conecte-se conosco


Economia

R$ 5,21: Dólar sobe, mas encerra julho com maior queda mensal do ano

Publicado


source

Agência Brasil

dolar
Pixabay/Reprodução

Dia foi de pessimismo no mercado e o dólar voltou a ser cotado acima de R$ 5,20

Num dia de pessimismo no mercado , o dólar voltou a ser cotado acima de R$ 5,20. Apesar da alta de hoje (31), a moeda norte-americana teve, em julho, a maior queda mensal em 2020.

O dólar comercial encerrou esta sexta-feira (31) vendido a  R$ 5,218, com alta de R$ 0,059 (+1,15%). As negociações foram influenciadas pelo último dia do mês, em que investidores compram mais divisas para fazerem pagamentos, e pelas incertezas internacionais.

Em relação à pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2), o crescimento de casos nos Estados Unidos e Europa preocupa, mas sem sinais de nova rodada agressiva de lockdowns . Esse receio acaba sendo contrabalançado pelo avanço no desenvolvimento de vacinas contra a Covid-19 ao redor do mundo.

A União Europeia fechou acordo para mais estímulos e o Federal Reserve (Banco Central norte-americano), por sua vez, reiterou que continuará fazendo o que estiver ao seu alcance. Nos Estados Unidos, as atenções estão voltadas para negociações no Congresso para mais estímulos, com parte das medidas de combate à crise expirando nesta semana.

No fim da tarde, o Banco Central (BC) informou que dará continuidade à política de rolagem (renovação) de contratos de swap cambial, que equivalem à venda de dólares no mercado futuro. A autoridade monetária anunciou que, a partir de segunda-feira (3), rolará integralmente o lote de US$ 3,5 bilhões de contratos de swap que vencem em setembro.

Bolsa

No mercado de ações, o dia foi marcado por perdas. O índice Ibovespa, da B3 (a bolsa de valores brasileira ), encerrou esta sexta aos 102.912 pontos, com queda de 2%. Apesar do recuo de hoje, o índice subiu 0,52% na semana e fechou julho com alta acumulada de 8,27%.

A bolsa foi influenciada pela realização de lucros, quando os investidores vendem ações para embolsarem ganhos recentes, e pelo mercado externo. Os resultados de empresas na Europa e Estados Unidos têm mostrado sinais mesclados e revisões nas perspectivas do ano. Além disso, dados recentes sobre a economia norte-americana têm preocupado sobre o risco de uma desaceleração no ritmo de retomada da maior economia do mundo.

* Com informações da Reuters

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Lotofácil: confira as novas mudanças feitas pela Caixa

Publicado


source
Lotofácil: Confira as novas mudanças feitas pela Caixa
Divulgação/Caixa

Lotofácil: Confira as novas mudanças feitas pela Caixa

Na última segunda-feira (3), a Caixa Econômica Federal colocou em vigor novas regras para a Lotofácil , confira o que já mudou e o ainda irá ser alterado.


Sorteio todo dia

A principal mudança no novo regulamento é o número de sorteios. Anteriormente, a Lotofácil tinha três sorteios por semana, agora será diariamente, de segunda a sábado. Com isso, o valor total dos sorteios acaba diminuindo (como aconteceu na segunda-feira (3) e na terça (4)). Os prêmios acabam ficando mais próximos dos R$ 1,5 milhão.

Concursos terminados em 0 terão surpresa

Os sorteios terminados em 0 terão uma espécie de reserva de prêmios. Exemplificando, é como se houvesse um pequeno sorteio especial (na Lotofácil isso ocorre todo ano no Dia da Independência). O próximo concurso que irá sortear o prêmio será o 2010, que deve ocorrer na quinta (13 de agosto).

Divisão de acertos

Por conta da novidade dos concursos com finais 0, cerca de 10% dos recursos da Lotofácil passaram a compor a tal “reserva de prêmios”. 62% são destinados ao prêmio principal, 13% aos que acertarem 14 números e 15% para a Lotofácil especial de Independência. Quem acertar 13, 12 ou 11 números ganhará prêmios (R$ 25, R$ 10 e R$ 5, respectivamente). Contudo, esta fatia dos ganhadores não irá participar da divisão da “reserva de prêmios” dos concursos com final 0. Simplificando, o montante da “reserva” nos concursos terminados em 0 será dividido entre os ganhadores de 15 e 14 números.

Próximas mudanças

A partir de segunda-feira (10), os números apostados no volante aumentarão. Será possível assinalar até 20 dezenas (hoje, o número máximo é 18). Contudo, fique atento, o custo da aposta de 20 números será de, aproximadamente, R$ 38,7 mil. A Teimosinha será ampliada com um máximo de até 24 concursos. O Bolão Caixa também foi ampliado, sendo possível até 100 cotas para cada bolão.

Continue lendo

Economia

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 6,5 milhões neste sábado; saiba apostar de casa

Publicado

 

 

source
bilhete mega-sena
Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Para jogar na Mega-Sena, é necessário efetuar uma aposta mínima no valor de R$ 4,50 em qualquer casa lotérica ou R$ 30 online

A Mega-Sena sorteia neste sábado (8) um prêmio de R$ 6,5 milhões. As seis dezenas do concurso 2.287 serão sorteadas, a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, na cidade de São Paulo.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país, e também pela internet, sem sair de casa. O bilhete simples da  Mega-Sena , com seis dezenas, custa R$ 4,50.

No concurso 2.286, realizado na quarta-feira (5), as dezenas sorteadas foram: 09-21-30-41-42-43, e ninguém acertou as seis dezenas, fazendo o prêmio estimado passar de R$ 3 milhões a R$ 6,5 milhões.

Como apostar de casa

Para concorrer ao prêmio sem sair de casa, não é possível optar pela aposta mínima, de R$ 4,50. No site da Caixa, o valor mínimo para apostar na Mega-Sena é de R$ 30, seja com uma única aposta ou mais de uma.

Uma aposta com 7 números, e não 6, que te dá mais chance de ganhar, custa R$ 31,50. Outra opção para atingir o preço mínimo é fazer sete apostas simples, que juntas têm o mesmo valor, R$ 31,50. Além disso, os bolões, disponíveis online, são uma boa opção.

Como funciona a Mega-Sena

O concurso é realizado pela Caixa Econômica Federal e pode pagar milhões ao sortudo que acertar as seis dezenas. Os sorteios ocorrem ao menos duas vezes por semana – normalmente, às quartas-feiras e aos sábados. O apostador também pode ganhar prêmios com valor mais baixo caso acerte quatro ou cinco números, as chamadas Quadra e Quina, respectivamente.

Na hora de jogar, o apostador pode escolher os números ou tentar a sorte com a Surpresinha – nesse modelo, o sistema escolhe automaticamente as dezenas que serão jogadas. Outra opção é manter a mesma aposta por dois, quatro ou até oito sorteios consecutivos, a chamada Teimosinha.

Premiação

Os prêmios iniciais costumam ser de aproximadamente R$ 3 milhões para quem acerta as seis dezenas. O valor vai acumulando a cada concurso sem vencedor. Também é possível ganhar prêmios ao acertar quatro ou cinco números dentre os 60 disponíveis no volante de apostas. Para isso, é preciso marcar de seis a 15 números do volante.

O prêmio bruto da Mega-Sena corresponde a 43,35% da arrecadação. Deste valor:

  • 35% são distribuídos entre os acertadores dos seis números sorteados;
  • 19% entre os acertadores de cinco números (Quina);
  • 19% entre os acertadores de quatro números (Quadra);
  • 22% ficam acumulados e distribuídos aos acertadores dos seis números nos concursos de final zero ou cinco; e
  • 5% ficam acumulado para a primeira faixa (Sena) do último concurso do ano de final zero ou cinco.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana