conecte-se conosco


Política MT

Riva garante que não protocolou acordo de delação no MPE e classifica documento como apócrifo

Publicado

Em nota à imprensa, ex-deputado afirma que tem colaborado com a Justiça, porém, não firmou nenhum acordo de delação

O ex-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, José Riva, emitiu nota à imprensa na tarde desta quarta-feira (9), onde nega que tenha subscrito qualquer proposta de acordo de delação premiada junto ao Ministério Público Estadual (MPE). Ele classificou os documentos que embasaram diversas matérias jornalísticas como “apócrifos” e que está adotando as medidas jurídicas necessárias para identificar os autores e responsabilizá-los pela distribuição dos malsinados documentos”.

Nos documentos citados pelo ex-deputado, são reveladas diversas irregularidades que teriam ocorrido na Assembleia Legislativa entre os anos de 1995 a 2014, período em que Riva comandou o Legislativo, seja como presidente, seja como primeiro-secretário.

Entre as irregularidades, estão o pagamento de mesada para dezenas de deputados e ex-deputados, compra de votos para eleição da Mesa Diretora, compra de vaga para conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT), entre outras.

Os referidos documentos jamais foram protocolizados junto ao Ministério Público do Estado de Mato Grosso. [Riva] tem plena convicção que os sobreditos documentos não foram fornecidos pelo MP/MT, até porque o ex-Deputado, como já dito, jamais os assinou”.

Confira a nota na íntegra:

“O ex-Deputado Estadual José Geraldo Riva, tendo em vista as matérias recentemente publicadas na mídia, envolvendo o seu nome em suposta Delação Premiada, celebrada com o Ministério Público do Estado de Mato Grosso, vem esclarecer que:

1) Os documentos apócrifos que têm circulado perante os meios de comunicação, intitulado como sendo “proposta de colaboração premiada” jamais foram subscritos pelo ex-Deputado;

2) Os referidos documentos jamais foram protocolizados junto ao Ministério Público do Estado de Mato Grosso;

3) Tem colaborado já há algum tempo com as investigações promovidas pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso, porém não firmou, até a presente data, nenhum acordo de delação premiada com o MP/MT;

3) Tem plena convicção que os sobreditos documentos não foram fornecidos pelo MP/MT, até porque o ex-Deputado, como já dito, jamais os assinou;

4) Está adotando as medidas jurídicas necessárias para identificar os autores e responsabilizá-los pela distribuição dos malsinados documentos.

Cuiabá/MT, 09 de outubro de 2019″

Ex-Deputado José Geraldo Riva

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política MT

Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão em Mato Grosso em inquérito sobre fake news contra o STF

Publicado

Também são cumpridos mandados em SP, RJ, SC, PR e Brasília

A Polícia Federal cumpre na manhã desta quarta-feira (27), mandados judiciais de busca e apreensão no inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF) que investiga produção de notícias falsas. Mato Grosso é um dos alvos da operação, além de outros 5 estados brasileiros.

As informações são preliminares, mas confirmadas pela assessoria de comunicação da PF. Ao todo, 29 mandados estão sendo cumpridos no Distrito Federal, Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso, Paraná e Santa Catarina.

A investigação é conduzida pelo ministro Alexandre de Moraes e tramitam em sigilo. Ela foi instaurada quando os ministros do STF passaram a ser vítimas de notícias falsas espalhadas pela internet, bem como vítimas de ameaças e ataques. Por enquanto, não há informações de locais onde os mandados foram cumpridos em Mato Grosso.

Entre os alvos estão o ex-deputado federal Roberto Jefferson, o empresário Luciano Hang, o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP) e blogueiro Allan dos Santos. Os quatro são aliados do presidente Jair Bolsonaro.

Continue lendo

Política MT

Cuiabá anuncia medidas de enfrentamento ao novo coronavírus na quinta-feira

Publicado

Redes sociais serão empregadas para divulgação das ações [F- Luiz Alves]

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, realiza nesta quinta-feira (28), às 9h30, uma nova transmissão virtual para falar sobre as novas medidas de enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19) implantadas na Capital.

Desde o início da pandemia, a Prefeitura de Cuiabá vem adotando uma série de medidas para conter a propagação do contágio do vírus, como a obrigatoriedade ao uso de máscaras artesanais ou cirúrgicas, a prorrogação por mais 90 dias na interrupção do fornecimento de água dos consumidores inadimplentes, a instalação de  lavatórios populares para higienização das mãos em pontos estratégicos da cidade seguindo os protocolos de segurança da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministérios da Saúde.

O pronunciamento pode ser conferido pelas redes sociais Facebook (https://www.facebook.com/search/top/?q=emanuel%20pinheiro) e Instagram (https://www.instagram.com/emanuelpinheiromt/?hl=pt-br).

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana