profissional. Logo em seguida, o atacante Toró, que também entrou na segunda etapa, avançou e arriscou de longe para balançar a rede.

Com pé direito!

Os donos da casa não tiveram pena do Índio Condá. Depois dos dois gols, o time catarinense sentiu, e isso refletiu na falha do zagueiro Gum. Com isso, o atacante Raniel roubou a bola, saiu na cara de Tiepo e empurrou para o gol. Foi o primeiro jogo do atleta como titular e o terceiro desde que chegou ao clube paulista.

Chave de ouro

Após sacramentar a vitória aos 10 do segundo tempo, a equipe paulista apenas administrou o resultado. Tímida, a Chape teve um gol anulado em cabeçada de Gum. Fora isso, não assustou. O Tricolor ainda teve tempo de marcar mais um, aos 45. Em bom cruzamento de Igor Vinícius, Vitor Bueno empurrou para o fundo da rede e selar a goleada.

Leia Também:  Em jogo equilibrado, Alemanha vence Espanha e assume liderança do Grupo B

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 4 x 0 CHAPECOENSE

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 22/07/2019, às 20h
Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (DF) – Nota LANCE!: 6,5 – fez marcações corretas e não comprometeu o rendimento em campo.
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Júnior (DF)
VAR: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Assistente de VAR: Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES) e Leone Carvalho Rocha (GO)
Gramado: Bom
Público / Renda: 35.558 / R$ 842.238,00
Cartões amarelos: Igor Vinícius (SAO), Alan Ruschel, Everaldo, Douglas (CHA)

Gols: Antony (3’/2°T), Toró (7’/2ºT), Raniel (10’/2ºT), Vitor Bueno (45’/2ºT).

SÃO PAULO
Tiago Volpi; Igor Vinícius, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan (Everton; intervalo), Tchê Tchê e Hernanes; Antony, Alexandre Pato (Toró; intervalo) e Raniel (Vitor Bueno; 37’/2ºT).
Técnico: Cuca.

CHAPECOENSE
Tiepo; Eduardo, Gum, Douglas e Bruno Pacheco (Régis; 40’/2ºT); Amaral e Márcio Araújo; Arthur Gomes, Camilo (Gustavo Campanharo; intervalo) e Renato Kayser (Alan Ruschel; 15’/2ºT); Everaldo.
Técnico: Ney Franco.

Fonte: IG Esportes
Continue lendo

Esportes

Vadão é demitido do comando técnico da seleção brasileira feminina de futebol

Publicado

Lance

Vadão é demitido da seleção feminina arrow-options
Lucas Figueiredo / MoWA Press

Vadão é demitido da seleção feminina

Após um mês da eliminação nas oitavas de finais da Copa do Mundo na França, o técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, foi demitido pelo presidente da CBF, Rogério Caboclo, na tarde desta segunda-feira, do cargo de técnico da Seleção Brasileira feminina. A informação é de Gabriela Moreira, do ‘Globoesporte’.

Leia mais: Gol de Cristiane é eleito o mais bonito da Copa do Mundo feminina; assista aqui

Além da demissão de Vadão , outros cortes ainda podem acontecer. Marco Aurélio Cunha, atual coordenador de futebol feminino da confederação, por enquanto continua no cargo, mas sua permanência segue sendo discutida internamente.

Essa foi a segunda passagem de Vadão como técnico da Seleção Brasileira feminina . A primeira foi quando o técnico comandou a equipe na Olimpíada do Rio de Janeiro, em 2016, mas deixou o cargo logo após o quarto lugar na competição.

Fonte: IG Esportes
Leia Também:  Confira a agenda do futebol desta terça-feira, dia 16 de julho de 2019
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana