conecte-se conosco


Turismo

Quer viajar para Buenos Aires? Saiba qual a melhor forma de aproveitar a cidade

Publicado

source

Em 2018, mais de 770 mil brasileiros viajaram para Buenos Aires, sendo a maior nacionalidade a visitar a capital da Argentina. No primeiro trimestre de 2019, a cidade recebeu 140 mil turistas do Brasil, quase 30% a mais do que os três primeiros meses do ano passado. 

Leia também: 9 bairros de Buenos Aires para você explorar durante sua próxima viagem

Buenos Aires arrow-options
Divulgação/Travel Buenos Aires

Nos três primeiros meses do ano, a cidade de Buenos Aires, capital da Argentina, recebeu 140 mil turistas brasileiros

Um relatório elaborado pelo Governo da Cidade de Buenos Aires aponta que, no ano passado, 66% dos brasileiros viajaram para lá a lazer. Dados ainda indicam que a principal atividade procurada foi passeios a museus e atividades culturais, com interesse de 81% do público. Gastronomia, vinho e tango também estão nos interesses principais. 

“Nunca havia pensando isso. Na realidade, me parece interessante. Eu fico surpresa, mesmo tendo a língua como barreira, os brasileiros usufruem das atividades culturais, incluindo festivais, teatros. Parece-me fascinante”, diz Denise Fevre, gerente de imprensa do governo de Buenos Aires ao iG Turismo

Design de Mayara Aguiar Simões Bento

Denise esteve no Brasil recentemente para poder aproximar cada vez mais o destino turístico. “Interessa-me contar para todos sobre essa Buenos Aires que, muitas vezes, não se conhece tanto. Sobretudo porque é uma cidade moderna, constantemente dinâmica, onde tem uma evolução constante e o Brasil é o país que mais viaja para lá”, diz. 

Leia Também:  6 documentos que você não pode esquecer quando for viajar para Portugal

O seu objetivo é fazer com que o brasileiro tenha uma forma diferente de explorar e conhecer o local, para ter um intercâmbio cultural muito mais enriquecedor. “Muitas vezes, ele faz um itinerário/circuito muito tradicional. Vai ver o tango, comer carne, beber vinho, vai fazer um par de coisas que sempre tem no imaginário do destino”, ressalta. 

Como conhecer Buenos Aires? 

Centro Cultural Recoleta arrow-options
Divulgação/Travel Buenos Aires

Na foto, o Centro Cultural Recoleta, um dos pontos turísticos de Buenos Aires e que vale a pena incluir no roteiro

Para conhecer a cidade, Denise recomenda visitar um bairro por dia e, assim, aproveitar bem as atrações. “Se você vai a Recoleta, por exemplo, não deixe de ir à livraria El Ateneo e de visitar o restaurante Elena, que é um dos melhores para experimentar a carne argentina, Depois, você vai ao Centro Cultural, que tem propostas espetaculares”, recomenda. 

Leia também: Veja dicas de passeios em Buenos Aires para todos os gostos durante o outono

Em seguida, pode aproveitar o Monumento Floralis, “uma das arquiteturas mais emblemáticas, que é uma flor que se abre”, indica a profissional. O importante, segundo ela, é ir caminhando e conhecendo os locais em apenas um único dia, sem deixar de passar nos lugares mais importantes e atrativos.  

Leia Também:  São Paulo de graça: 40 passeios para fazer pela cidade de segunda a domingo

Já em Palermo, a dica é sair pela manhã, fazer um tour de bicicleta e aproveitar para conhecer uma lanchonete chamada Chori e comer um choripán. Conheça também Palermo Soho com visitas a galerias, lojas e passeios com arte urbana. 

“Você tem que passear, ir em vários bares, em um lugar de degustação de doce de leite, sentar na praça, tomar um mate e caminhar. À noite dá para ir ao teatro, tomar uma cerveja artesanal”, completa Denise.  

Vale também visitar visitar La Boca, com muita arte e museus.  Em San Telmo, você conhece o Pasaje de la Defensa, por exemplo. Porto Madero também não deve ficar de fora, assim como a Plaza de Mayo e Casa Rosada. “Explore a cidade pelos bairros, sendo que cada um tem um montão de coisas para disfrutar”, aponta a gerente de imprensa.  

La Boca arrow-options
Divulgação/Travel Buenos Aires

Turistas no bairro de La Boca

Denise também aponta a importância do turismo para o desenvolvimento de Buenos Aires . “É fundamental, sobretudo pelo potencial que tem em gerar trabalho e com a possibilidade de criar novas ofertas e serviços novos. Enquanto cresce, tudo o que o turismo derrama sobre a cidade é positivo porque gera trabalho e também é um intercâmbio cultural”, afirma.  

Leia também: Buenos Aires em 4 dias: dicas para aproveitar um feriado na capital da Argentina

“Não tem cidade que não se beneficie com o intercâmbio cultural, é um benefício a nível mundial, quanto mais turistas, maior a aceitação, a flexibilidade. Faz parte da identidade de um portenho receber bem os turistas , para crescer como cidade, não só pelo trabalho mas também porque entra a moeda argentina entra e faz ter mais renda”, completa. 

Fonte: IG Turismo
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Turismo

Walking tour em Tel Aviv: passeio a pé é forma divertida de conhecer a cidade

Publicado

source

Tel Aviv, ou Telavive, é a segunda maior cidade de Israel e abriga 443 mil habitantes num território de 52 km². Conhecida pela mistura de passado e modernidade , a cidade é uma ótima pedida para quem viajar à Terra Santa.

Em uma rápida pesquisa é possível encontrar diversos roteiros sobre o que fazer em Tel Aviv. Porém, nenhum deles te proporcionará um walking tour (passeio a pé) pelo município de Tel Aviv-Yafo.

Como forma de incentivar o turismo no país, a embaixada de Israel no Brasil separou um roteiro de Tel Aviv a pé com imersão na culinária e muita história local. Confira abaixo os principais pontos desse passeio:

Tour de degustação no Carmel Market

carmel market, tel aviv arrow-options
shutterstock

O Carmel Market, maior mercado ao ar livre de Tel Aviv, é um dos pontos do walking tour gratuito.

Nada melhor do que começar a walking tour pela culinária local. A primeira parada é no Carmel Market. Esse tour de degustação permite que os visitantes descubram o vibrante “Shuk Há’Carmel”, maior mercado ao ar livre de Tel Aviv, que oferece aos participantes a chance de interagir com locais e até degustar iguarias típicas.

Leia Também:  Quanto tempo de férias você precisa para realmente se livrar do estresse?

Quem estiver na cidade e se interessar pelo passeio o ponto de encontro é na Rua Allenby, nº 58 – terças-feiras às 10h. Lembrando que os tours gratuitos são guiados em inglês e não precisam de inscrição prévia para participação.

Tour em Sarona, o caldeirão cultural da culinária israelense

sarona arrow-options
shutterstock

Sarona é o maior mercado coberto de Tel Aviv e mescla culinária e modernidade

Diferentemente do Camel Market, Sarona é o maior mercado coberto de Tel Aviv. Lá os visitantes encontram de opções gourmet a pratos locais. Os restaurantes, cerca de 90, ficam um ao lado do outro, sendo possível experimentar uma entrada de frutos do mar e, em seguida, um picante pad thai (prato de macarrão e arroz frito) ou um suculento hambúrguer. Também há grande concentração de lojas e outras atrações.

O ponto de encontro para o Tour em Sarona é o Centro de Visitantes Sarona, Rua Avraham Albert Mendler 14 – Sextas-feiras às 11h.

Tour urbano por Neve Tzedek

Neve Tzedek foi o primeiro bairro judeu fora da antiga cidade portuária de Jaffa. No tour urbano o turista tem a oportunidade de explorar a Trilha da Independência na Rothschild Boulevard, as primeiras casas Bauhaus e toda a riqueza de Neve Tzedek.

O bairro, inclusive, tornou-se recentemente um lugar popular entre artistas, que se encaixa perfeitamente com a arquitetura restaurada do bairro oriental.

O tour inclui uma visita gratuita ao museu de arte Nahum Gutman, com obras do pintor e escultor israelense, e que funciona em uma antiga residência de escritores renomados. Ponto de encontro: Centro de Informações Turísticas, Rothschild Boulevard nº 11 – Terças-feiras às 10h.

Tour pela Arquitetura Bauhaus

arquitetura bauhaus arrow-options
shutterstock

Arquitetura Bauhaus é muito difundida na Alemanha, mas também está presente em Tel Aviv que já foi chamada de “cidade branca”

Em uma pequena área nos entornos da Rothschild Boulevard, é possível conhecer a história de Tel Aviv e como se desenvolveu até se tornar a cidade de estilo eclético e com “edifícios dos sonhos”, uma de suas características mais marcantes hoje.

Um destaque desse passeio é admirar os prédios com arquitetura Bauhaus , a maior quantidade fora da Alemanha, que lhe rendeu o apelido de “Cidade Branca” e a nomeação como Patrimônio Mundial da UNESCO em 2003. 

Ponto de encontro:  Rothschild Boulevard, nº46, (esquina com Rua Shadal) – Sábados às 11h. (Foto: Sivan Ozen).

Leia também: Muita história e belas paisagens: Veja o que fazer em Israel

O que achou do walking tour para conhecer a cidade de Tel Aviv? Comente abaixo.

Fonte: IG Turismo
Continue lendo

Turismo

6 destinos que estão bombando em 2019 e o que fazer em cada um deles

Publicado

source

Mais da metade do ano já se passou, mas ainda sobrou uma grana, há alguns feriados pela frente… Ou seja, ainda dá para viajar em 2019. E esses são os destinos turísticos mais procurados para o segundo semestre. 

Leia também: Quais os destinos fizeram sucesso no primeiro semestre de 2019?

Pessoa segurando réplica de avião em cima de mapa arrow-options
shutterstock

Do Brasil à Europa, os destinos turísticos em alta para a segunda metade de 2019 têm de praias a roteiros pelo interior

A lista foi elaborada pelo buscador de viagens Viajala.com.br com exclusividade para o iG Turismo e conta com seis destinos turísticos que estão na mira dos viajantes. 

Além de conhecer seus nomes, veja algumas dicas de viagem para cada um deles e escolha na  enquete ao final da matéria qual dos lugares mais lhe atraiu – então vote sem medo.

Destinos turísticos em alta #1: Porto Alegre

Horizonte de Porto Alegre durante o por do sol arrow-options
shutterstock

Porto Alegre é uma oportunidade para aproveitar o frio do inverno e o calor do verão

A capital gaúcha tem atividades turísticas para todas as idades e gostos, tanto de dia como à noite . Ir para lá no inverno é uma ótima ideia para aproveitar o frio degustando os vinhos da região acompanhados de um prato de comida italiana.

Se o frio não é muito seu lance, o verão também reserva surpresas por lá e na cidade de Gramado, a 100 km de Porto Alegre. A cidade serrana recebe o Natal Luz, evento natalino mais famoso do país, que durará de 24 de outubro de 2019 a 12 de janeiro de 2020.

“Novembro é um mês ideal para conferir o Natal Luz, já que tem um feriado prolongado, e ainda é um pouco mais barato que dezembro”, observa Eduardo Martins, diretor nacional do Viajala.

Outras dicas de viagem para não ter complicações na sua ida ao evento são programar-se com antecedência e conferir algumas dicas do que não fazer em Gramado .

Destinos turísticos em alta #2: João Pessoa

Horizonte de João Pessoa arrow-options
shutterstock

João Pessoa tem atraído turistas pelo seu custo-benefício e por suas belas praias

Recentemente, João Pessoa está se consolidando como um favorito da região nordeste, em especial dentre os cariocas. Segundo o Viajala, os residentes do Rio de Janeiro representam quase metade das buscas pela capital paraibana.

Leia Também:  Vale a pena realizar a assinatura de um clube de viagens?

“Até pouco tempo atrás, os vizinhos Ceará e Pernambuco eram muito mais procurados que a Paraíba, mas  as belas praias de João Pessoa começaram a despontar recentemente. Sem contar que é um estado pequeno, fácil de percorrer e com um bom custo-benefício”, afirma Eduardo.

Depois de conhecer as praias da cidade e as atividades turísticas oferecidas por elas, também vale dar uma passada por seus pontos turísticos  que contam, cada qual a seu modo, a história da região desde sua colonização.

Destinos turísticos em alta #3: Recife

Horizonte de Recife arrow-options
shutterstock

Para evitar os preços da alta temporada, a dica é visitar Recife entre setembro e novembro

Quem vai a Recife pode esperar encontrar uma cidade vibrante, com vida de dia e de noite, um belo litoral e várias histórias para contar (tanto nos seus bairros como na cidade vizinha, Olinda).

Leia também: Descubra onde comer, onde ficar e o que fazer em Recife, a capital pernambucana

No primeiro semestre, ela foi a mais procurada pelos paulistanos que usam o Viajala, e a concorrência por uma vaga lá é acirrada, o que faz com que os preços subam bastante, principalmente na alta temporada. Para evitar isso, os meses entre setembro e novembro têm preços mais em conta.

Destinos turísticos em alta #4: Fortaleza

Orla de Fortaleza durante a noite arrow-options
shutterstock

Fortaleza é um bom pitstop para quem vai viajar para fora no final do ano

Assim como os dois destinos anteriores, Fortaleza conquista os turistas com suas praias, mas também os mantém por perto com sua gastronomia e outras atividades turísticas.

Mas a cidade não é mais apenas um destino final: ela também tem sido usada como um ponto de partida para turistas que vão à Europa e aos EUA, devido aos preços mais baixos das viagens em comparação a outros estados do país.

Uma das dicas de viagem do Viajala é usar Fortaleza como um pitstop para uma viagem ao exterior no fim do ano, por exemplo. “O viajante pode resgatar esse trecho com milhas ou com alguma promoção nacional e acaba conhecendo mais destinos pagando menos”, aconselha o diretor do buscador de viagens.

Leia Também:  7 viagens rápidas para aproveitar destinos da América do Sul em 3 dias

Destinos turísticos em alta #5: Lisboa

Horizonte de Lisboa durante o nascer do sol arrow-options
shutterstock

Lisboa tornou-se uma porta de entrada para turistas brasileiros que visitam a Europa

Falando em viajar para a Europa, a capital portuguesa é outro dos pontos turísticos que prometem fazer sucesso na segunda metade de 2019. Segundo dados do Viajala, a procura por Lisboa na plataforma cresceu 400% entre 2017 e 2018.

O incremento na procura é resultado de um fenômeno curioso, principalmente nas cidades de Lisboa e Porto: assim como Fortaleza, elas se tornaram hubs internacionais.

Isso significa que os turistas preferem entrar no Velho Continente por Portugal ao invés de se arriscar em outros países. “Até os brasileiros que falam outras línguas preferem entrar via Portugal, para passar pela imigração falando seu próprio idioma e evitar confusões e dificuldades de comunicação”, comenta Eduardo.

E, enquanto estiver por lá, uma das dicas de viagem é experimentar os roteiros para o centro de Portugal , que partem tanto de Lisboa de Porto, e dão aos turistas uma experiência única por cidades históricas e paisagens incríveis. 

Destinos turísticos em alta #6: Buenos Aires

Obelisco de Buenos Aires à noite arrow-options
shutterstock

Pontos turísticos em alta: Buenos Aires tem opções tanto para quem quer curtir a noite como para quem quer sair de dia

A capital do tango promete surpresas para todos, seja fazendo um tour pelos bairros de Buenos Aires , seja aproveitando as diversas atividades turísticas que a cidade argentina tem a oferecer .

Um dos motivos para experimentar uma viagem até lá é a desvalorização do peso argentino, que facilita a vida de quem viaja para lá com dólares ou reais no bolso. Com R$ 100, por exemplo, você pode comprar 1,3 mil pesos argentinos. Se você tiver US$ 100, o valor quadruplica, chegando a quase 6 mil pesos argentinos.

Outro deles é a chegada da companhia aérea argentina de baixo custo Flybondi ao Brasil. Ela começará a operar a partir do Rio de Janeiro e de Florianópolis em outubro e, segundo Eduardo, tem preços que batem o de quaisquer outras companhias aéreas no período analisado entre outubro e dezembro de 2019.

Qual dos destinos tem mais chances de fazer sucesso?

Agora, é sua vez de votar: qual o melhor destino para curtir a segunda metade de 2019? Deixe sua opinião na enquete abaixo.

Leia também: Fora do tradicional! Veja 19 lugares para viajar entre os mais desejados em 2019

Com isso, resta apenas programar a viagem para os destinos turísticos que você gostaria de visitar antes do final do ano – ou antes da temporada de festas.

Fonte: IG Turismo
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana