conecte-se conosco


Turismo

Quer viajar para Buenos Aires? Saiba qual a melhor forma de aproveitar a cidade

Publicado

source

Em 2018, mais de 770 mil brasileiros viajaram para Buenos Aires, sendo a maior nacionalidade a visitar a capital da Argentina. No primeiro trimestre de 2019, a cidade recebeu 140 mil turistas do Brasil, quase 30% a mais do que os três primeiros meses do ano passado. 

Leia também: 9 bairros de Buenos Aires para você explorar durante sua próxima viagem

Buenos Aires arrow-options
Divulgação/Travel Buenos Aires

Nos três primeiros meses do ano, a cidade de Buenos Aires, capital da Argentina, recebeu 140 mil turistas brasileiros

Um relatório elaborado pelo Governo da Cidade de Buenos Aires aponta que, no ano passado, 66% dos brasileiros viajaram para lá a lazer. Dados ainda indicam que a principal atividade procurada foi passeios a museus e atividades culturais, com interesse de 81% do público. Gastronomia, vinho e tango também estão nos interesses principais. 

“Nunca havia pensando isso. Na realidade, me parece interessante. Eu fico surpresa, mesmo tendo a língua como barreira, os brasileiros usufruem das atividades culturais, incluindo festivais, teatros. Parece-me fascinante”, diz Denise Fevre, gerente de imprensa do governo de Buenos Aires ao iG Turismo

Design de Mayara Aguiar Simões Bento

Denise esteve no Brasil recentemente para poder aproximar cada vez mais o destino turístico. “Interessa-me contar para todos sobre essa Buenos Aires que, muitas vezes, não se conhece tanto. Sobretudo porque é uma cidade moderna, constantemente dinâmica, onde tem uma evolução constante e o Brasil é o país que mais viaja para lá”, diz. 

Leia Também:  Em promoção relâmpago, site oferece até 30% de desconto em hotéis pelo Brasil

O seu objetivo é fazer com que o brasileiro tenha uma forma diferente de explorar e conhecer o local, para ter um intercâmbio cultural muito mais enriquecedor. “Muitas vezes, ele faz um itinerário/circuito muito tradicional. Vai ver o tango, comer carne, beber vinho, vai fazer um par de coisas que sempre tem no imaginário do destino”, ressalta. 

Como conhecer Buenos Aires? 

Centro Cultural Recoleta arrow-options
Divulgação/Travel Buenos Aires

Na foto, o Centro Cultural Recoleta, um dos pontos turísticos de Buenos Aires e que vale a pena incluir no roteiro

Para conhecer a cidade, Denise recomenda visitar um bairro por dia e, assim, aproveitar bem as atrações. “Se você vai a Recoleta, por exemplo, não deixe de ir à livraria El Ateneo e de visitar o restaurante Elena, que é um dos melhores para experimentar a carne argentina, Depois, você vai ao Centro Cultural, que tem propostas espetaculares”, recomenda. 

Leia também: Veja dicas de passeios em Buenos Aires para todos os gostos durante o outono

Em seguida, pode aproveitar o Monumento Floralis, “uma das arquiteturas mais emblemáticas, que é uma flor que se abre”, indica a profissional. O importante, segundo ela, é ir caminhando e conhecendo os locais em apenas um único dia, sem deixar de passar nos lugares mais importantes e atrativos.  

Leia Também:  Dicas essenciais para aproveitar ao máximo a área de Star Wars na Disney

Já em Palermo, a dica é sair pela manhã, fazer um tour de bicicleta e aproveitar para conhecer uma lanchonete chamada Chori e comer um choripán. Conheça também Palermo Soho com visitas a galerias, lojas e passeios com arte urbana. 

“Você tem que passear, ir em vários bares, em um lugar de degustação de doce de leite, sentar na praça, tomar um mate e caminhar. À noite dá para ir ao teatro, tomar uma cerveja artesanal”, completa Denise.  

Vale também visitar visitar La Boca, com muita arte e museus.  Em San Telmo, você conhece o Pasaje de la Defensa, por exemplo. Porto Madero também não deve ficar de fora, assim como a Plaza de Mayo e Casa Rosada. “Explore a cidade pelos bairros, sendo que cada um tem um montão de coisas para disfrutar”, aponta a gerente de imprensa.  

La Boca arrow-options
Divulgação/Travel Buenos Aires

Turistas no bairro de La Boca

Denise também aponta a importância do turismo para o desenvolvimento de Buenos Aires . “É fundamental, sobretudo pelo potencial que tem em gerar trabalho e com a possibilidade de criar novas ofertas e serviços novos. Enquanto cresce, tudo o que o turismo derrama sobre a cidade é positivo porque gera trabalho e também é um intercâmbio cultural”, afirma.  

Leia também: Buenos Aires em 4 dias: dicas para aproveitar um feriado na capital da Argentina

“Não tem cidade que não se beneficie com o intercâmbio cultural, é um benefício a nível mundial, quanto mais turistas, maior a aceitação, a flexibilidade. Faz parte da identidade de um portenho receber bem os turistas , para crescer como cidade, não só pelo trabalho mas também porque entra a moeda argentina entra e faz ter mais renda”, completa. 

Fonte: IG Turismo
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Turismo

Praias, shows e carnaval: o que fazer no Uruguai durante o verão?

Publicado

source

O Uruguai é um dos países mais desenvolvidos da América do Sul. Conhecido como a “Suíça Sul-Americana”, o país tem grande apelo com os brasileiros por suas políticas públicas e segurança. As belezas naturais e a cultural também atraem turistas todos os anos.

Leia também: O que fazer na primeira vez em Montevidéu?

montevideo arrow-options
shutterstock

Uruguai, Montevidéu

Mas qual seria a melhor época para visitar o Uruguai ? No inverno ou no verão? A verdade é que não importa o mês em que escolher conhecer nosso vizinho, todas as experiências serão válidas.

Porém, para aqueles que ainda pensam em viajar neste verão, o iG Turismo , juntamente com o Ministério do Turismo do Uruguai, separaram algumas opções do que fazer no país durante a estação mais animada do ano.

O que fazer no Uruguai durante o verão? #1. Pôr do sol e festas

uruguai arrow-options
shutterstock

O pôr do sol do Uruguai é um dos melhores do mundo

Segundo o Ministério do Turismo, o melhor horário para assistir ao pôr do sol é quando os ponteiros do relógio indicam 19h45. “Os aplausos dos presentes se tornaram habituais nas praias uruguaias”, comenta o governo.

Já para aqueles que gostam de festa, a energia está concentrada nos pontos em que a “balada” e os DJs da moda se reúnem. Em Punta del Este, Manantiales Point, Soho e Moby Dick se destacam de acordo com a idade. Veja o que cada lugar tem a oferecer:

  • Manantiales Point (Calçadão da praia – Artigas e El Foque) – indicado para os mais jovens, lá é o point da música latina, rock e cumbia e tem algumas promoções de bebidas; além da discoteca Ocean Club (Calçadão de Lorenzo Batlle Pacheco), com uma importante agenda de eventos.
  • La Barra – por lá existem vários locais renovados ano após anos, mas os preferidos são Bagatelle na praia e Tequila.
  • Rocha – os balneários de La Paloma e La Pedrera concentram todo o movimento juvenil. Em La Paloma, há o clube Barbas. Já em La Pedrera – La Negra, Monkey e Petisco; enquanto em Santa Teresa – La Forta – captura a atenção dos mais jovens; e em Barra de Chuy – Tatanka Pueblo.
Leia Também:  Quanto tempo demora para tirar passaporte no Brasil?

O que fazer no Uruguai durante o verão? #2 Shows internacionais

uruguai arrow-options
Reprodução/ Revista29horas

A boate OVO é uma das mais conhecidas do Uruguai

Assistir à um show internacional no Uruguai pode ser uma experiência única. A boate Ovo, localizada no Hotel Enjoy Punta del Este, é considerada um clássico uruguaio. A casa tem capacidade para 4.000 pessoas e já recebeu nomes como o cantor colombiano Juanes, e o espanhol Pablo Alborán. Os ingressos para os shows na Ovo estão à venda no Red UTS e no Mercado Pago.

O que fazer no Uruguai durante o verão? #3 Praias

punta del leste arrow-options
Divulgação/Booking.com

Punta del Este, Uruguai

As praias do Uruguai são um passeio à parte e é possível conhecer todas elas pela Ruta 10, a estrada interpraias que liga todo o litoral do país. A costa uruguaia é bem variada e engloba desde atividades familiares até passeios com muita adrenalina.

No infográfico abaixo, confira as melhores praias do Uruguai. Para ler a descrição de cada lugar, passe o cursor em cima da imagem.

Leia Também:  Em promoção relâmpago, site oferece até 30% de desconto em hotéis pelo Brasil

O que fazer no Uruguai durante o verão? #4 Ao som do tambor

carnaval arrow-options
Reprodução/ Dicas do Uruguai

O carnaval no Uruguai é o mais longo do ano

A cultura afro faz parte da identidade uruguaia e, por mais de 50 dias, em desfiles de rua e palcos de bairros, exibem cores e alegria da murga e todo o carnaval uruguaio – sendo, inclusive, o mais duradouro do mundo.

A partir de 23 de janeiro, as ruas de Montevidéu se vestem de festa quando o Desfile Inaugural do Carnaval se desenrola, enquanto nos dias 7 e 8 de fevereiro começa o Desfile Convocatório no Bairro Sul.

Leia também: 5 cidades da Argentina que valem a visita

Durante todo o mês de fevereiro é possível desfrutar dos Agrupamentos de todos os gêneros do Concurso Oficial de Carnaval no Teatro de Verão: Murga, parodistas, comediantes, revistas, negros e lubolos. A isto são adicionadas as celebrações em cada mesa do bairro organizadas pelos artistas em conjunto com as intenções departamentais e os desfiles por departamento.

Fonte: IG Turismo
Continue lendo

Turismo

Sob um novo olhar: 8 experiências inusitadas para viver em destinos conhecidos

Publicado

source

Se você adora novidade e viagens diferentes, essa lista é a sua cara. Com a ajuda da  Musement , plataforma que descobre e oferece atrações no mundo, separamos 8 experiências inusitadas  para você descobrir outros lados de lugares turísticos clássicos. 

Leia mais: O que fazer nos feriados de 2020? Veja os melhores destinos nacionais

Lista inclui experiências inusitadas em cidades como Paris, Berlim e Nova York. Veja os detalhes: 

1. Mistérios escondidos da Cidade Luz

Paris é uma cidade cheia de descobertas escondidas arrow-options
Divulgação

Paris é uma cidade cheia de descobertas escondidas


Se Paris já é uma cidade encantadora por conta da Torre Eiffel, da Catedral de Notre Dame e do Arco do Triunfo, fica mais ainda interessante quando conhecemos seus lugares menos turísticos.

A sugestão aqiu é explorar o lado sombrio de alguns clássicos. Para os que se deixam envolver pela Mona Lisa, obra prima de Leonardo da Vinci, é oferecida uma tour  a pé ao longo do Rio Sena para tentar resolver os mistérios do seu assassinato, por exemplo. 

Além disso,  há um jogo de exploração da cidade pelo smartphone, podendo ser iniciado e pausado a qualquer momento. 

2. Caça aos tesouros de Berlim

Tour em Berlim sugere jogos de resolução de enigmas arrow-options
Divulgação

Tour em Berlim sugere jogos de resolução de enigmas


Outra tour interessante a se fazer, agora em Berlim, é partindo do relógio Alexanderplatz. Essa tour é uma espécie de “caça ao tesouro” para descobrir a história de Berlim. São 16 envelopes selados e numerados e cada enigma que se desenrola leva ao próximo. 

O jogo é muito recomendado para famílias e ao longo dele, os turistas recebem informações detalhadas sobre a história dos lugares, como eles estão atualmente e suas atrações.

Leia Também:  GOL faz parceria com a Brahma e venderá passagens aéreas a R$ 3,90 nesta terça

3. Imersão cultural em Bali, na Indonésia

Além de praias e montanhas vulcânicas%2C o visitante de Bali poderá se inserir na cultura arrow-options
Divulgação

Além de praias e montanhas vulcânicas, o visitante de Bali poderá se inserir na cultura

A ilha da Indonésia é muito mais do que praias e montanhas vulcânicas. Prova disso são os fiéis hindus, que por mais de mil anos, foram ao Pura Tirta Empul (Templo da Água Benta)  buscar suas propriedades curativas. Essas fontes sagradas, de acordo com a crença, foram criadas pelo Deus Indra. 

A cultura e o estilo de vida balineses são encantadores, e é por isso que uma excursão à Bali parece uma ótima ideia. Além de uma benção balinesa, o visitante terá direito à leitura de mãos e uma aula sobre o significado da cerimônia no Templo da Água Benta. 

4. Sabores locais de Bangkok, na Tailândia

Bangkok dá a oportunidade de conhecer novas paisagens e descobrir sabores locais arrow-options
Divulgação

Bangkok dá a oportunidade de conhecer novas paisagens e descobrir sabores locais



Uma das melhores partes da viagem é descobrir o que as pessoas do local gostam de comer. A comunidade Chinatown, em Bangkok, tem mais de 200 anos e é rica em tradições tailandesas-chinesas deliciosas. 

Através da imersão nessa comunidade, as pessoas têm a oportunidade de conhecer bem a cultura tailandesa e visitar os principais pontos da cidade, que ficam por perto.

5. Passeio de buggy no vulcão Etna 

O vulcão mais importante da Europa é o Etna%2C com 3.300 metros de altura arrow-options
Divulgação

O vulcão mais importante da Europa é o Etna, com 3.300 metros de altura



Provavelmente a aventura mais desafiadora dessa lista, esse passeio foca em explorar o vulcão Etna a bordo de um buggy. Há uma explicação breve sobre como dirigir um buggy na base do vulcão e transmissão de rádio entre os veículos.

Leia Também:  O que fazer com as milhas da Avianca se a empresa não voar mais?

Leia mais: 10 destinos baratos para viajar ainda neste mês de janeiro

Tudo acontece com um guia especializado que também estará em um ou mais veículos orientando os turistas. 

6. Por trás das cenas da Broadway

Com um time de atores da Brodway%2C esse musical é inspirado em várias histórias da Disney arrow-options
Divulgação

Com um time de atores da Brodway, esse musical é inspirado em várias histórias da Disney



 Com um time de atores e professores de teatro da Brodway, esse musical é uma experiência exclusiva para descobrir as melhores curiosidades de bastidores dos teatros de Nova York e vivenciar uma produção e tanto.

Esse passeio tem a colaboração do Disney Theatrical Group e apresenta-se como uma mistura de várias produções da Disney (A Bela e a Fera, Mary Poppins, Aladdin, O Rei Leão…). Além do musical, os turistas poderão fazer uma tour no New Amsterdam Theater, que estará aberto somente para essa visita guiada. 

7. Safári marítimo no Quênia

Para além dos safáris de paisagens desérticas%2C esse explora o fundo do mar e também oferece passeio com golfinhos arrow-options
Divulgação

Para além dos safáris de paisagens desérticas, esse explora o fundo do mar e também oferece passeio com golfinhos



Embora muitos imaginem safáris de paisagens desérticas ao pensar na África, esse não é o único habitat presente no país. O safári marítimo na ilha Wasini proporciona a observação de golfinhos e um mergulho guiado pelas águas protegidas do Quênia. 

Para os que têm medo ou não praticam mergulho, serão distribuídos coletes salva-vidas e assistência. Frutas, água e refrigerante sempre estão presentes a bordo e o almoço servido conta com frutos do mar e pratos vegetarianos.

8. Lucha Libre no México

A arrow-options
Divulgação

A “Lucha Libre” não conta com violência, pois é encenada, mas é também muito divertida


A famosa “Lucha Libre” é um dos eventos mais espetaculares do povo mexicano. Surgida no século XIX, foi sendo adaptada aos gostos e imagens do povo mexicano. Isso porque cada lutador tem uma personalidade específica, expressa através de máscaras coloridas.

Leia mais: Hotéis em promoção ainda em janeiro: quando conseguir o menor preço

As máscaras, ao mesmo tempo que escondem os lutadores, fazem parte da identidade deles. O evento é muito tradicional, popular e autêntico e é importante lembrar que a luta é encenada, mas muito divertida, não apresentando riscos a nenhum dos envolvidos.

Fonte: IG Turismo
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana