conecte-se conosco


Nacional

Queda de bimotor em SP: mochila encontrada é de copiloto, diz família

Publicado


source
Bombeiros atuam na busca das vítimas do acidente
PrintScreen/ Twitter @BombeirosPMESP

Bombeiros atuam na busca das vítimas do acidente

A mochila encontrada no último sábado em alto-mar pela Marinha pertence ao copiloto José Porfírio de Brito Júnior, de 20 anos, uma das vítimas da queda de um bimotor que vinha de Campinas, em São Paulo, em direção ao Rio de Janeiro. A informação foi divulgada na manhã desta quinta-feira pela mãe do rapaz, a esteticista Ana Regina Agostinho, de 43. Ela contou também que foi uma piloto mulher que orientou o comandante do bimotor, Gustavo Calçado Carneiro, de 27 anos, como deveria proceder durante a queda.

“A assessoria de imprensa da Marinha me ligou ontem, ao meio-dia, e falou que ele se solidarizava com a família e iriam dar os informes duas vezes ao dia. Eles não deram retorno ontem à noite. Estou esperando alguma notícia hoje. Além disso, eles me falaram que a bolsa achada era do meu filho e que era para a gente ir até São Sebastião, na delegacia, pegar. Eu pedi que eles (a Marinha) nos entregassem, já que estamos nas buscas. Desconversaram”, relata a esteticista.

Ana diz que foi uma piloto mulher que ajudou os tripulantes do bimotor sobre como deveriam aterrizar. Ela crê que a conversa captada por um avião que passava perto e que ajudou os tripulantes no pouso poderá ajudar a entender o que aconteceu.

“A conversa pode informar o que aconteceu. Foi uma piloto mulher que ajudou o meu filho. Ela relatou o desespero do meu filho quando eles estavam caindo “, completou.

Leia Também

“É uma guerra a procura do meu filho. Criamos grupos de WhatsApp para as buscas dos dois. Eu tenho certeza de que o meu filho está vivo e, se Deus quiser, vamos achá-los vivos. As buscas pelo avião não vão parar. Hoje, vamos circular com uma embarcação que tem uma rede de 70 metros de profundidade. Se ela agarra em algum local, vamos avisar aos mergulhadores do Corpo de Bombeiros”.

Ana Regina afirmou que vem contando com a ajuda de amigos e parentes para tentar localizar o filho, que estava em um bimotor que saiu às 20h30min do Aeroporto dos Amarais, em Campinas, e deveria pousar no Aeroporto de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, pouco depois das 21h40min. Além de Porfírio Júnior, o voo levava o piloto Gustavo Calçado Carneiro, de 27 anos — cujo corpo foi encontrado na última quinta-feira —, e o empresário Sérgio Alves, de 45.

Namorada reclama da Marinha

Namorada de Porfírio Junior, a universitária Thalya Ares Viana, de 20, postou sobre o tempo de desaparecimento do copiloto e sobre a expectativa da Marinha ajudar nas buscas.

“Uma semana de muita procura, muita oração, implorando por ajuda, mas não vamos desistir. Ainda estamos aguardando a atualização que a Marinha ficou de dar à minha sogra, para planejarmos mais um dia de busca. Só precisamos de ajuda, mas te achar!”, escreveu ela na legenda da foto em que os dois aparecem juntos.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nacional

Jovem morre após cair em cachoeira na Zona Oeste do Rio

Publicado


source
Parque do Mendanha
Divulgação

Parque do Mendanha

Um jovem de 27 anos morreu após cair em uma cachoeira em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, na tarde de sábado. Segundo o Corpo de Bombeiros, que foi acionado por testemunhas da queda na Cachoeira do Mendanha às 16h40, Matheus F. Duarte já foi encontrado morto.

O Quartel de Campo Grande atuou na ocorrência com apoio do Grupamento de Busca e Salvamento. A operação foi demorada, já que com o céu escurecendo, o uso de aeronave no salvamento teve que ser interrompido e a ação prosseguiu com os agentes a pé.

Continue lendo

Nacional

Massa de ar frio chega ao Sul; temperatura segue alta em SP e RJ

Publicado


source
Onda de Calor bate recorde no RS
FreePick/Divulgação

Onda de Calor bate recorde no RS

A onda de calor que chegou ao Rio Grande do Sul está com os dias contados. Uma massa de ar frio chega nas regiões do Sul do país nos próximos dias, após duas semanas de calor extremo. A previsão é de que o alívio nas altas temperaturas aconteça a partir de quinta-feira.

Segundo o site Metsul , na quarta-feira uma frente fria chega ao estado com instabilidade pelo oeste e o Sul, mas diversas regiões gaúchas, especialmente parte do Norte, além de Santa Catarina e o Paraná, vão estar sob uma condição pré-frontal com corrente de jato em baixos níveis da atmosfera trazendo ar quente e favorecendo intenso calor. Da tarde para a noite, chove em muitos pontos com risco de temporais. Segunda-feira e terça-feira devem ser de sol intenso e máximas de 36º C na Capital. Repetindo a semana anterior, mas sem recordes de calor.

No entanto, na quinta-feira, a frente fria avança pelo Rio Grande do Sul e chega aos estados catarinense e paranaense com aumento de nuvens e chuva. A queda de temperatura vai ocorrer devido a massa de ar mais fria que começa a ingressar no território gaúcho. Ainda de acordo com o Metsul, muitas cidades devem registrar máximas ao redor ou acima de 40ºC na tarde da quarta e, na quinta, 27ºC ou 28ºC no mesmo horário.

Leia Também

Calorão no Rio e em São Paulo

Segundo o Climatempo , a previsão para os próximos dias é de muito calor, com máximas entre 35°C e 38°C no Rio e sem previsão de chuva. Já em São Paulo, uma forte massa de ar quente influencia o estado . As temperaturas ficam elevadas por todas as regiões ao longo dos próximos dias e as pancadas de chuva persistem, de forma isolada. Só no próximo fim da semana que o calor tende a diminuir, por causa de uma nova frente fria.

A capital paulista teve um fim de semana muito quente e com recordes consecutivos de maior temperatura do verão , até o momento. Não se descarta um novo recorde de calor para os próximos dias.

Neste sábado, a capital paulista bateu recorde de maior temperatura do ano e do verão. A máxima foi de 33,7°C e igualou ao dia 19/01/2022. Porém, neste domingo a temperatura subiu ainda mais e chegou aos 33,8°C na estação automática do Mirante de Santana, segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia. Com isso, a cidade de São Paulo bateu um novo recorde. Essa é a maior temperatura deste ano e desde do início de verão(que começou em 21 de dezembro de 2021).

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana