conecte-se conosco


Tecnologia

Roblox terá avatares mais realistas e planeja NFTs de itens limitados

Publicado


source
Roblox terá avatares mais realistas
Divulgação

Roblox terá avatares mais realistas

Em suas próximas atualizações, Roblox vai lançar avatares com visuais mais realistas e outras formas de monetização dentro da plataforma de jogos, como a venda de NFTs de itens limitados. Esses planos foram compartilhados pelo próprio CEO da Roblox Corporation, David Baszucki, na conferência anual de desenvolvedores da empresa, que aconteceu nesta semana.

A ideia de Baszucki é modernizar Roblox, deixando de lado os tradicionais avatares feitos de blocos para introduzir modelos com corpos mais “realistas”. A parte realista está entre aspas porque a ideia é ter não só avatares humanos, como também bonecos baseados em animais, alienígenas e outras criaturas.

Com esses novos avatares, o CEO promete diversas opções de customização e grande variedade de estilos, incluindo roupas e acessórios diferentes. Assim, a plataforma que, hoje, é voltada para crianças, também poderá ser interessante para o público adulto que busca mais formas para se expressar nos mundos virtuais.

Leia Também

As primeiras mudanças em relação ao visual dos avatares vai focar em atualizar as roupas. Segundo Baszucki, as skins terão aparência realista e dinâmica e serão capazes de se adaptar ao modelo dos personagens, seja ele baseado em um humano ou um dinossauro, por exemplo.

Para aumentar ainda mais o realismo nas animações dos personagens, Roblox vai começar a implementar um recurso chamado “cabeças dinâmicas”, que irá fazer a boca dos avatares se mexer quando o jogador falar algo no chat de voz. Por enquanto, essa nova ferramenta está em testes beta com alguns desenvolvedores selecionados.

Roblox vai lançar itens limitados registrados como NFT

Além das novidades para os avatares, o CEO da Roblox Corporation também planeja lançar mais itens limitados. De acordo com Baszucki, a objetivo é criar novas formas para os jogadores e desenvolvedores ganharem Robux — a moeda virtual da plataforma — com a venda desses itens colecionáveis.

Esses itens limitados serão registrados como NFT — Non-fungible token — ou seja, o proprietário original poderá continuar ganhando dinheiro com as vendas subsequentes, graças aos royalties dos tokens não fungíveis. “A ideia é que você será eventualmente capaz de definir as regras do que acontece na revenda de um item”, disse o diretor de produtos da Roblox Corporation, Manuel Bronstein, ao TechCrunch.

Por fim, os criadores de jogos em Roblox ainda poderão usar um novo sistema de desenvolvimento pela nuvem chamado Open Cloud. Com esse recurso, será possível usar ferramentas de criação de terceiros e exportar os projetos diretamente para o Roblox em vez de ficar limitado ao Roblox Studio.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tecnologia

Procon-SP alerta para sites falsos na Black Friday; veja como evitar

Publicado


source
Procon-SP alerta para sites falsos que usam Black Friday para aplicar golpes
Pedro Knoth

Procon-SP alerta para sites falsos que usam Black Friday para aplicar golpes

Em dia de Black Friday , aproveitar as melhores promoções é lei para todos os consumidores. No entanto, propostas tentadoras, como celular de R$ 2 mil por R$ 800 ou televisor de R$ 4 mil por R$ 1,5 mil, podem gerar dor de cabeça para o usuário.

O Procon-SP lançou nesta semana uma lista de sites suspeitos ou investigados por aplicarem golpes no cliente. Segundo o órgão, os estelionatários aproveitam a data para oferecer descontos imperdíveis e, após o pagamento, não entrega o produto prometido.

“É preciso ter essa cautela e comprar de preferência por plataformas que já são conhecidas”, recomenda o diretor-executivo do Procon-SP, Fernando Capez.

Capez orienta que o consumidor pesquise sobre as lojas, como verificando o endereço e CNPJ da empresa. Caso o local informado não seja de confiança, o consumidor deve ficar atento.

“Verificar o CNPJ da empresa ou endereço é fundamental para a confiabilidade da loja. Se o consumidor suspeitar o endereço, por exemplo, não realize a compra. No caso do CNPJ, se não estiver no site da Receita Federal, o melhor a se fazer é evitar fechar negócio”, completa.

Leia Também

Leia Também

Para verificar o CNPJ de uma empresa, basta entra r no site da Receita Federal e fornecer os dados solicitados. Além do endereço verdadeiro, é possível verificar o quadro de sócios.

Outra dica do Procon-SP é pesquisar sobre a reputação das empresas em sites especializados e redes sociais.

“Pesquisar a reputação das empresas em sites de reclamações pode ajudar o consumidor a definir o melhor lugar para comprar nesta Black Fraday. Use as redes sociais para pesquisar a confiabilidade da empresa também. Comentários, publicações de outros clientes podem facilitar e diminuir prejuízos futuros ao consumidor”, lembra Fernando Capez.

É possível conferir os sites suspeitos no site do Procon-SP. Em caso de fraude, o consumidor deverá fazer um boletim de ocorrência na Polícia Civil e avisar o órgão sobre o prejuízo.

Continue lendo

Tecnologia

Na Black Friday, iPhone 11 atinge maior preço dos últimos tempos

Publicado


source
iPhone 11 fica mais caro na Black Friday
Divulgação/Apple

iPhone 11 fica mais caro na Black Friday

Um dos assuntos mais comentados a respeito da Black Friday no Twitter nesta sexta-feira (26) é o iPhone 11. Isso porque ao invés de estar mais barato, o modelo está sendo vendido pelo maior preço praticado nos últimos tempos.

Clientes que esperaram o período promocional chegar para comprar o smartphone da Apple acabaram encontrando um valor bastante alto. No momento da publicação desta matéria, o iPhone 11 de 128 GB é vendido por, no mínimo, R$ 4.184, enquanto a versão de 64 GB custa ao menos R$ 3.578.

No caso do iPhone 11 de 128 GB, este é o maior valor praticado desde o dia 21 de outubro. Confira abaixo o gráfico de preços do monitor do Zoom nos últimos 40 dias:

Gráfico de preços do iPhone 11 nos últimos 40 dias. Pesquisa feita às 10h50 do dia 26/11.
Captura de tela

Gráfico de preços do iPhone 11 nos últimos 40 dias. Pesquisa feita às 10h50 do dia 26/11.

No comparativo com os últimos seis meses, também é possível ver que o preço do modelo vem em alta no período anterior à Black Friday. Veja:

Gráfico de preços do iPhone 11 nos últimos seis meses. Pesquisa feita às 10h50 do dia 26/11.
Captura de tela

Gráfico de preços do iPhone 11 nos últimos seis meses. Pesquisa feita às 10h50 do dia 26/11.

No caso do iPhone 11 de 64 GB, o valor não é o mais alto dos últimos tempos, mas também vem subindo nos últimos dias. Ainda segundo o monitor do Zoom, o smartphone atingiu seu valor mais baixo dos últimos meses entre o início de outubro e o dia 22 de novembro.

Situações como essa são bastante comuns de acontecerem em períodos de Black Friday. Por isso, a dica é sempre pesquisar antes de comprar um produto. Gráficos que comparam os valores dos últimos tempos, disponíveis em plataformas como Zoom e Buscapé, ajudam bastante na hora de avaliar se uma promoção é realmente boa ou se é a famosa “metade do dobro”.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana