conecte-se conosco


Agro News

Rio Grande do Sul poderá antecipar a vacinação contra febre aftosa

Publicado

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) autorizou o Rio Grande do Sul a antecipar a vacinação contra a febre aftosa de maio para março. A decisão do Ministério foi tomada nesta sexta-feira (21), atendendo a uma solicitação encaminhada pela Secretaria da Agricultura do Estado na última segunda-feira (17). Com isso, a campanha de vacinação será feita de 16 de março até 14 de abril de 2020. 

Essa ação visa manter a possibilidade de o estado, caso cumpra todos os requisitos e ações previstas do Plano Estratégico 2017-2026 do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA), pleitear o reconhecimento de zona livre de febre aftosa sem vacinação perante à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), em maio de 2021. 

Atualmente, o RS tem aproximadamente 13 milhões de bovinos e teve o último registro da doença em 2001. 

Mais informações relacionadas ao Plano Estratégico do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa podem ser visualizadas no portal do PNEFA. As informações sobre o calendário de vacinação nos estados e no Distrito Federal podem ser visualizadas aqui 

Informações à ImprensaJanete Lima
[email protected]

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agro News

IPPA/CEPEA: Sustentado por pecuária, IPPA/Cepea sobe 0,3% em junho

Publicado


.

Cepea, 16/07/2020 – Em junho, o IPPA/Cepea (Índice de Preços ao Produtor de Grupos de Produtos Agropecuários), que passou a considerar em sua série histórica o IPPA-Cana-Café/Cepea, registrou alta nominal de 0,3% frente a maio. O Índice geral foi sustentado pelo IPPA-Pecuária/Cepea, que teve alta de 5,6% no mês. Para todos os demais grupos, houve queda de maio para junho: de 1% para o IPPA-Grãos/Cepea, de 4,8% para o IPPA-Hortifrutícolas/Cepea e de 5,6% para o IPPA-Cana-Café/Cepea. No caso dos grãos, a baixa esteve atrelada à desvalorização do milho. No caso dos hortifrutícolas, foram verificadas reduções nos valores da banana, batata, tomate e uva. Quanto ao novo índice, o IPPA-Cana-Café/Cepea, ambos os produtos registraram recuo nos preços em junho. Por outro lado, o IPPA-Pecuária/Cepea registrou alta de 5,6% em termos nominais, impulsionado pela elevação nos preços do boi gordo – principal produto que compõe a cesta desse Índice –, seguido do leite, do frango vivo e dos suínos. Na mesma comparação, o IPA-OG-DI Produtos industriais, calculado e divulgado pela FGV, teve alta de 2,75% – logo, de maio para junho, os preços agropecuários se desvalorizaram frente aos preços industriais da economia. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: CEPEA

Continue lendo

Agro News

SUÍNOS/CEPEA: Movimento de alta nos preços se intensifica

Publicado


.

Cepea, 16/07/2020 – O movimento de alta nos preços do suíno vivo, verificado desde abril deste ano, se intensificou neste mês de julho, especialmente nos últimos dias. E essa elevação nos valores do animal tem sido observada em todas as regiões acompanhadas pelo Cepea. Segundo colaboradores, parte da indústria tem intensificado as compras de novos lotes de suínos para abate, no intuito de atender à aquecida demanda externa. A procura contínua por animais no mercado independente tem, ainda, reduzido a disponibilidade de suínos em peso ideal para abate. Diante disso, agentes do setor consultados pelo Cepea indicam que tem retido animais nas granjas, a fim de garantir o aumento no peso, contexto que pode ter reforçado o movimento de alta nos preços nestes últimos dias. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: CEPEA

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana