conecte-se conosco


Internacional

Reino Unido e Canadá assinam acordo comercial transitório pós-Brexit

Publicado


Reino Unido e Canadá fecharam neste sábado (21) em Londres, um acordo comercial transitório para proteger o fluxo de 27 bilhões de dólares em bens e serviços entre eles após o Brexit (saída da Grã-Bretanha da União Europeia), e prometeram iniciar negociações sobre um acordo específico no próximo ano. 

Como se prepara para encerrar a transição de saída da União Europeia em 31 de dezembro, o Reino Unido tem negociado vários acordos bilaterais para manter o comércio, com muitos simplesmente substituindo os termos que o bloco já havia acordado. 

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson participou de uma conversa online com o premiê do Canadá, Justin Trudeau, e seus respectivos ministros de comércio para destacar o acerto, que abre caminho para um acordo específico abrangendo mais áreas como comércio digital, pequenas empresas, meio ambiente e empoderamento econômico das mulheres. 

“O acordo de hoje fundamenta 20 bilhões de libras em comércio e garante milhares de empregos”, disse Liz Truss, secretária de Comércio Internacional do Reino Unido, em um comunicado. 

O governo canadense afirmou que o acordo transitório “reproduz em grande parte” o acordo da União Europeia (UE) sobre reduções tarifárias e disposições para trabalho e meio ambiente. “Queremos um acordo comercial ambicioso e abrangente de alto nível com o Reino Unido”, disse, sinalizando que o Canadá deseja termos semelhantes ao acordo da UE. 

Parceiros internacionais

O Reino Unido é o quinto maior parceiro comercial do Canadá, depois de Estados Unidos, China, México e Japão. 

Premiê britânico, Boris Johnson, deixa residência oficial em LondresPremiê britânico, Boris Johnson, deixa residência oficial em Londres

Boris Johnson: em busca de melhores acordos comerciais    (Arquivo/Reuters/Direitos Reservados)

Boris Johnson está tentando moldar um novo “Reino Unido global”, que possa agir sozinho e negociar acordos comerciais melhores do que a UE como parte do que ele diz serem os benefícios da decisão histórica de deixar o maior bloco comercial do mundo. 

Em menos de dois anos, o país fez acordos comerciais com 53 países, respondendo por 164 bilhões de libras (217,82 bilhões de dólares) do comércio bilateral britânico. Críticos de Johnson apontam que muitos são basicamente os mesmos que os acordos da UE. 

O Acordo de Continuidade Comercial Reino Unido-Canadá estará sujeito às verificações jurídicas finais antes de ser formalmente assinado. “Este é um bom momento”, disse o premiê do Canadá, Justin Trudeau.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Internacional

Putin diz estar pronto para trabalhar com qualquer líder dos EUA

Publicado


source
Putin
Reprodução/Twitter/KremlinRussia_E

Presidente da Rússia, Vladimir Putin

O presidente da Rússia , Vladimir Putin , disse estar pronto para trabalhar com qualquer líder dos Estados Unidos e que vai parabenizar qualquer um que se comprove vencedor das eleições presidenciais . Putin ainda é um dos poucos governantes que não se manifestou sobre a vitória do presidente eleito Joe Biden . As informações são da Veja .

O atual presidente, Donald Trump , ainda contesta a vitória do democrata, inclusive por ações judiciais. O silêncio de Putin até o momento contrasta com o cenário de 2016, segundo as informações do portal. Quando Trump venceu as eleições presidenciais, o presidente russo demorou apenas algumas horas para parabenizá-lo.

“Trabalharemos com qualquer pessoa que tenha a confiança do povo americano”, afirmou Putin, em um comunicado à TV estatal russa. Ele disse ainda que o vencedor deve ser reconhecido pelo partido adversário, caso contrário, o resultado final da eleição deve ser confirmado de forma legítima e legal pelos tribunais, afirmou.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Internacional

Equipe de transição anuncia mulher e latino para cargos no governo de Biden

Publicado


source
Geórgia confirma vitória de Joe Biden e não detecta fraude
O Antagonista

Geórgia confirma vitória de Joe Biden e não detecta fraude

Eleito 47º presidente dos Estados Unidos da América, Joe Biden  e sua equipe de transição anunciaram nesta segunda-feira (23) membros do governo que trabalharão nas áreas de inteligência e de segurança interna do país.

Para o cargo de secretário do Departamento de Segurança Interna (DHS), foi escolhido  Alejandro Mayorkas , nascido em Havana, capital de Cuba. Será a primeira vez na história em que um imigrante latino chefiará a pasta.

A escolha de Mayorkas representa uma grande mudança em comparação ao governo Trump, que usou o departamento para tentar construir o muro entre a fronteira EUA e méxico e criou regras controversas em relação a deportação de imigrantes.

Avril Haines , que já trabalhou na CIA e como conselheira de segurança no governo de Barack Obama , será a primeira mulher a ocupar o cargo de diretora de Inteligência Nacional.

Já para o Conselho Nacional de Segurança, na posição de enviado especial da presidência para o clima, Biden escalou John Kerry , ex-secretário de estado do governo Obama.

Kerry defende que o país volte ao Acordo de Paris , o mais importante tratado mundial de combate ao aquecimento global, no qual os Estados Unidos se retirou durante o governo do republicano Donald Trump.




Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana