conecte-se conosco


Política MT

PSDB oficializa pré-candidatura de Nigro a prefeito de Cuiabá

Publicado

O empresário Carlos Nigro, anunciado como pré-candidato tucano ao Alencastro

Os deputados estaduais Carlos Avalone e Wilson Santos anunciaram na noite desta segunda-feira (9), o nome do empresário Luiz Carlos Nigro como o candidato do PSDB à prefeitura de Cuiabá nas eleições de 2020. A decisão foi tomada em reunião do Diretório Municipal do PSDB, com a presença do vereador e presidente do diretório, Ricardo Saad, e do presidente do Diretório Estadual, Paulo Borges.

“Estamos firmes nesta pré-candidatura e com certeza vamos trabalhar muito para poder alinhar, junto com o partido, o crescimento, novamente do PSDB, como grande partido que é e que sempre foi no Brasil e, principalmente, no estado de Mato Grosso e Cuiabá. Vamos trabalhar juntos para capitanearmos novos candidatos a vereador e que possamos somar nesta candidatura importante para Cuiabá”, afirmou Nigro após a definição do seu nome.

O presidente do diretório municipal, vereador Ricardo Saad, disse que um “partido do tamanho do PSDB não poderia ficar sem uma candidatura majoritária”. Já o tucano Wilson Santos recordou a trajetória do partido em Mato Grosso e destacou o fato de o empresário Nigro ser primo do ex-governador Dante de Oliveira.

Leia Também:  Governador sai em defesa da revisão de incentivos e diz que alguns setores beneficiados não contribuem com MT

“Hoje ficou decidido que Luiz Carlos Nigro é nosso pré-candidato para disputar a prefeitura de Cuiabá em 2020. Precisamos desenhar o futuro da nossa capital e nada melhor que um homem experiente na vida privada e na vida pública, primo de Dante de Oliveira com raízes em Cuiabá para nos ajudar nesse trabalho. Esse é o começo da nossa bela caminhada”, adiantou.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política MT

Governo Federal pretende retomar obra do VLT entre Várzea Grande e Cuiabá por meio de concessão pública

Publicado


A cobrança de tarifas e serviços, estes serão rateados pelos 141 municípios mato-grossenses

Radar/Veja – Símbolo da corrupção que tomou conta das obras da Copa de 2014 em diferentes estados brasileiros, o prometido Veículo Leve sobre Trilhos que ligaria Várzea Grande a Cuiabá, no Mato Grosso, voltou ao radar do governo e, veja só, em pleno ano eleitoral!

A ideia é retomar a obra, um elefante branco que drena recursos públicos dos mato-grossenses desde 2014, a partir de uma concessão pública que poderá ser intermediada pelo governo de Jair Bolsonaro.

A negociação corre no ministério do Desenvolvimento Regional. Uma reunião está marcada para o próximo 10 de fevereiro para discutir o assunto. O ministro Gustavo Canuto vai receber o governador Mauro Mendes e os prefeitos de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, e de Várzea Grande, Lucimar Campos.

Quanto a cobrança de tarifas e serviços, estes serão rateados pelos 141 municípios mato-grossenses, por sugestão do governador. Quem adiantou as conversas em Brasília foi o senador Wellington Fagundes, presidente da Frente de Logística do Senado.

Leia Também:  Sinfra atende Dr. João e realiza obras em ponte queimada e Anel Viário de Tangará

Continue lendo

Política MT

Várzea Grande paga salários de janeiro na quinta-feira e movimenta R$ 30 milhões

Publicado

A prefeita Lucimar Campos, que vem cumprindo compromisso de pagamento dos salários em dia

Reafirmando o compromisso assumido em 2015 com o funcionalismo público, quando se tornou prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos, após reunião de avaliação da situação econômica do Tesouro Municipal com a equipe econômica, confirmou o pagamento dos salários para essa quinta-feira (30), dos salários do mês de janeiro.

“O calendário salarial é prioritário para nossa gestão. O servidor público, cada um com sua profissão, seja médico, professor, engenheiro, guarda municipal, merendeira, agente administrativo, fiscal de tributos são aqueles que asseguram o atendimento a população que é o patrão de todos nós e que espera serviços públicos de qualidade e eficiente”, sinalizou Lucimar garantindo que enquanto prefeita da segunda maior cidade de Mato Grosso, salários não serão atrasados e serão pagos no mês trabalhado e se possível até mesmo antecipados.

Várzea Grande estará quitando nesta quinta-feira, (30), a primeira folha salarial de 2020, aos seus mais de 7 mil servidores da administração direta e indireta. A 56ª folha paga pela atual gestão vai injetar pouco mais de R$ 30 milhões na economia local e mantém a tradição dos últimos cinco anos de ser quitada antes da virada do mês.

Além da Prefeitura de Várzea Grande também quitam os salários dos servidores públicos municipais a Previdência de Várzea Grande – PREVIVAG e o Departamento de Água e Esgoto – DAE/VG.

Leia Também:  Araújo pede melhorias de infraestrutura para Cotriguaçu e Poconé

Mais do que em qualquer outro do mês do ano, como frisa a prefeita Lucimar Sacre de Campos, o mês de janeiro é complicado e parece ser o mais longo de todos. “É um período que sucede as festas de final de ano quando as despesas aumentam, as pessoas viajam, recebem visitas, os filhos estão de férias e os compromissos de início de ano surgem como impostos, matrículas e lista de materiais escolares. Sabemos como isso pesa no orçamento. Poder contar com o salário em dia é uma segurança para o planejamento de qualquer família. No comércio, o dinheiro novo começa a circular e a movimentar a nossa economia. Mais que uma obrigação com nosso servidor, pagar em dia é uma via de mão dupla para o desenvolvimento da nossa cidade”.

Com a quitação dessa primeira folha salarial de 2020, a prefeita segue a risca o calendário de pagamento dos servidores públicos, anunciado no início desse mês. O novo cronograma estabelece todas as datas e – de janeiro a dezembro, incluindo o abono do 13º salário – mantém a determinação do Executivo em pagar salários antes da virada do mês. “Entramos no nosso último ano de gestão mantendo nossa política de trabalho que não abre mão de manter esse compromisso com o servidor e um planejamento de investimentos que nos permita manter a máquina pública em plena atividade com obras e serviços de toda natureza para atender cada vez mais as demandas da população e as necessidades da cidade”, defendeu a prefeitura Lucimar.

Leia Também:  Governador sai em defesa da revisão de incentivos e diz que alguns setores beneficiados não contribuem com MT

Este é o segundo ano consecutivo em que a administração municipal define antecipadamente um calendário de pagamento dos salários. “Tivemos um resultado exitoso com essa experiência no ano passado e vamos seguir pagando nosso servidor dentro do mês trabalhado. Fazemos isso sem engessar a saúde financeira e os investimentos da previstos para a cidade”, destacou a secretária de Gestão Fazendária, Lucinéia dos Santos Ribeiro.

Assim como ocorreu por mais de uma vez no ano passado, o pagamento chegou a ser antecipado, ficando disponível antes mesmo da data prevista no calendário.

Considerando o valor médio da folha de pagamento, em cerca de R$ 30,8 milhões ao mês, somente com o pagamento do funcionalismo, o poder público municipal injeta mais de R$ 400 milhões ao ano na economia local. Levando em conta os cinco anos da atual gestão e apenas as 13 folhas mensais, foram cerca de R$ 2 bilhões em salários circulando na economia de Várzea Grande de maio de 2015 a dezembro de 2019.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana