conecte-se conosco


Agro News

Relação do Brasil com a China é sólida, avalia Tereza Cristina

Publicado

A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) disse nesta quinta-feira (13) que a relação do Brasil com a China é sólida e que o acordo do país asiático com os Estados Unidos não terá reflexos “catastróficos” para o Brasil. “Sou otimista, penso nas oportunidades que as crises podem trazer em certos momentos”, disse a ministra, ao participar do 14º Encontro de Previsão de Safra, promovido pela Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec) e pela Associação Nacional dos Exportadores de Algodão (Anea), em Brasília. 

Ela ressaltou que o mercado de soja já é conhecido e que a soja produzida hoje já está precificada e vendida. A ministra também lembrou que o Ministério da Agricultura está trabalhando intensivamente para abrir novos mercados e aumentar a base para a exportação do Brasil. “A soja e o milho são importantíssimos, mas temos outras coisas e temos que diversificar a nossa pauta para a nossa balança comercial”.

A ministra disse que é preciso analisar com cautela os possíveis impactos que o novo Coronavirus poderá trazer para a agricultura. Ela lembrou que a China tem 1,3 bilhão de habitantes, e que continuará demandando por alimentos. “São conjunturas momentâneas, mas que temos que analisar com a devida cautela e com um cenário maior e não pontual. Temos que ter muita cautela e responsabilidade, porque os mercados são nervosos”, disse. 

Ela chamou a atenção para a campanha que o Brasil está sofrendo, especialmente na União Europeia, contra os produtos agropecuários brasileiros. “Eles estão nos olhando com lupa, mas é protecionismo. Temos que ter todo o cuidado para que eles não achem motivo para punir o Brasil. Existe uma campanha clara contra o Brasil por causa do nosso tamanho e das nossas possibilidades de expandir”.

Tereza Cristina voltou a citar o que considera um “mantra” para o setor: “o Brasil é a maior potência agroambiental do mundo, e a nossa agricultura é sustentável”. Ela garantiu que irá trabalhar de maneira firme para consolidar o funcionamento do Código Florestal e do Cadastro Ambiental Rural (CAR) no país.  “A hora que tivemos isso vamos calar a boca do mundo, porque ninguém tem uma ferramenta como esta”, disse. 

Informações à Imprensa[email protected]

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agro News

Sustentabilidade da Aprosoja apresenta balanço do CT etapa milho

Publicado


Sustentabilidade

Sustentabilidade da Aprosoja apresenta balanço do CT etapa milho

As etapas de soja e milho são referentes aos meses de janeiro a setembro deste ano

01/12/2020

A Comissão de Sustentabilidade da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) se reuniu na sexta-feira (27.11), por meio de videoconferência, para apresentar o balanço do Circuito Tecnológico 2020. Este ano os trabalhos iniciaram em janeiro e foram até abril na etapa milho. Cento e setenta e sete propriedades foram visitadas e mais de 300 amostras de fertilizantes coletadas, chegando a um resultado de cerca de 22% por cento de reprovação em pelo menos 1 elemento.

Já na etapa soja, que foi de abril a setembro as visitas ocorreram em mais de 717 propriedades, em 97 municípios. Ao todo, 1611 amostras coletadas com mais de 17% de reprovação em pelo menos um elemento.

A gerente de Sustentabilidade Socioambiental da Aprosoja, Marlene Lima, afirmou que a preocupação era de não poder atender as demandas por conta da pandemia. “Mudamos a estratégia e tivemos um resultado surpreendente. Agendamos as visitas de acordo com os chamados dos produtores rurais para entrarmos nas propriedades, com isso aumentou o número de atendimento. Realizamos 2700 coletas de fertilizantes, e visitamos quase 2 mil propriedades. Entre 15 e 20 dias os participantes já recebiam o laudo das amostras pelo whatsApp.

A pesquisa de satisfação também foi outra supressa, afirma Marlene. “O produtor rural considerou de forma positiva nosso trabalho e tivemos 100% de satisfação”, pontuou.

O encontro contou com a participação do consultor técnico de Vinhedo-SP, José Francisco da Cunha, e de 35 produtores rurais, além do delegado coordenador de Jaciara, Celestino Piotto e supervisores da Aprosoja.

Para mais informações sobre o balanço do Circuito Tecnológico etapa milho e soja entrar em contato com a Comissão de Sustentabilidade da Aprosoja, por meio do telefone: (65) 3644-4215.

 

Fonte: Ascom

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: [email protected]

Fonte: APROSOJA

Continue lendo

Agro News

ETANOL/CEPEA: Indicadores recuam no encerramento de novembro

Publicado


Cepea, 1º/12/2020 – A última semana de novembro foi marcada por ritmo menor de negócios envolvendo os etanóis hidratado e anidro, com apenas volumes pontuais sendo adquiridos por distribuidoras. Segundo pesquisadores do Cepea, nem mesmo a valorização da gasolina A foi suficiente fazer os compradores voltarem ao mercado. Diante disso, os preços se enfraqueceram no mercado paulista no encerramento do mês. O Indicador CEPEA/ESALQ do etanol hidratado (preço ao produtor) foi de R$ 2,0707/litro (sem ICMS e sem PIS/Cofins) entre 23 e 27 de novembro, leve baixa de 0,18% em relação ao da semana anterior. No caso do etanol anidro, o Indicador CEPEA/ESALQ foi de R$ 2,4184/litro (sem PIS/Cofins), redução de 0,08% no mesmo período. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: CEPEA

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana