conecte-se conosco


Mato Grosso

Quarta-feira (07): Mato Grosso registra 323.191 casos e 8.346 óbitos por Covid-19

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (07.04), 323.191 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 8.346 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 3.213 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 323.191 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 14.116 estão em isolamento domiciliar e 298.627 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 507 internações em UTIs públicas e 503 enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 95,12% para UTIs adulto e em 58% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (69.258), Rondonópolis (24.298), Várzea Grande (20.821), Sinop (16.214), Sorriso (11.951), Tangará da Serra (11.095), Lucas do Rio Verde (10.711), Primavera do Leste (9.413), Cáceres (7006) e Alta Floresta (6.252).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.  

O documento ainda aponta que um total de 285.316 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.206 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Nesta quarta-feira (07), o Governo Federal confirmou o total de 13.193.205 casos da Covid-19 no Brasil e 340.776 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 13.100.580 casos da Covid-19 no Brasil e 336.947 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Instituição alia esporte e cidadania para ajudar famílias da Cohab Cristo Rei em Várzea Grande

Publicado


Há 10 anos, o Instituto Futsal contra as Drogas alia esporte e cidadania para ajudar na inclusão e na redução de riscos sociais de crianças e jovens, de 05 a 17 anos, da Cohab Cristo Rei, em Várzea Grande. Oferecendo atividades esportivas de futsal, handebol, jiu-jitsu e ballet, o projeto é uma das iniciativas contempladas no edital Pontos de Esporte e Lazer promovido pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).

As ações desenvolvidas pelo Instituto incluem ainda reforço escolar, parceria para cursos de aprendizagem e para a obtenção do primeiro emprego. De acordo com o responsável pelo projeto, Wando Benedito, as atividades têm o objetivo de afastar o público atendido do risco do contato com drogas diversas.

“Por meio do esporte, conseguimos propiciar oportunidades de cidadania às famílias, e isso é muito gratificante. A instituição funciona há 10 anos graças aos comerciantes da Cohab Crito Rei e agora, com esse apoio da Secel, conseguimos alavancar ainda mais nossas atividades, com a aquisição de mais materiais esportivos e oferecendo até ballet para meninas de 05 a 12 anos”, destaca Wando.

O dirigente ainda explica que, para participar das oficinas esportivas e educacionais, as crianças e jovens não têm qualquer custo, e que lhe são cobrados somente notas e frequência escolares.

“O Instituto faz um trabalho fantástico há 10 anos. É uma iniciativa que usa a prática esportiva para ajudar na inclusão social e que agora ganhou mais impulso como Ponto de Esporte e Lazer, o que nos dá mais certeza de quanto esse apoio financeiro é importante para o fomento de boas práticas esportivas e sociais”, avalia o secretário adjunto de Esporte e Lazer da Secel, Jefferson Carvalho Neves.

Lançamento das oficinas de ballet com a presença do secretário adjunto da Secel

Ao receber o prêmio do edital no valor de R$ 15 mil no início deste ano, o Instituto conseguiu ampliar sua atuação na comunidade, porém precisou suspender as atividades esportivas devido ao agravamento da pandemia da covid-19. Mas isso não impossibilitou que a instituição seguisse atendendo as famílias do bairro e região, desta vez com distribuição de cestas básicas.

A entrega de mantimentos já beneficiou cerca de duas mil famílias, desde que o Instituto iniciou a campanha de arrecadação de alimentos junto com a Central Única das Favelas (CUFA-MT). Atualmente, o projeto distribui frutas e verduras, sempre às quintas-feiras, com o apoio do Mesa Brasil do Sesc e a Central de Abastecimento (Ceasa-MT).

Serviço

Mais informações sobre o projeto e suas atividades pelo instagram (@futsal_sem_drogas) ou pelo telefone de Wando Benedito (65 99982-3594).

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Rota das Águas mapeia 230 atrativos naturais de Mato Grosso

Publicado


Mato Grosso é rico em biodiversidade. É um estado privilegiado por ter em seu território os biomas: Cerrado, Pantanal e Amazônia. As belezas naturais são incontáveis. Tem opção para quem busca por turismo de aventura, de contemplação, rural, gastronômico, etnoturismo, ecoturismo e muito mais.

Nesse sentido, o projeto Rota das Águas, montou um circuito turístico com mais de 2 mil quilômetros, que promove os atrativos naturais de Chapada dos Guimarães, Nobres, Poconé, Rondonópolis, Jaciara, Juscimeira, Poxoréu, Cáceres, Vila Bela da Santíssima Trindade, Tangará da Serra, Campo Novo do Parecis, Barra do Garças e Nova Xavantina.

O projeto foi contemplado pelo Edital Mato Grosso Criativo, realizado pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), e traz ainda atrativos localizados na Serra de São Vicente e no Distrito de Mimoso.

O site rotadasaguasmt.com.br, lançado em abril deste ano, reúne informações que facilitam a vida de quem deseja conhecer Mato Grosso, como cachoeiras, hotéis, restaurantes, agências e condutores de turismo, com localização, horário de funcionamento, custo e contato para agendamento da visitação em 230 atrativos.

Idealizado por Tiemi Otomura e André Torres, o projeto se concretizou a partir de um amplo levantamento dos atrativos naturais, com informações provenientes das Secretarias Municipais de Turismo, empreendimentos locais e usuários das redes sociais.

De acordo com André Torres, a maior dificuldade de quem viaja é encontrar informações precisas para realizar um planejamento sobre o destino. “A Rota das Águas é a organização das informações em um percurso guiado pelas águas dos rios. No site do projeto Rota das Águas você encontra um grande mapa digital com a localização de 230 atrativos naturais”, destaca Torres.

Confira o mapa aqui.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana