conecte-se conosco


Política Nacional

Representantes do futebol feminino cobram equidade; CBF diz não ser possível neste momento

Publicado

Deputados, estudiosos e representantes de atletas pediram mais apoio e reconhecimento ao futebol feminino no País. O tema foi discutido durante o seminário “A Mulher no Futebol”, promovido na terça-feira (10) pela Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados.

O presidente do colegiado, deputado Fábio Mitidieri (PSD-SE), criticou o baixo número de mulheres integrantes de comissões técnicas no Campeonato Brasileiro feminino da modalidade. “Só há 30% de mulheres nos clubes da primeira e segunda divisão. Na primeira divisão, com 16 times, só 3 deles têm treinadoras. Na segunda divisão, apenas 6 dos 36 times são treinados por mulheres”, citou. “A seleção brasileira só teve treinadora por duas vezes, em todas as outras eram homens.”

Mitidieri lembrou que até 1979 o futebol feminino era proibido, por lei, no Brasil, o explica em parte a demora na profissionalização do esporte. “Tivemos diversas conquistas, principalmente na questão do preconceito e algumas barreiras que foram vencidas, mas outras ainda estão por se vencer”, disse.

A pesquisadora Aira Bonfim destacou que influências históricas e políticas reforçaram o estereótipo do futebol como uma modalidade apenas masculina. “Secretarias de Estado diziam que o corpo feminino precisava ser protegido para gerar filhos, não  podendo  ser exposto ao contato físico proporcionado pelo futebol”, apontou.

Equidade Representante da Confederação Brasileira de Futsal (CBFS), Daniele Mendes defendeu mais investimentos dos clubes na formação de jogadoras. “A gente quer igualdade de oportunidades e equidade em relação a essa disparidade salarial [com relação aos homens], além de melhorias na estrutura”, afirmou.

O coordenador de Seleções Femininas da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Marco Aurélio Cunha, respondeu às críticas feitas à desigualdade entre homens e mulheres no esporte. “Sempre haverá o que se cobrar. Percebo uma ansiedade muito grande para que tudo seja resolvido no mesmo momento, mas não é possível a gente dar condições iguais às do futebol masculino, que tem mais de 100 anos de história”, declarou.

“Todas as questões ditas aqui, como o preconceito e a falta de inclusão, são realidades. Costumo dizer que aprendi a tentar mudar o presente e o futuro, mas nunca fiz curso de mudar o passado”, acrescentou Cunha.

Em 2019, pela primeira vez, canais de televisão aberta transmitiram os jogos da Copa do Mundo Feminina. Os debatedores apontaram isso como um avanço para a modalidade. A seleção brasileira foi eliminada pela França nas oitavas de final.

Reportagem – Natália Ferreira
Edição – Marcelo Oliveira

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política Nacional

Dezesseis partidos elegeram prefeitos no segundo turno

Publicado


Selo eleições 2020No segundo turno das eleições municipais, que ocorreram em 57 cidades neste domingo (29), 16 partidos elegeram prefeitos. De acordo com o consultor legislativo Gilberto Guerzoni, essa diversidade será um dos pontos a serem considerados nas articulações para as eleições de 2022. Mais informações com o repórter Rodrigo Resende, da Rádio Senado.

Continue lendo

Política Nacional

Covas reeleito, Crivella derrotado: veja os resultados da eleição no Sul e no Sudeste

Publicado


Selo eleições 2020Entre as capitais da Região Sudeste, apenas Belo Horizonte não teve eleições no segundo turno. Em São Paulo, Bruno Covas (PSDB) venceu Guilherme Boulos (PSOL) por 19 pontos percentuais. No Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM) foi eleito com 64% dos votos, derrotando o atual prefeito Marcelo Crivella (Republicanos). Em Vitória, Delegado Pazolini recebeu 58,5% dos votos, contra 41,5% de João Coser (PT). Em Porto Alegre, única capital da Região Sul a ter segundo turno, venceu Sebastião Melo (MDB), que concorria contra Manuela D’Ávila (PCdoB). Ouça a reportagem  de Marcella Cunha, da Rádio Senado.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana