conecte-se conosco


Policial

Quadrilha é presa com dois quilos de maconha na zona rural de Cuiabá

Publicado

Policiais do 3º Batalhão de Polícia Militar intensificam o policiamento ostensivo nas áreas urbanas e rurais atendidas pela unidade da PM. Por meio da Operação Saturação, o reforço policial nas áreas de chácaras, sítios e comunidades rurais do Coxipó do Ouro, Jurumirin, Três Barras, Arraial dos Freitas vem desarticulando ações criminosas como roubos e furtos. Na noite de terça-feira (9), a operação prendeu uma quadrilha com cerca de 2kg de maconha, um simulacro de pistola e uma carabina de pressão, na região da ponte de ferro, na capital.

Por volta das 23h, policiais realizaram um bloqueio de acesso na ponte quando visualizaram três pessoas em um veículo VW Saveiro trafegando em sentido contrário. Para abordar o automóvel, a equipe da PM emitiu sinais sonoros e luminosos ao condutor que não acatou as ordens de parada, furou o bloqueio policial e fugiu para zona urbana.

Os militares pediram apoio do Batalhão Rotam e da Força Tática para cercar o local, os suspeitos no veículo foram localizados nas proximidades do Residencial Flor da Mata. Dos três ocupantes do carro, um suspeito pulou da carroceria da Saveiro com um objeto semelhante a uma arma de fogo, os policiais orientaram o homem a largar a arma no chão, mas ele não acatou a ordem policial, ao insistir em fugir, os policiais efetuaram um disparo de arma de fogo na perna do suspeito para imobilizá-lo. Um simulacro de pistola foi apreendido na ação.

Durante verificação no carro, os policiais encontraram debaixo do banco do motorista tablete de maconha e uma carabina de pressão. Um dos suspeitos disse à polícia que eles haviam passado a tarde em uma chácara e que no local havia mais entorpecentes. Em seguida, os militares foram até a chácara e em um galinheiro apreenderam mais um tablete de maconha, totalizando cerca de 2kg de entorpecente apreendido na operação.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para prestar atendimento ao suspeito baleado na perna, ele foi encaminhado a Unidade de Pronto Atendimento do bairro Verdão, onde foi medicado e liberado pelos médicos para ser conduzido à delegacia.

O veículo saveiro foi apreendido e os três suspeitos foram presos em flagrante.  Os integrantes da quadrilha já tinham passagem por crimes de porte ilegal de arma de fogo, furto e receptação.

O comandante do 3º BPM, tenente-coronel Fernando Augustinho explica que a detenção da quadrilha é resultado de um trabalho preventivo para combater a criminalidade na zona rural da área atendida pela unidade.

“Por meio de rondas, abordagens e patrulhamentos estamos presentes inibindo pessoas infratoras da lei. O reforço policial atende um anseio dos moradores da região. Com as equipes de apoio e de inteligência da PM vamos saturando a área e detendo pessoas criminosas”, explica o comandante.

O tenente-coronel Fernando explica que os moradores das áreas rurais, caso sejam vítimas de ações criminosas, devem registrar o Boletim de Ocorrência. Já que alguns casos de roubo, as vítimas não confeccionaram o documento.

“As ações de policiamento nestas áreas mais distantes da cidade são resultado da preocupação do nosso Comando Geral e toda a equipe do 1º Comando Regional de Cuiabá. Contamos com a colaboração dos moradores para denunciar e tomar algumas medidas simples de prevenção e de combate as ações criminosas. De quatro ocorrências registradas nestas localidades, apenas uma vítima registrou BO. A subnotificação nos ajuda a tomar medidas pontuais. Um grupo de aplicativo de mensagens ‘Sentinela Rural’ entre moradores  e os policiais vem auxiliando no trabalho da PM para garantir tranquilidade aos moradores”, destaca o militar.

 

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Diretoria Geral e Prefeitura de Colíder discutem sobre projeto da nova delegacia para o município

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT 

A Diretoria da Polícia Civil se reuniu nesta semana com gestores da Prefeitura de Colíder para tratar sobre a construção da nova delegacia do município.

No encontro realizado na quarta-feira (19), o delegado-geral adjunto, Gianmarco Paccola e o diretor de Interior, Walfrido Nascimento, receberam o prefeito de Colíder, Hermerson Máximo (Maninho) e o secretário de Comunicação, Ed Motta. A proposta para a construção da nova delegacia foi discutida também com a equipe da Diretoria de Execução Estratégica (DEE).

“Uma parceria importantíssima, que fortalece a atuação do Estado e a melhoria na prestação de serviços e de um ambiente de mais qualidade para servidores e população”, destacou o delegad-geral adjunto.

De acordo com a delegada Ana Paula Faria Campos, da DEE, a Prefeitura de Colíder fará o projeto executivo da nova unidade, que passará pela análise da equipe de engenharia da Polícia Civil, assim como a área que será doada pela Prefeitura.

Após a construção, a Polícia Civil ficará responsável pela informatização da unidade e instalação de rede lógica e mobiliário.“Vamos organizar toda a parte de terrenos, infraestrutura e demais parcerias para construir em definitivo o novo prédio para a Delegacia da Polícia Civil de Colíder”, disse o prefeito.

O projeto prevê uma unidade moderna, ampla e com estrutura adequada em conformidade com as necessidades de uma delegacia da Polícia Civil.

Também participaram da reunião a delegada de Colíder, Paula Araújo e a delegada regional de Alta Floresta, Ana Paula Reveles.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Traficante é preso em flagrante pouco tempo após sair de penitenciária, no sul do estado

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um homem de 46 anos, reincidente no tráfico de entorpecentes, foi preso em flagrante nesta quinta-feira (20.01) pela equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Rondonópolis. A prisão ocorreu pouco tempo depois dele sair de uma unidade prisional da região.

A equipe da delegacia especializada tem intensificado o combate ao tráfico na região do bairro Jardim das Flores e estava investigando a atuação do suspeito, que retomou a venda de drogas, como maconha e cocaína, na modalidade ‘formiguinha’, logo após sair da Penitenciária Major Eldo de Sá Corrêa.

Com base nas informações reunidas sobre a atuação do traficante, os investigadores passaram a monitorá-lo e observaram a movimetação típica de usuários de entorpecentes na residência do Jardim das Flores.

Nesta quinta-feira, os policiais da Derf abordaram um usuário que saía da casa e com ele encontraram uma porção de pasta base de cocaína. Em buscas na residência, foram encontradas resquícios de drogas, embalagens, outros apetrechos característicos da venda de entorpecentes.

No ano passado, o traficante foi preso pela Polícia Civil pela mesma prática criminosa. Ele responde também por homicídio.

Encaminhado à Derf, ele foi autuado em flagrante por tráfico e depois enviado para a unidade prisional.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana