conecte-se conosco


Registro Geral

Riva e ex-secretário da AL entregam esquemas milionários da Casa; vídeos validam delação bombástica em MT

Publicado

Ex-secretário Geral da Assembleia Legislativa, Marcio Pommot teria revelado esquemas de corrupção; ele teria apresentado vídeos bombásticos ao MPF

Deu no site GazetaDigital: Mais duas delações premiadas em andamento trarão novas gravações envolvendo poderosos de Mato Grosso. Trata-se das delações do ex-presidente da Assembleia Legislativa (ALMT), José Riva e do ex-secretário-geral da casa, Luiz Márcio Bastos Pommot. Documentos, anotações e gravações em áudio e vídeo estariam entre as provas apresentadas ao Ministério Público. Fontes ouvidas pela reportagem apontam que o caso é semelhante ao acordo do ex-governador Silval Barbosa e Silvio Corrêa.  Pommot  é que teria algumas gravações envolvendo entrega de dinheiro para políticos e agentes públicos. As negociações começaram no final do ano passado, por causa das confissões que Riva fez em seus depoimentos em diversas ações e investigações, e que exigem a definição das devoluções financeiras. Com isso o ex-deputado chamou o seu ex-braço direito para também colaborar. Ainda não se sabe o motivo e por que as colaborações foram divididas. A reportagem checou com duas fontes que acompanham as tratativas que a delação de Pommot se encontra mais avançada que a de Riva. Isso porque Riva e o Ministério Público do Estado (MPE) não chegaram a um acordo no valor do ressarcimento aos cofres públicos. Enquanto o MPE exige R$ 150 milhões em devolução, o ex-chefe do Poder Legislativo diz não ter esse recurso. Outra discordância que tem travado a assinatura seria o tempo de punição. O MPE quer que Riva cumpra 4 anos de prisão em regime fechado. Já a defesa aceitaria até dois anos de reclusão. Quem assina a reportagem é o jornalista, Pablo Rodrigo.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Registro Geral

Vereadores abrem mão de receber RGA durante pandemia de coronavírus

Publicado

Os vereadores de Lucas do Rio Verde (354 km de Cuiabá) abriram mão da revisão geral anual (RGA) para que o recurso seja utilizado na saúde durante a pandemia do novo coronavírus. A RGA repõe as perdas com a inflação e é garantida por lei. O projeto foi aprovado na Câmara por 5 votos a 4. No Legislativo municipal a economia será de R$ 17 mil em 2020. A recomposição proposta era 3,3% e só foi concedida ao prefeito e secretários.

Continue lendo

Registro Geral

Ex-servidores da prefeitura relatam dificuldade em receber auxilio emergencial

Publicado

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria de Gestão entrou em contato com a Secretaria de Trabalho, do Ministério da Economia para auxiliar ex-servidores que relataram dificuldade para receber o auxílio emergencial do Governo Federal, por conta da pandemia do novo Coronavírus. Uma das razões do problema estaria na base de dados do Ministério, que pode estar desatualizada.

Ex-servidores do Município estão com seus pedidos de auxílio negados por constar na base de dados do Governo Federal, vínculo empregatício com a Prefeitura de Cuiabá. De acordo com a titular da Secretaria de Gestão, essas pessoas não constam mais na folha de pagamento do Município. Em contato com a Secretaria de Trabalho, do Ministério da Economia descobriu-se que a situação pode estar acontecendo em todo o país.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana