conecte-se conosco


Geral

Queda de avião mata empresário da construção civil e o filho; corpos foram arremessados para fora da aeronave

Publicado

Quatro bombeiros trabalharam na ocorrência e utilizaram um caminhão bomba-tanque.

Um avião de pequeno porte caiu, no início da noite, em uma fazenda, a cerca de 4 km do centro de Guarantã do Norte (230km de Sinop) nas proximidades do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT). As vítimas, segundo informações preliminares da Polícia Militar, são o empresário Jair Demski e seu filho, João Demski. Eles são proprietários da Jade Engenharia, que atua no ramo da construção civil em Mato Grosso e outros estados.

De acordo com informações de um bombeiro, a aeronave pegou fogo, após bater no solo, e ficou completamente destruída. O soldado Lenielson da Cruz confirmou que os corpos das duas vítimas foram arremessados para fora do avião. “Eram duas pessoas na aeronave. Os corpos foram projetados para fora. O fogo foi controlado, uma vez que caiu em uma área que o milho já havia sido colhido. Poucas chamas, foram controladas na hora. O avião ficou completamente destruído. Ficou irreconhecível”, explicou Lenielson.

Uma fonte informou que o avião modelo RV 10 pertenceria a um empresário em Guarantã. Está sendo apurado de qual cidade decolou. O destino final seria Guarantã do Norte e caiu a cerca de 2 km do aeródromo. Quatro bombeiros trabalharam na ocorrência e utilizaram um caminhão bomba-tanque.

A área está isolada e a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) está iniciando os procedimentos periciais. A morte do empresário chocou a cidade. Jair Demski, que comemorou aniversário neste domingo (15), era conhecido no município e “querido” pela população.

Jair Demski, que comemorou aniversário neste domingo (15), era conhecido no município e “querido” pela população.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Geral

Mato Grosso registra 1.744 casos e 43 mortes por coronavírus; 64 pacientes estão na UTI e 566 recuperados

Publicado

De acordo com o Boletim Informativo da SES, nas últmas 24 horas, foram registrados 151 novos casos

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta terça-feira (26), 1.744 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 43 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. A última morte confirmada envolveu um residente de Juara.

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de coronavírus, estão: Cuiabá (564), Várzea Grande (178), Rondonópolis (136), Tangará da Serra (82), Primavera do Leste (81), Barra do Garças (67), Lucas do Rio Verde (48), Confresa (47), Sorriso (41), Rosário Oeste (37), Sinop (36), Jaciara (30), Peixoto de Azevedo (25), Cáceres (21), Nova Mutum (21), Pontes e Lacerda (19), Alta Floresta (19), Querência (15), Tapurah (11) e Mirassol D’Oeste (10).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado à essa matéria.

Nas últimas 24 horas, surgiram 151 novas confirmações em Alta Floresta (3), Alto Araguaia (2), Barra do Garças (1), Cáceres (1), Campo Novo do Parecis (1), Campo Verde (6), Canarana (1), Confresa (4), Cuiabá (46), Dom Aquino (1), Guarantã do Norte (2), Juara (1), Juscimeira (1), Lucas do Rio Verde (2), Matupá (1), Nobres (3), Nossa Senhora do Livramento (1), Nova Mutum (2), Nova Santa Helena (4), Novo Mundo (8), Peixoto de Azevedo (4), Pontes e Lacerda (1), Primavera do Leste (4), Rondonópolis (6), Rosário Oeste (2), São José dos Quatro Marcos (1), Sinop (2), Sorriso (4), Tangará da Serra (5), Tapurah (1), Várzea Grande (23), Vila Bela da Santíssima Trindade (1), Vila Rica (4) e municípios de outros estados (2).

O setor técnico ainda informou que foi corrigido um caso de duplicação em Jauru. Além disso, dois casos anteriormente notificados em Marcelândia foram reposicionados para Imperatriz (MA), visto que este é o município de residência dos pacientes.

Dos 1.744 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 1.022 estão em isolamento domiciliar e 566 estão recuperados. Há ainda 113 pacientes hospitalizados, sendo 64 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 49 em enfermaria.

No boletim, a SES também divulga que a rede do Sistema Único de Saúde (SUS) dispõe, atualmente, de 262 leitos de UTI e 874 leitos de enfermaria especificamente para pacientes com coronavírus no Estado.

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 50,2% dos diagnosticados são do sexo feminino e 49,8% masculino; além disso, 506 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 5.804 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 461 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.

Cenário nacional

Até a última segunda-feira (25), o Governo Federal confirmou 374.898 casos da Covid-19 no Brasil e 23.473 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, divulgado pelo Ministério da Saúde, o país contabilizava 22.666 mortes e 363.211 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus. Até o fechamento deste material, não foram atualizados os números desta terça-feira (26).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

 

 

Continue lendo

Geral

MP pede anulação de decreto que permite abertura do comércio em Rosário e Jangada

Publicado

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso ingressou com ação civil pública, com pedido liminar, contra os municípios de Rosário Oeste e Jangada, requerendo a adoção de medidas mais restritivas de distanciamento social para enfrentamento ao Novo Coronavírus. Nos dois municípios, o número de pessoas com a Covid-19 é considerado alto se comparado ao número de habitantes.

Em Rosário Oeste, por exemplo, 15 dias após a ocorrência do primeiro caso, detectado em 7 de maio, já havia 35 registros da doença. Em Jangada, até o dia 19 de maio eram 44 casos notificados e sete confirmados, no dia 22 já eram 54 notificações e oito casos confirmados.
Na ação proposta em face do município de Rosário Oeste, o MPMT requer a nulidade dos dispositivos dos decretos que flexibilizaram as medidas de isolamento. Pede ainda a suspensão do funcionamento de todos os estabelecimentos comerciais e prestadores de serviços no âmbito territorial do Município de Rosário Oeste/MT, com exceção das instituições bancárias, lotérica, cartórios extrajudiciais, mercados, açougues, postos de combustíveis, farmácias, hospitais, distribuidoras de água e gás, serviços de transporte de trabalhadores, serviços funerários e laboratoriais. A medida deverá permanecer até que sejam zerados os casos de contágio com o novo coronavírus no Município e comprovado que o vírus deixou de circular.

Em jangada, além da suspensão dos dispositivos que flexibilizaram as medidas de isolamento, o MPMT requer ao Poder Judiciário que determine ao Município a imediata criação do Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus, com a finalidade de coordenar as ações do Poder Público Municipal, visando o combate à disseminação do COVID-19.
O MPMT pleiteia ainda a disponibilização de barreiras sanitárias em pontos estratégicos a serem definidos pela Secretaria Municipal de Saúde com finalidade de fiscalização e orientação da população quanto as medidas previstas de prevenção à doença

 

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana