conecte-se conosco


Policial

Quadrilha acusada de furtar casas de alto padrão é presa durante operação

Publicado

Somente de uma mansão, foi levado com cofre com joias avaliadas em mais de R$ 100 mil

Quatro mandados de preventiva e seis de busca e apreensão domiciliar foram cumpridos, na manhã desta quinta-feira (18), na região de Barra do Garças (509 km de Cuiabá), na operação integrada “Tesouro Maldito”, da Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), com a Polícia Militar de Barra do Garças e de Aragarças (GO), para prender suspeitos de furtos em residências de alto padrão;

Até o momento, três suspeitos tiveram os mandados de prisão preventiva cumpridos. Eles são responder por furto qualificado e associação criminosa.

Além de presos for força dos decretos, o suspeito R.A.A., foi autuado em Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por uso de droga. Outros dois, I.J.S.S. e J.S.S. foram presos posse ilegal de munições, durante o cumprimento de buscas em suas residências. Em poder de I.J.S.S. foram apreendidas 41 munições de calibre 22, e J.S.S. estava na posse de oito munições, sendo seis de calibre 32 e duas de calibre 38.

Os furtos causaram prejuízos estimados às vítimas de aproximadamente R$ 360 mil. Durante as investigações, no dia 12 de junho, policiais civis e militares recuperaram um cofre (furtado) contento joias de alto valor, avaliadas em mais de R$ 100 mil.

Nas  investigações, a Polícia Civil identificou  que a forma de cometimento dos furtos eram idêntica, com rompimento de obstáculo (quebra de cilindro da fechadura). Os autores acabaram deixando suas impressões digitais, razão a qual foi constatado se tratar das mesmas pessoas.

Conforme o delegado Nelder Martins Pereira, o nome da operação “Tesouro Maldito” é em alusão a apreensão do cofre de joias (proveniente de um dos delitos cometidos pelo grupo) na condição de sua localização, praticamente enterrado em lugar ermo.

O cofre foi furtado de uma das casas em Barra do Garças, alvo dos criminosos, e foi visto por moradores da cidade de Aragarças (GO), dias depois de ser enterrado pelos suspeitos.

“Com a localização do cofre foi encontrado uma lista de nomes, supostamente escrita para repartir os produtos subtraídos, e confrontando com as impressões digitais já colhidas, foi possível confirmar a qualificação dos indivíduos”, contou Nelder Martins Pereira.

O delegado da Derf de Barra do Garças também destacou a importância da integração, e agradeceu o apoio e parceira, entre as Polícias Civil e Militar do município e do estado vizinho, as quais vêem trabalhando em conjunto, buscando fortalecer a segurança pública na região, na apuração e repressão de pessoas contumazes, levando respostas para a sociedade, em especial para as vítimas.

As diligências continuam com objetivo de localizar e prender o quatro envolvido, em cumprimento ao mandado de prisão preventiva.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Polícia Civil realiza reunião para definir curso que será ministrado no interior do Estado

Publicado


.

Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Mato Grosso realizou na manhã desta quinta-feira (28.05), em Cuiabá, uma reunião para definir o projeto pedagógico do curso de investigação de crime de homicídio destinado às unidades do interior do Estado.

O curso aprofundado será direcionado a policiais civis lotados do interior visando nivelar conhecimentos no âmbito investigativo com a estrutura que existe da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) da Capital.

Um dos objetivos da capacitação é o estudo do Procedimento Operacional Padrão (Pop) instituído na Polícia Civil e que trata da investigação de crimes praticado contra a vida e mortes a esclarecer, através de uma metodologia estabelecida e necessária para promover uma apuração sem erros.

Conforme o diretor de Interior, delegado Walfrido do Nascimento, o projeto busca levar ensinamentos técnicos, conhecimentos modernos e específicos quanto aos crimes de homicídio que já são executados pela DHPP de Cuiabá, para os profissionais que trabalham no interior.

“Está sendo elaborada a organização e sistematização de como as aulas serão ministradas”, disse o diretor.

O projeto de qualificação de iniciativa da Diretoria do Interior da Polícia Civil é desenvolvido em parceria com a Academia de Polícia Civil, com apoio da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) da Capital.

 

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende dupla de traficantes que atuavam em frente a escola em Várzea Grande

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

 

Um ponto de venda de drogas que funcionava em frente a uma escola em Várzea Grande foi fechado pela Polícia Civil, na terça-feira (28.05), em ação da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE). Duas pessoas que comandam o comércio ilícito foram presas em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico com aumento de pena.

A equipe da DRE iniciou as diligências após receber informações sobre um possível ponto de venda de drogas que funcionava em frente ao Colégio Manoel Correa Almeida, na cidade de Várzea Grande. Segundo a denúncia, dois suspeitos atuavam com o tráfico de entorpecentes de forma rotineira no local.

Em monitoramento do local, os policiais perceberam a grande movimentação de pessoas que entravam em saiam rapidamente do imóvel. Em determinado momento, um dos suspeitos saiu da quitinete, sendo realizada sua abordagem.

Com ele, foram encontradas quatro porções médias e várias porções pequenas de maconha preparada para venda. Em buscas no local, foi localizada uma balança de precisão com resquícios de entorpecentes.

Em continuidade as diligências, os policiais seguiram para outro endereço, no bairro Construmat, onde encontraram a tornozeleira eletrônica de um dos suspeitos, enrolada em pano dentro do seu quarto.

Após as diligências, os suspeitos foram conduzidos à DRE onde após serem interrogados foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico com aumento de pena por atuação próximo a escola.

 

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana