conecte-se conosco


Turismo

Resort de luxo no interior de SP é opção certeira para férias de julho

Publicado

source
O iG Turismo foi conhecer o Clara Ibiúna Resort, opção de acomodação ideal para famílias; veja o que achamos
Clara Ibiúna Resort/Divulgação

O iG Turismo foi conhecer o Clara Ibiúna Resort, opção de acomodação ideal para famílias; veja o que achamos

Com a aproximação da chegada das férias de julho, diversos viajantes começam a buscar opções de passeio, viagens e estadias para usufruir no descanso – principalmente as famílias com crianças, devido ao recesso escolar. O Clara Ibiúna Resort, localizado em Ibiúna, interior de São Paulo, é uma opção para quem encontra o melhor dos mundos: seguro e com muitas opções de lazer para crianças; elegante, aconchegante e relaxante para os adultos.

A cidade fica localizada a pouco mais de 70 km da capital paulista (um trajeto que dura em torno de duas horas e meia) e é pequena – tem pouco mais de 1 mil km². Desse tamanho, cerca de 56 hectares são ocupados pelo luxuoso hotel, que se destaca pela área verde preservada, as construções sofisticadas e as diversas possibilidades de lazer ao ar livre. O espaço é tão grande que demanda organização do hóspede para que não precise dar muitas voltas ou retornar ao quarto em diversos momentos. No entanto, é possível pegar caronas com carrinhos de golfe que circulam o dia inteiro, sendo ainda uma facilidade para pessoas com mobilidade reduzida.

Entre as belezas naturais dentro do Clara Ibiúna Resorts estão as águas da represa de Itupararanga, a estrela do hotel, que ocupam cerca de 3 km de margem do interior e fazem companhia ao visitante em todos os momentos do dia; seja como vista dos apartamentos e restaurante ou por ser cenário de passeios de barco e atividades náuticas diárias.

Não à toa, essas exclusividades e confortos atraem alguns visitantes famosos. No fim de semana em que o iG Turismo visitou o Clara Ibiúna Resort, estavam entre os hóspedes o apresentador e jornalista Reinaldo Gottino e o político Thammy Miranda, ambos ao lado da família.

A decoração interna remete às casinhas de fazenda e conta com muitos elementos naturais e rústicos. Os prédios que abrigam os apartamentos transmitem leveza e se integram facilmente à paisagem ao redor. Tudo isso constrói uma atmosfera de aconchego e de zelo com a natureza. Entre outros atributos estão uma bela floresta própria – por onde é possível fazer trilhas –, haras, área fitness, piscinas cobertas e descobertas, quadras de futebol, tênis e beach tennis, spa by L’Occitane, salão de jogos, teatro e até mesmo uma capela.

O resort inaugurou em novembro do ano passado o Bloco Península, que conta com uma nova piscina e um bar com menu à la carte. Mesmo chegando por último, o espaço é, definitivamente, o mais badalado em dias quentes.

O sucesso da novata de águas esverdeadas foi tão grande que as outras duas piscinas, mais próximas da recepção e do restaurante, se tornaram muito menos usadas. Alguns hóspedes preferem pagar porções e lanches à parte para não perder a piscina para o almoço (que está incluído no pacote). Logo, as piscinas mais antigas são opção apenas para quem quer mais sossego e passaram a cumprir mais o papel de acrescentar mais beleza à paisagem. Por estar em uma posição mais alta e não ter árvores ao redor, a Piscina Península também recebe mais luz solar.

A diversidade de recreação e opções de lazer se estendem ao período noturno. No entanto, por mais que haja do que desfrutar ao ar livre, a iluminação do hotel não dá conta dos espaços no período da noite e o visitante acaba não conseguindo desfrutar tanto de outros atributos a não ser os internos.

Nesse caso, o ideal é apreciar o jantar, degustar a carta de vinhos, desfrutar do salão de jogos ou ir às apresentações noturnas realizadas por monitores. O lado bom é a possibilidade de se deitar na grama ou nas espreguiçadeiras para admirar as estrelas, que são vistas aos montes à noite.

Acomodações

O resort conta com 124 acomodações que se dividem entre apartamentos e suítes. Esses quartos ficam localizados em chalés, casas de madeira e até mesmo construções subterrâneas no nível da represa. Todos os apartamentos contam com vista para o lago, além de varanda, cama queen size, duas camas de solteiro, banheira, ducha e cuba dupla nos banheiros.

O iG Turismo ficou hospedado no Apartamento Superior Represa, que fica próximo da área do spa, academia, piscina coberta e hípica; além da recepção principal, restaurante e duas das três piscinas descobertas.

A acomodação dispõe de uma bela vista para o lago, que é emoldurado pela natureza do resort e pelas florestas mais ao horizonte. Essa vista é bonita em todos os períodos do dia, seja ao relaxar na varanda ou para acordar com as janelas abertas. No período da noite, vale voltar os olhos para o céu para observar as estrelas. A área do apartamento, de mais de 554 m², é bem ampla e capaz de acomodar até quatro pessoas confortavelmente.

As suítes dos chalés têm metragens entre 24 m² e 51 m² e se dividem pelas casas térreas – a Suíte Sede é a menor e mais simples, enquanto a Suíte Mata Conjugada é a maior. Todas têm proximidade com a área da represa e vista para o lago; com exceção da Suíte Mata, que fica em um espaço dentro da floresta do resort.

A Suíte Master é modesta em metragem, mas é aconchegante: são 69 m² que acomodam até cinco pessoas. A acomodação conta com piscina privativa, mas, pela proximidade com as piscinas gerais e o restaurante, pode não oferecer muita quietude.

Por fim, a Suíte Presidencial tem área de 165 m² e foi construída logo abaixo da área da Piscina e do Bar Península. Ela tem acesso totalmente integrado à represa e conta com exclusividades como varanda, jacuzzi, piscina privativa, espreguiçadeiras, lareiras e uma área de estar cercada por grandes janelões.

Perfeito para famílias

Inaugurado em 2017, o resort é o segundo empreendimento do grupo Clara Resorts, os mesmos responsáveis pelo Santa Clara Eco Resort, instalação em Dourado (também no interior de São Paulo) que já foi eleita pelo Traveller’s Choice, premiação promovida pelo TripAdvisor, como o segundo melhor do mundo para famílias; além de o melhor hotel da América do Sul e América Latina.

Apesar de funcionar muito bem para casais e grupos de amigos, o título poderia ser facilmente oferecido à unidade irmã, em Ibiúna. As famílias com crianças são o principal público alvo do hotel e é convidativo por transmitir a atmosfera de sossego sem dispensar de um cronograma de lazer bem recheado.

O espaço dispõe de opções proveitosas para crianças, desde estrutura para arvorismo e parquinho até áreas recreativas internas, como a brinquedoteca. O serviço de monitoria para crianças é um dos pontos altos da acomodação – entre ouvir diálogos de agradecimentos de responsáveis aos monitores é recorrente ao passear pelo resort antes da hora do check-out.

As crianças podem ser deixadas com segurança com os monitores após o café da manhã e só voltam muito depois da hora do jantar; há atividades, pelo menos, até às 22h. Ao longo desse período, os pequenos podem realizar diversas vivências incluídas na reserva e desfrutar de brincadeiras, teatro e atividades recreativas que aproveitam as disposições do hotel. As monitorias atendem crianças e jovens de três a 17 anos organizados em cinco grupos. As atividades variam a depender da faixa etária.

Em dias de integração intensa com a tecnologia desde cedo, as atividades propostas para as crianças permite que elas façam… coisas de criança. Brincadeiras como Mãe da Rua, Canibal e contações de história de terror à noite estão entre algumas das atividades proporcionadas para deixar o celular de lado e exercitar o brincar – com escorregadores gigantes, arco e flecha, quadriciclos, cavalos e até tirolesa russa à disposição, é difícil ver alguma criança com o aparelho na mão.

A mesma ideia de descompressão pode ser aplicada aos adultos (esses um pouco mais teimosos a adotar a proposta de se desconectar), principalmente para responsáveis que podem abrir mão da preocupação e dar lugar ao sossego. As piscinas de águas cristalinas, a conexão e o cheiro do mato e as espreguiçadeiras são alguns dos cantinhos preferidos para ver o dia passar sem pressa e recarregar as energias – principalmente degustando algum petisco ou drinks tradicionais.

O hotel dispõe de uma monitoria para adultos com atividades como yoga ao ar livre e passeios para conhecer as áreas do resort, por exemplo. No entanto, também é interessante sair da zona de conforto e deixar a criança interior ser a guia pelos brinquedos gigantes, a sala de jogos ou se divertindo com partidas nas quadras (mesmo que não se saiba jogar). É possível conciliar os dois estados de espíritos e sair de lá tão renovado quanto os pequenos.

Programação de férias de julho de 2022

Para marcar as férias de julho, o Clara Ibiúna Resort vai inaugurar um novo salão de jogos que tem Las Vegas como tema; além de oferecer programações como circuito de cross training, aulas de yoga e zumba e futmesa. O resort também vai passar a oferecer trajes de neoprene, ideais para a realização de atividades náuticas como canoagem, stand up paddle, esqui aquático, wakesurf e wakeboard.

O Santa Clara Eco Resort, em Dourado, também recebe opções extras para todas as idades, como escape room, campeonato de beach tennis. A unidade também vai reinaugurar o toboágua, que faz sucesso entre as crianças.

Quanto custa ficar no Clara Ibiúna Resort

Fatores como mês, alta temporada e dia de semana impactam no preço da diária. O iG Turismo realizou a cotação para o Apartamento Superior Represa levando em conta estadias para casais e para famílias com duas crianças com as idades de cinco e 10 anos.

Foram comparadas estadias no mês de junho e julho, sendo este último mês um período em que as diárias ficam mais caras devido às férias escolares. No mês de julho, reservas feitas às sextas-feiras têm estadia mínima de três noites.

Estadia em dias de semana de junho (duas noites)

  • Casal: R$ 2,3 mil
  • Casal e duas crianças: R$ 3 mil

Estadia em fins de semana de junho

  • Casal: R$ 5,1 mil
  • Casal e duas crianças: R$ 6,6 mil

Estadia em dias de semana de julho (duas noites)

  • Casal: R$ 4,6 mil
  • Casal e duas crianças: R$ 6 mil

Estadia em fins de semana de julho (três noites)

  • Casal: R$ 6,9 mil
  • Casal e duas crianças: R$ 8,1 mil

O regime do hotel é all inclusive e se aplica bem no quesito uso de áreas abertas e no variado cardápio self service do restaurante; mas peca na acessibilidade às recreações. As vivências incluídas no pacote são apenas as disponíveis no cronograma de cada dia da semana; caso o hóspede queira realizar outras atividades, é necessário pagar à parte. Passeios de quadriciclo, cavalgada e passeios de barco são sempre pagos à parte.

Como chegar ao Clara Ibiúna Resort

A melhor maneira de chegar ao resort é de carro próprio, já que a área fica mais afastada do centro da cidade e está localizada morro acima; além de tornar o acesso mais funcional às duas portarias que resguardam o hotel. O heliponto também oferece praticidade e pode ser bastante movimentado a depender do dia.

O turista que preferir ir de ônibus vai passar por alguns perrengues. Ibiúna conta com uma rodoviária, mas não há tantas opções de ônibus municipais que sobem até a área do resort – esses passam pelo centro da cidade apenas em dois horários nas partes da manhã e tarde.

Se o hóspede chegar no período noturno, conseguir motoristas por aplicativos pode ser um desafio. Nesses casos, o mais indicado é buscar por taxistas que ficam na região da rodoviária. No entanto, deve-se ter em mente o custo maior: um trajeto de pouco mais de 11 km pode sair em torno de R$ 50.

Siga o perfil geral do Portal iG no Telegram.

Fonte: IG Turismo

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Turismo

Museu subaquático em Cannes une arte e preservação da vida marinha

Publicado

source
Cannes Underwater Eco-Museum (Ecomuseu Subaquático de Cannes, em português)
Fotos de @jasondecairestaylor

Cannes Underwater Eco-Museum (Ecomuseu Subaquático de Cannes, em português)

O Cannes Underwater Eco-Museum (Ecomuseu Subaquático de Cannes, em português) , foi inaugurado em Cannes, França, em fevereiro de 2021. Financiado pela Mairie de Cannes e encomendado pelo prefeito, David Lisnard, o projeto levou mais de quatro anos para ser finalizado. 

Jason deCaires Taylor é o artista à frente das peças que ficam submersas no mar. O Ecomuseu Subaquático se torna o primeiro lugar que as suas obras são instaladas no Mar Mediterrâneo, apresentando uma série de seis retratos monumentais , cada um com mais de 2 m de altura e 10 toneladas de peso.

As estátuas ficam localizadas perto da ilha de Sainte-Marguerite , uma das ilhas Lérins, ao largo da costa de Cannes. As obras são colocadas a uma profundidade entre 2 e 3 metros, e descansam em áreas de areia branca, entre os prados de gramíneas marinhas posidonias oscilantes na parte sul protegida da ilha, atmosfera característica dos mares.

A pouca profundidade e a proximidade com a costa tornam o local facilmente acessível , e as águas cristalinas proporcionam condições ideais para a prática de Esnórquel (prática de mergulho em águas rasas com o objetivo de recreação, relaxamento e lazer).

Inaugurado em um contexto de pandemia, este é o único museu que você pode acessar de forma socialmente distante, usando uma máscara de mergulho sobre os olhos em vez de uma máscara sobre a boca.

Os seis trabalhos colocados na água são baseados em retratos de membros locais da comunidade , abrangendo uma gama de idades e profissões, por exemplo, Maurice, um pescador local de 80 anos e Anouk, um aluno de nove anos da escola primária.

Cada rosto foi significativamente aumentado e secionado em duas partes, a parte externa se assemelha a uma máscara. O tema das máscaras se conecta com a história da Île Sainte Marguerite, bem conhecido como o local onde o Homem com a Máscara de Ferro foi aprisionado pelo rei Luís 14 no século 17.

“A máscara também é uma metáfora para o oceano: de um lado, ela mostra força e resiliência; do outro, fragilidade e decadência. Da terra, observamos a superfície, calma e serena, ou poderosa e majestosa, no entanto, abaixo da superfície está um ecossistema frágil e perfeitamente equilibrado, um que tem sido continuamente degradado e poluído ao longo dos anos pela atividade humana”, argumenta o artista em seu site.

Antes das peças serem colocadas no mar, a localização das esculturas era em uma área de infraestrutura marítima em desuso.

Além disso, o projeto realizou uma limpeza significativa do local, removendo destroços marinhos como motores antigos e tubulações para criar um espaço para a instalação das obras de arte que foram especificamente projetadas, usando materiais de Ph neutro e aço inoxidável 316 , para atrair a fauna e flora marinhas, ajudando a área a rejuvenescer e florescer. A cada temporada, o museu vai ganhando novas formas e texturas, de acordo com a evolução de algas e outros seres marinhos no local. 

O local agora foi isolado de barcos, tornando-o seguro para mergulhadores e evitando danos por âncoras aos prados de ervas marinhas, área de habitat vital referida como os pulmões do oceano para a vasta quantidade de oxigênio que produz.

Como todos os seus projetos, Jason pretende chamar a atenção para o mar como uma biosfera frágil em urgente necessidade de proteção. Isso porque o artista tem outros museus subaquáticos de sua autoria espalhados pelo mundo, como o Museu de Arte Subaquática (Musa) , no México; Parque de Esculturas Submarinas de Molinere , em Granada; Museu Atlântico , na Espanha; Museu de Escultura Subaquática Ayia Napa (Musan) , no Chipre e o Museu de Arte Subaquática (Moua) , na Austrália. Além de outras instalações solos relacionadas ao ambiente aquático.

Para visitar o museu, é preciso de uma máscara de esnórquel, caso contrário não verá muito. Mas se não tiver, pode encontrá-los nos supermercados ou nas lojas próximas da região.

Acompanhe o  iG Turismo também pelo Instagram e receba dicas de roteiros e curiosidades sobre destinos nacionais e internacionais.

Fonte: IG Turismo

Continue lendo

Turismo

Suítes Beach Park Resort une hospedagem sofisticada com tradição

Publicado

source
Suítes Beach Park é o resort mais antigo da família
Reprodução/Suítes Beach Park Resort

Suítes Beach Park é o resort mais antigo da família

Construído em 1996, o Suítes Beach Park Resort segue como um dos principais resorts para a família no Ceará. Conectado ao Beach Park, maior parque aquático da América Latina, o grupo convidou o iG Turismo para visitar o resort e conhecer o lançamento do Ohana, novo estilo de hospedagem do Beach Park , que será inaugurado em 2025. 

A reportagem ficou na suíte Júnior, que na internet, tem preço médio de R$ 1022, que pode variar de acordo com o pacote comprado e as opções de adicionar ingressos para o parque aquático, que tem acesso pelo resort. 

O Suítes une a tradição das hospedagens convencionais de resorts brasileiros, mas com diferenciais no acolhimento e no conforto ao visitante. Focado em famílias com mais de três pessoas, o resort procura agradar a todos os gostos, mas sem deixar de apresentar a culinária do Ceará ou elementos da cultura do estado. 

Do check-in até a saída, o visitante tem um atendimento personalizado, com informações fáceis de entender e com muita simpatia por parte dos funcionários, seja na recepção, seja nos bares e restaurantes do local. Para os que querem relaxar em frente ao mar, o resort é uma boa opção, com saída para a praia de Porto das Dunas e atividades de vôlei de praia, beach tenis e quiosques do resort disponibilizados pela área da praia, relacionados ao Beach Park. Tanto o parque aquático quanto alguns resorts são conectados pela praia, assim, você pode aproveitar outras áreas andando pela areia fina e sentindo a brisa do mar. 

Além das praias, o resort conta com uma piscina com diferentes profundidades contemplada com um bar aquático, para crianças e adultos aproveitarem a viagem com segurança e conforto. Para os que querem relaxar ainda mais, o resort conta com uma hidromassagem grande, ao lado do setor de troca de toalhas. 

Segurança, limpeza e conforto nas suítes

O apartamento Júnior foi uma surpresa agradável. Ao abrir a porta, o visitante se surpreende com a vista ao mar, os dois ar-condicionados do apartamento estão ligados para refrescar o viajante que chega de um voo longo e com todo o conforto esperado. No apartamento, há uma copa, com microondas, frigobar e pia, além de banheiro equipado com secador de cabelo, shampoo e condicionador. Na sala, há um sofá-cama, para as crianças dormirem, uma mesa para refeições rápidas e uma smart tv. Já o quarto conta com cama de casal, ar-condicionado, cofre, armário e uma televisão smart. 

Há alguns destaques que diferenciam o Suítes de outros resorts pelo Brasil. Para os que se importam com a saúde capilar, danificada pelo cloro das piscinas e o sal do mar, o shampoo e condicionador é um diferencial a ser elogiado. Os produtos, feitos em parceria com a L’Occitane, marca que assume o SPA do resort Wellness, deixam os cabelos prontos para aguentar a overdose de sal, areia e cloro. 

A limpeza é bem feita e o resort te deixa seguro para manter os pertences de valor do jeito que ficariam caso estivesse em casa. Não foi necessário utilizar o cofre em nenhum momento. Na sacada, você tem a opção de instalar uma rede, disponibilizada pela equipe. Apesar do susto de ver a rede muito alta ao instalar, deitar nela e relaxar ouvindo o som da piscina e do mar faz valer a pena. 

Comida de qualidade e com preço justo

Picanha grelhada com farofa e batatas temperadas é um dos pratos servidos no menu à lá carte e serve duas pessoas
Reprodução/Luiza Lemos 24.06.2022

Picanha grelhada com farofa e batatas temperadas é um dos pratos servidos no menu à lá carte e serve duas pessoas

No Suítes não há opção de all inclusive, então o viajante tem as opções de escolher entre café da manhã e almoço, ou café da manhã e jantar. Mas isso não impede do viajante comer, já que ele pode visitar o parque aquático e comer pelos restaurantes de lá, ou pelos quiosques da praia, ou até pedir refeições à lá carte do restaurante. 

O café da manhã é bem completo, com opções tradicionais, como o famoso ovo mexido e molho de salsicha, mas há também cozinheiros que preparam tapioca com diversos sabores e cuscuz nordestino, com carne de sol, queijo e outros acompanhamentos, escolhidos pelo viajante. O café é outro diferencial, feito em máquinas de uma marca famosa de café, com opção de achocolatado e até espresso em cápsulas. 

No almoço, a reportagem escolheu pratos à lá carte, do Jangada’s Bar. Para os turistas mais econômicos, a sugestão é pedir um petisco, bem servido e um prato para dois. Os preços são acessíveis e os pratos para duas pessoas servem muito bem — e até sobra. Somente os preços das bebidas que são mais salgados, mas nada como planejar com a família e ver o que é melhor para beber, como jarras de suco ou água de coco, que valem à pena. 

O jantar é para todos os gostos, sem exageros. Opções variadas de saladas, massas, comidas típicas como baião de dois, peixes e até internacionais – como tacos mexicanos e yakisoba – surgem no cardápio do self-service. É impossível não repetir ou fazer vários pratos para poder aproveitar todas as delícias que estão disponíveis no buffet. No jantar as bebidas também são pedidas pelo menu à lá carte. 

Um destaque do cardápio à lá carte são as porções de frutos do mar, os battonetes de tapioca — versão longa do dadinho de tapioca e mais cremoso, o queijo coalho com melaço e as porções de carne, como filé mignon com batatas temperadas. Comer ao lado da família e amigos fica ainda mais saboroso. 

Sozinho, com amigos ou em casal, é impossível ignorar a energia familiar

Há uma entrada para o Beach Park dentro do Suítes
Reprodução/Luiza Lemos 24.06.2022

Há uma entrada para o Beach Park dentro do Suítes


A viagem para o Suítes Beach Park Resort ocorreu na época de São João e o Suítes não deixou de fazer uma bela festa: durante a semana, exceto nas quartas-feiras, quando o parque dá uma folga aos artistas, o resort faz uma grande celebração junina. Mas a festa que o iG participou foi mais particular, na quarta, quando os resorts fazem festas para os hóspedes, mas sem perder em nada para os shows e eventos oficiais do parque ou até da região de Fortaleza.

Para quem nunca foi a um São João no nordeste, o do Suítes é uma boa dose de festa junina típica da região. Com direito a quadrilha, fuga do casório e uma boa dose de forró, a noite de São João – fora da data – é repleta de alegria, brincadeiras para as crianças, divertimento para os pais e até comidas típicas disponibilizadas para todos os hóspedes.

Durante a festa, os Beach Friends — como os recreadores são chamados — organizam a quadrilha e chamam casais, crianças e amigos para dançar e fazer a festança de São João, animada e divertida. Além da quadrilha e encenação, a criançada brincou com jogos típicos de quermesses e festas juninas.

Fora do São João e caso não tenha comprado ingresso para o parque aquático, o entretenimento é garantido de diversas formas, seja com os Beach Friends, seja com atividades na praia ou piscina. A equipe de recreação consegue atingir crianças e adultos com atividades diferenciadas. É possível notar a diferença de tratamento nas atividades da piscina, enquanto parte da equipe brinca com as crianças de vôlei, outra parte diverte os pais com uma aula de hidroginástica, dança na água, músicas e até bingo valendo drinks do bar.

Pela noite, os pais podem jantar tranquilos, já que os Beach Friends brincam pelo resort e chamam as crianças para explorar o local ou brincar na área de recreação do resort, afastada da área das suítes. Além disso, o resort disponibiliza mesas de carteado, sinuca e até tênis de mesa para adultos se divertirem durante o descanso.

Algo notório no Suítes é a energia familiar do local. Mesmo em viagem solo e junto de outros repórteres, também jovens, foi impossível evitar o sentimento de viagem em família. O acolhimento dos funcionários, o conforto e calmaria das noites e as manhãs ensolaradas não deixavam ninguém de fora da promessa do Beach Park de trazer entretenimento para a família. 

Acompanhe o  iG Turismo também pelo Instagram e receba dicas de roteiros e curiosidades sobre destinos nacionais e internacionais.

Fonte: IG Turismo

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana