conecte-se conosco


Turismo

Quanto custa construir um motorhome?

Publicado


source
motorhome
Pixabay

Quanto custa um motorhome?

Imagina viver o sonho de conhecer novos lugares do Brasil e do mundo de carro? Parece um roteiro de filme , mas é possível de ser realizado.

E tem gente que largo tudo para montar um motorhome, como Fernanda, 33 anos, e sua esposa Noelma Biasin, 35, donas do “Bidu”, um motorhome sprinter micro ônibus que é igual a uma pequena casa para que elas e seus cachorros possam desbravar o mundo em quatro rodas.

Custos e planejamento 

Noelma explica que os gastos são divididos em estrutura, hidráulica e gás, mas, acredita que a parte mais cara é a elétrica, que depende de uma série de utensílios, como bateria estacionárias, placas solares, conversores, inversores e o cabeamento, que sai em torno de R$ 10 mil. 

Cada etapa do Bidu tem um valor. O madeiramento e móveis custam ao todo cerca de R$ 2 mil reais. Já a hidráulica sai opor R$1,3 mil. Encanamento e eletrodomésticoscustam saem por cerca de R$ 3 mil.

“Nosso projeto está na média da construção de um motorhome artesanal. Acreditamos que sairá no máximo R$ 25 mil, mas o valor final ainda não sabemos. O valor para montar um motorhome vai depender das necessidades de cada um. Conhecemos projetos que custaram R$ 5 mil em tracker, R$ 10 mil em kombi e mais de R$ 50 mil se for em van.

O gerente da BTW Operadora, Gabriel Cordeiro, explica que as viagens de motorhome são recomendadas para conhecer vários destinos em uma mesma viagem, além de evitar check ins e check outs.

“Podemos ter dois perfis de viajantes (ar Livre ou cidade). É recomendável ter um planejamento prévio e contratar itens para evitar gastos desnecessários durante a viagem (pacote de milhas adequado, kits pessoal e de cozinha, diárias de uso do gerador, etc)”, explica Cordeiro.

Não é um projeto barato, mas é impossível colocar um preço em um sonho.  Precisa de planejamento. “Reservando com antecedência e tendo flexibilidade na data de viagem e itinerário pode-se aproveitar de promoções para compra antecipada e dos especiais durante alguns meses de baixa e média temporada durante o ano e conforme a base de retirada! Caso contrário os valores seguem a variação de mercado.”, conclui. 

Foi isso que Fernanda e Noelma fizeram antes de realizar o sonho. Fizeram listas e avaliavam os preços. “E tudo tem que ser comprado com cautela e certeza, estude bem o seu projeto para saber a real necessidade dos equipamentos. Conhecemos pessoas que foram comprando várias coisas e depois não usaram. Então planejamento é a forma mais fácil de economizar”, explica. 

Documentações 

A documentação para pilotar um motorhome vai depender do modelo. Se o veículo pesa até 6 toneladas, pode dirigir com a habilitação B. Acima disso, a habilitação precisa ser a D. “No nosso caso o Bidu era uma sprinter micro ônibus e seria necessário ter a carta D para dirigir, mas como está sendo transformado em motorcasa podemos dirigir com a B mesmo.”, explica Noelma. 

A burocracia para alugar e dirigir um motorhome varia de empresa para empresa. 

Fonte: IG Turismo

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Turismo

Destino dos famosos: conheça todo o esplendor de Aruba

Publicado


source
Aruba
Reprodução/Lívia Andrade

A apresentadora Lívia Andrade está passando alguns dias em Aruba, no Caribe

No caribe holandês, próxima da costa da Venezuela, Aruba é uma pequena ilha repleta de belezas naturais, com flamingos,  praias com areia fina e mar cristalino. Estas belezas chamaram a atenção de famosos, como a comediante Dani Calabresa e a apresentadora Lívia Andrade, que visitaram a ilha recentemente.

O iG Turismo reuniu algumas dicas sobre Aruba, dos preços às exigências de documentação para visitar o país. Confira a seguir. 

Como chegar em Aruba?

Você viu?

Para chegar em Aruba saindo do Brasil, é necessário pegar um voo com conexão no Panamá ou países próximos. Saindo de São Paulo, a média de preço dos voos para Aruba é de R$ 3.421. As melhores épocas são de março a agosto, pois é verão no local e se evita as épocas de chuva. 

Para os turistas brasileiros que querem visitar o país é exigida a apresentação de teste negativo de covid-19 e ficar de quarentena por um dia. 

Como se hospedar em Aruba?

Como a maioria das hospedagens são hotéis repletos de benefícios e conforto, a média diária é de R$ 1.635,50. A maioria tem acesso a praias e com infraestrutura completa para os viajantes. 

O que fazer em Aruba?

Aruba é um pequeno país, mas tem muita diversão. Além das praias, é possével fazer cruzeiros de um dia com almoço ou jantar, passeios de off-road e muito mais. As praias e locais naturais mais conhecidos são: Palm Beach, Renaissance Island, De Palm Island e Natural Pool.

Fonte: IG Turismo

Continue lendo

Turismo

Ecoturismo na Mata Atlântica: veja quais são principais trilhas de Bertioga

Publicado


source
trilha
Reprodução/Renata Brito

A trilha d’água tem dificuldade média e tem duração de três horas

Localizada a quase  114 quilômetros da capital paulista, Bertioga é repleta de praias , cachoeiras e opções de ecoturismo em meio à Mata Atlântica. O iG Turismo reuniu as melhores trilhas de Bertioga, de acordo com grau de dificuldade e com as belezas que o visitante irá encontrar pelo caminho. Confira. 

Trilha d’Água

Localizada no bairro Mangue Seco, ela é adequada para as crianças e permite conhecer a vegetação da Mata Atlântica preservada. Com extensão de 2,7 quilômetros, ela têm grau de dificuldade médio e dura três horas de passeio, com ida e volta.

Trilha da Torre 47

Próxima ao centro, esta trilha passa pela histórica Ponte da Banana, que escoava a produção de bananas para o Porto de Santos, adentrando em uma densa vegetação de Mata Atlântica e Restinga. A extensão é de 2,4 quilômetros e tem grau de dificuldade médio. A duração do passeio ida e volta é de 4 horas. 

Trilha do Vale Verde

Com fácil acesso, esta trilha é perfeita para crianças e pessoas da maior idade. Atravessa áreas de proteção ambiental do rio Itapanhaú, chegando a um poço com uma pequena praia. A extensão é de 2,5 quilômetros e o tempo de passeio é de 4 horas, com dificuldade média. 

Trilha da Casa de Pedra do Rio Itapanhaú

Atravesse a pé ou de barco o rio Itapanhaú e encontre a Casa de Pedra, com vasta área de gramado. Ideal para camping e recreação. Com apenas 500 metros de extensão, esta trilha tem dificuldade baixa e apenas 1 hora de passeio ida e volta.

Você viu?

Trilha do Véu da Noiva

Esta trilha dá acesso à Cachoeira do Elefante, a maior da região. O percurso começa na Casa de Pedra, passa por parte do rio Itapanhaú e leva a prainhas e poços de mergulho. A extensão é de 1,75 quilômetros, a dificuldade é média. O tempo de passeio estimado é de 7 horas ida e volta. 

Trilha da Família Pinto

Com maior incidência de animais de médio e grande porte, como aves e répteis, esta trilha é perfeita para trekking, programas educacionais, fotografia da natureza e observação de pássaros. Ela tem extensão de 5 quilômetros e grau de dificuldade médio. O tempo estimado de passeio é de 6 horas.

Trilha da Garganta do Gigante

Para os mais aventureiros, esta trilha é perfeita. Ela é de alto impacto e exige preparo físico, pois passa por trechos alagados, obstáculos naturais como vales e rios. A extensão é de 18 quilômetros e com alto grau de dificuldade. O tempo de passeio é de 10 horas, ida e volta.

Trilha Ribeirão dos Monos

Esta aqui também tem alta dificuldade. Ela atravessa uma vegetação densa, com rios e lagos. Proporciona muita emoção e tem paisagens de encher os olhos. Com 4 quilômetros e 600 metros, o passeio dura até 3 horas, considerando ida e volta.

Trilha do Morro do Itaguá

Famosa pelo treinamento de aeromoças na selva, ela é ótima para o estudo do meio e de costões rochosos. Oferece linda vista do mar e das praias de Guaratuba e Boracéia. Com 8 quilômetros de extensão e grau alto de dificuldade, o tempo de passeio é de 10 horas, ida e volta. 

Trilha do Guaratuba

Mais visitada do Parque Estadual Restinga de Bertioga, ela é cercada de riachos, poços, cachoeiras e praias naturais. Ótima para corridas, passeios, ciclismo e educação ambiental. A trilha tem dificuldade média e mais de 4 quilômetros de extensão. O tempo de passeio é na média de 6 horas, ida e volta.

Trilha do Itatinga

Saída de Bertioga passando pelos rios Itapanhaú e Itatinga. Caminho plano, com muita vegetação e rios que formam piscinas naturais. O trajeto dispõe de acampamento e café colonial no fim da tarde em uma das fazendas da região. A extensão é de 3 quilômetros e o grau de dificuldade é baixo. O tempo de passeio é de 7 horas, ida e volta.

Trilha do Itaguaré

Esta você pode fazer sozinho, sem dificuldade! Composta de três trilhas, uma de acesso à praia e outras que se ramificam ao decorrer dela e com acesso à restinga, ao jundo e mangue. Ela tem extensão de mais de um quilômetro e o grau de dificuldade é médio, com 3 horas de passeio, ida e volta.

Fonte: IG Turismo

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana