conecte-se conosco


Nacional

RJ: Preso morre após ter corpo queimado em incêndio durante rebelião

Publicado


source
Edson Alves Luiz, de 41 anos, teve queimaduras no corpo e chegou a ser atendido, mas não resistiu aos ferimentos
Reprodução

Edson Alves Luiz, de 41 anos, teve queimaduras no corpo e chegou a ser atendido, mas não resistiu aos ferimentos

A rebelião ocorrida na última sexta-feira no  presídio Romeiro Neto, em Magé, na Baixada Fluminense, deixou um preso morto. Edson Alves Luiz , de 41 anos, teve queimaduras no corpo e chegou a ser atendido no Hospital estadual Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias, mas não resistiu aos ferimentos. Segundo informações obtidas pelo GLOBO, o interno chegou à unidade em estado gravíssimo e manobras de reanimação chegaram a ser realizadas durante 20 minutos. Após esse período, ele acabou falecendo.

Durante a rebelião , os presos atearam fogo em colchões na unidade prisional. O Corpo de Bombeiros precisou ser acionado, assim como o Grupamento de Intervenção Tática (GIT) da secretaria. O motim teve início por causa da transferência de Avelino Gonçalves Lima, o Alvinho, de 50 anos. Por decisão administrativa da Seap, o preso seria levado do presídio Romeiro Neto para o Nelson Hungria, no Complexo de Gericinó, na Zona Oeste do Rio.

Alvinho ficou preso de 1998 até 2007, quando fugiu. Em 2009, ele foi recapturado e está até hoje atrás das grades. Ele acumula 11 faltas disciplinares cometidas durante todo o período em que está preso.

Você viu?

Tanto o presídio Romeiro Neto quanto o Nelson Hungria são destinados a presos neutros e que estão no chamado seguro por soferem algum tipo de ameaça dentro do sistema carcerário. Nessas unidades, surgiu um grupo que se autodenomina Povo de Israel e pratica o que ficou popularmente conhecido como “Disque-extorsão”. Alvinho é apontado como um dos chefes desse grupo.

Na sexta-feira, no presídio Nelson Hungria, presos também chegaram a iniciar um motim, mas foram contidos por agentes do GIT.

Edson Alves Luiz, que morreu na rebelião, estava preso desde 1º de dezembro de 2015, quando foi capturado em flagrante acusado de ter matado a ex-companheira a facadas. Em fevereiro de 2019, ele foi condenado a 30 anos de prisão em regime fechado.

Procurada, a Seap ainda não se manifestou sobre os questionamentos feitos pelo GLOBO.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nacional

Advogada de médicos da Prevent Senior: ‘Mãe de Hang realizou tratamento precoce’

Publicado


source
Advogada de médicos da Prevent Senior: 'Mãe de Hang tomou tratamento precoce'
Reprodução

Advogada de médicos da Prevent Senior: ‘Mãe de Hang tomou tratamento precoce’

Bruna Morato, advogada representante dos médicos da Prevent Senior, afirmou em depoimento da  CPI da Covid na tarde desta terça-feira (28) que a mãe do empresário bolsonarista Luciano Hang, Regina Hang, fez uso do “tratamento preventivo”. O apoiador do presidente Jair Bolsonaro havia afirmado em vídeo que sua mãe havia falecido sem utilizar os medicamentos do chamado ‘Kit Covid’.

“Recebeu previamente medicamentos da hidroxicloroquina, ivermectina e azitromicina”, afirmou a advogada contrariando as declarações do dono das lojas Havan.

Durante a pandemia, Luciano Hang postou um vídeo em suas redes sociais em que afirmava: “Quando eu levei ela para o hospital, ela já estava quase com 95% do pulmão tomado. Ela estava assintomática e quando nós pegamos, foi muito tarde. E eu me quesitono: Será que se eu tivesse feito o tratamento preventivo, eu não teria salvado a minha mãe?”

A advogada dos médicos da Prevent Senior, local onde a mãe de Luciano foi internada, afirma que “consta no prontuário, ela fez uso do tratamento preventivo. A prescrição é que ela recebeu previamente os medicamentos”.

Bruna ressalta ainda que o atestado de Regina foi alterado durante a sua internação. “Ela dá entrada com Covid, na hora que ela dá entrada seu quadro evolui para outras doenças e isso não é registado na declaração de óbito. A declaração de óbito e a certidão e óbito possuem a mesma informação sobre a morte, mas sem menção à Covid. Isso destoa da orientação do Ministério da Saúde que deveria ter Covid-19 como doença inicial”.


O empresário Luciano Hang será o depoente desta quarta-feira (29) na CPI da Covid e, em tom de provocação, o bolsonarista divulgou um vídeo em que aparece algemado para o caso dos senadores “não aceitarem aquilo que vou falar”.

Continue lendo

Nacional

Vídeo: jovem cai de bicicleta ao ser assediada por homem em veículo

Publicado


source
A jovem estavam andando de bicicleta quando um carro passou bem próximo e a apalpou
Reprodução/redes sociais

A jovem estavam andando de bicicleta quando um carro passou bem próximo e a apalpou

Andressa Lustosa, estudante de direito de 25 anos, foi assediada enquanto andava de biclicleta no município de Palmas, no Paraná. A jovem publicou um vídeo de câmeras de seguranças que capturaram o momento do assédio. 

No registro, é possível ver o momento em que o carro se aproxima de Andressa e o passageiro colocar a mão para fora do veículo e apalpa o corpo da jovem. Ao ser tocada, Andressa se desequilibra e cai: 

“Infelizmente, foi muito pior do que eu imaginava! Nós mulheres não temos um minutos de paz!! Sai de casa para andar de bicicleta e volto toda machucada pra casa por uma atitude covarde dessas! Todas as medidas cabíveis estão sendo tomadas.. estou bem, só quero que paguem pelo o que fizeram. COMPARTILHEM!!”, escreveu em publicação. 

Andressa está bem, apenas com um ferimento no ombro devido a queda e espera encontrar o responsável pelo ato o mais rápido possível. 

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana