conecte-se conosco


Nacional

Ruas do Recife ganham pintura de arco-íris em homenagem ao Dia do Orgulho LGBT

Publicado

cores
Andrea Rego Barros/PCR Imagens

Prefeitura do Recife celebrou 50 anos do Dia Internacional do Orgulho LGBT através da pintura de três faixas

A cidade do Recife ganhou mais cores na manhã desta sexta-feira (28). A prefeitura da capital pernambucana, por meio da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer, promoveu a pintura de faixas de pedestres com as cores do arco-íris, em celebração aos 50 anos do Dia Internacional do Orgulho LGBT.

Leia também: Parada LGBT de São Paulo: Três milhões de motivos para ter orgulho

A ação foi executada em três cruzamentos da cidade, nas junções entre a Ponte Maurício de Nassau, Avenida Marquês de Olinda e dos Cais do Apolo e Alfândega. Oito artistas urbanos assinam a obra: Jeff Alan, Caju, Rafa Mattos, Manoel Quitério, Shell Osmo, Carlos André , Natália Queiroz e Heitor.

“A ação visa ratificar o compromisso da Prefeitura com a população LGBT e os esforços incessantes da gestão em busca de uma cidade que gere cada vez mais respeito e oportunidades para todos os seus cidadãos”, enfatizou a secretária de Turismo, Esportes e Lazer, Ana Paula Vilaça.

Leia também: Resistência LGBTQI+: qual legado a Revolta de Stonewall nos deixou

ruas recife
Andrea Rego Barros/PCR Imagens

8 artistas assinam obra: Jeff Alan, Caju, Rafa Mattos, Manoel Quitério, Shell Osmo, Carlos André , Natália Queiroz e Heitor

Além de colorir as ruas do Recife , a Prefeitura também agendou uma série de atividades para celebrar o mês do orgulho LGBTQI+. A programação inclui ações educativas como a campanha Teste Seu Olhar, que propõe aos transeuntes o uso de óculos de Realidade Virtual (RV) para ver cenas de LGBTFobia, numa animação produzida com base em fatos reais. A campanha também será levada para escolas, unidades de saúde e outros locais públicos, tendo como objetivo fazer com que as pessoas pensem e vejam o combate à violência como uma responsabilidade da sociedade.

Leia também: “Sou a favor do amor, seja lá qual for. Essa é a palavra de Deus”

A Secretaria de Saúde do Recife (Sesau), por sua vez, realiza também ações educativas voltadas a lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e travestis. Pela manhã, os profissionais da Sesau estiveram no Hospital da Mulher do Recife, no Curado, abordando questões de gênero em palestras e rodas de conversa nas salas de espera com os pacientes. À noite, eles visitarão bares localizados na Boa Vista para distribuir preservativos e falar com as pessoas sobre comportamento para uma vida sexual saudável e sobre como ter acesso aos serviços ofertados pela Prefeitura do Recife .


publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nacional

Justiça suspende decisão de Salles que acabou com proteção a manguezais

Publicado


source
salles
Ricardo Salles / Twitter

Ricardo Salles, Frederico D’Ávilla e Jair Bolsonaro

A Justiça Federal do Rio de Janeiro suspendeu, nesta terça-feira (29), a extinção de duas resoluções do Conselho Nacional do Meio Ambiente, que é presidido pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, que delimitavam as áreas de proteção permanente (APPs) de manguezais e de restingas do litoral brasileiro.

A decisão permitia a exploração comercial e imobiliária de regiões protegidas por determinações ambientais. “Tendo em vista o evidente risco de danos irrecuperáveis ao meio ambiente, defiro antecipação dos efeitos da tutela para suspender os efeitos da revogação apreciada na 135ª Reunião Ordinária do Conama”, escreveu a juíza Maria Amélia Almeida Senos de Carvalho.

A decisão tem caráter liminar e foi protocolada com a justificativa de que a ação do Conama “viola o direito constitucional a um meio ambiente ecologicamente equilibrado”.

Ao explicar a extinção das normas, governo havia dito que essas resoluções já não eram mais cumpridas na prática. Especialistas em meio ambiente apontaram, porém, que até hoje essas normas são aplicadas, porque são os únicos instrumentos legais que protegem, efetivamente, essas áreas. 

Continue lendo

Nacional

Operação Raio-X: o que já se sabe

Publicado


source
gabinete do governador
Divulgação / PF

Buscas foram feitas no gabinete do governador do Pará na manhã desta terça-feira (29)

O Ministério Público de São Paulo e a Polícia Civil estão investigando esquemas  de desvio de dinheiro público na área da saúde , em operação batizada de ” Raio-X “. Até o momento, a Justiça paulista já autorizou 64 mandados de prisão temporária e outros 237 mandados de busca e apreensão .

Além da secretaria de Saúde, a Câmara Municipal é alvo de mandados de busca e apreensão. Segundo o jornal Bom Dia São Paulo, duas viaturas foram até o local tendo como alvo o chefe de um dos 55 gabinetes do local. Não há relação direta com nenhum dos vereadores da cidade.

A suspeita é de que uma organização social que administra hospitais brasileiros trabalhe com um esquema de desvio que envolva pagamento de propinas a funcionários públicos, em uma investigação que já tem dois anos.

“No transcorrer da investigação, foram identificadas dezenas de envolvidos com o grupo criminoso divididos em diversos núcleos, cada um com sua colaboração na prática das infrações penais”, disse o Ministério Público ao UOL. Segundo as informações do portal, o MP não deu detalhes sobre os envolvidos e valores investigados.

Investigações na Câmara

Na Câmara , conforme os investigadores, o alvo é um funcionário do gabinete do vereador Eliseu Gabriel (PSB) . No entanto, o vereador não é investigado. Em entrevista à TV Globo, o parlamentar disse que o funcionário já foi exonerado e que será readmitido, caso seja inocentado ao fim da operação.

Já na secretaria estadual de Saúde, os alvos são uma médica e uma advogada, funcionárias da pasta.

De acordo com a CNN Brasil, os acusados podem responder sobre fraude em licitação, corrupção ativa e passiva, peculato e até formação de quadrilha. A pena para os crimes pode chegar a até 60 anos de prisão.

Operação SOS

Segundo a Promotoria, as ações da Polícia Federal no Pará também serão aproveitadas nas investigações de São Paulo. Um dos alvos dessa operação, que foi batizada de “SOS” no Pará, é o governador do estado,  Helder Barbalho (MDB) . Dois secretários e um assessor de Barbalho já foram presos.

Doria pede “pente-fino”

O governador do estado de São Paulo, João Doria (PSDB) , compartilhou em seu perfil do Twitter que determinou ao secretário de Saúde, Jean Gorinchteyn, um “pente-fino para apurar contratos com organizações sociais”. 

“Não vamos tolerar que o Estado seja vítima de inescrupulosos”, concluiu o governador.


Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana