conecte-se conosco


Nacional

RG, CNH, CPF e Título de Eleitor em um mesmo documento? Conheça o DNI

Publicado

DNI arrow-options
Divulgação

Previsão inicial dizia que documento seria lançado em março deste ano.

A confecção de um documento único que reunisse diversas informações deixará de ser um mito e se tornará realidade no próximo ano. Com o nome de Documento Nacional de Identidade (DNI), o documento foi lançado em caráter experimental em fevereiro de 2018 e engloba todos dados do cidadão.

Leia também: Mudança de gênero: saiba como usar o nome social nos documentos

Inicialmente, a implantação do documento único estava prevista para acontecer 1º de março deste ano. Porém, através de um decreto, o presidente da República, Jair Bolsonaro, adiou a data para 1º de março de 2020. Confira abaixo como funcionará o documento:

Quem pode emitir o documento?

De acordo com o portal do governo sobre o programa, apenas os cidadãos que estiverem realizado o cadastro biométrico junto à Justiça Eleitoral poderão emitir e utilizar o documento único. As pessoas que desejarem obter o documento mas não realizaram o cadastro biométrico devem procurar a Justiça Eleitoral de sua região.

Quais documentos ele reunirá?

Para facilitar o cotidiano dos cidadãos, o DNI reunirá informações sobre a identidade (RG), CPF, Carteira Nacional de Habilitação, Título de Eleitor e Certidão de Nascimento.

Como emitir?

Depois de estar com o cadastro biométrico feito, o cidadão deverá baixar o aplicativo do documento e realizar um pré-cadastro online. Após isso, será necessário o comparecimento a um dos postos de atendimento indicados no aplicativo. No posto de atendimento, serão validados os dados biométricos. Quando o procedimento for finalizado, o cidadão receberá um código de nove números que será o seu DNI.

Quanto custa para obter o documento?

O procedimento para emitir o DNI é inteiramente gratuito. 

Leia também: ID Jovem oferece meia entrada e isenção em viagens; saiba como obter o documento

Onde o DNI já está sendo emitido?

De acordo com informações disponíveis no portal do governo, nove estados já aderiram ao programa no atual formato. São eles:

  • Acre
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Paraná
  • Rio Grande do Sul
  • São Paulo

Os estados que não aderiram ao novo formato deverão se adequar às normas até março de 2020. 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nacional

Motoboy humilhado em SP agradece vaquinha de quase R$ 150 mil

Publicado


source
motoboy
Reprodução/redes sociais

Matheus foi humilhado após atraso na entrega de um cliente

O motoboy Matheus Pires Barbosa, de apenas 19 anos,  que foi humilhado por um cliente em um condomínio fechado em Valinhos, no interior de São Paulo, agradeceu as mensagens de apoio e o valor que foi arrecadado por uma vaquinha online. O valor ultrapassou os R$ 140 mil.

Em seu instagram, Matheus agradeçeu as todas as mensagens de apoio que recebeu. “Quero agradecer a todos que estão mandando mensagens para mim. Também quero agradecer ao Matheus Ceará que me presenteou com uma moto e ao pessoal do “Razões para acreditar”, que organizou a vaquinha. Isso mudou completamente a minha vida e as coisas que estou fazendo”, disse ele nos stories.

Após o vídeo circular nas redes sociais, o jovem recebeu uma nova moto e também agradeçeu. “Essa ajuda vai me ajudar bastante. Minha moto estava ferrada no mecânico. E, como eu estou recebendo ajuda de todos os lugares, vou doar a minha para outra pessoa”, disse Matheus.

“Tudo isso já mudou a minha vida. Mas a gente fica achando que as coisas acontecem longe da gente, mas o racismo e o preconceito está perto da gente. No meu caso se não tivesse ninguém gravando, talvez seria mais um caso que ninguém saberia de nada”, completou o jovem motoqueiro.

Continue lendo

Nacional

Antes de acidente, ciclista falou sobre aproveitar o dia como se fosse o último

Publicado


source

Ver essa foto no Instagram

Todas as manhãs, nascemos novamente. A cada manhã, o que realmente importa? O que faremos hoje, o que faremos amanhã, ou o será o que fizemos ontem? Pelos caminhos por mim percorridos eu aprendi que devemos aproveitar o dia de hoje como se fosse o primeiro ou o último dia de vida. Aprendi, que devemos observar onde está nossas relações, onde está nossa mente e que devemos colocar de lado as nossas noções pré-concebidas de como tudo funciona e prestar mais atenção nas possibilidades e nas oportunidades incríveis, que sempre aparecem a cada novo dia nos nossos caminhos. Um dia eu li em algum lugar ou alguém me falou que: assim é a vida… daqui a pouco a página vira, o cenário muda… Novos ventos, nova brisa, novos ares, novos mares… É aí que você acaba aprendendo a recomeçar agradecendo, não pelas derrotas, e sim pelas vitórias, ainda que sejam bem pequenininhas. É como aquela música “E quando estiver bem cansado, que ainda exista amor pra recomeçar”. Hoje 20 de julho foi meu aniversário, eu começo aqui um novo ciclo, cheio de esperança e fé de que Deus estará me guiando e que ao final, terei muito mais razões para agradecer e comemorar ?? A cada nova manhã nasce junto uma nova chance, o que fazemos hoje, é o mais importante!!

Uma publicação compartilhada por Thiago Germano (@thiagogersantos) em 20 de Jul, 2020 às 8:13 PDT

O advogado Thiago Germano, de 34 anos, faleceu no sábado (8) quando, de bicicleta, foi atropelado por um carro em Tocantins. Alguns dias antes, nas redes sociais, Thiago publicou:”Devemos aproveitar o dia de hoje como se fosse o primeiro ou o último dia de vida”.

Além de Thiago, o também advogado Valdonez Sobreira faleceu no acidente. Na rede social, é possível encontrar fotos dos amigos passeando de bicicleta por áreas rurais, mirantes e parques ecológicos.

O acidente foi registrado na tarde de ontem e a Polícia Militar acionada por um morador da região. De acordo com testemunhas, os dois foram atingidos por um automóvel de cor azul que, após arremessá-los por cerca de 100 metros de distância, não retornou para prestar socorro.

O veículo foi abandonado na região norte de Palmas, capital do estado, e encontrado pouco depois pela polícia. O condutor, porém, ainda não foi localizado.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana