conecte-se conosco


Cuiabá

Projeto que dá prioridade a portadores de fibromialgia recebe parecer favorável de Comissão Permanente

Publicado


.
Câmara Municipal de Cuiabá

O projeto de lei de autoria do vereador Adevair Cabral (PTB), que dispões sobre o atendimento as pessoas com fibromialgia em estabelecimentos públicos e privados nas vagas de estacionamento e fila de referência no município, recebeu parecer favorável da Comissão de Amparo a Criança, Adolescente, Idoso e pessoas com Deficiência.
O grupo formado pelos vereadores Dilemário Alencar (Cidadania), Ricardo Saad (PSDB) e Marcos Veloso (PV) se reuniram na manhã desta sexta-feira (15) para analisar a matéria.
O projeto garante atendimento preferencial aos portadores da doença em todos os órgãos públicos, assim como concessionárias de serviços públicos e empresas privadas.
A medida também abrange instituições bancárias, e garante estacionamento em vagas preferenciais.&nbsp
A Fibromialgia (FM) é uma síndrome clínica que se manifesta com dor no corpo todo, principalmente na musculatura. Junto com a dor, a fibromialgia cursa com sintomas de fadiga (cansaço), sono não reparador (a pessoa acorda cansada) e outros sintomas como alterações de memória e atenção, ansiedade, depressão e alterações intestinais. Uma característica da pessoa com FM é a grande sensibilidade ao toque e à compressão da musculatura pelo examinador ou por outras pessoas.

Kamila Arruda | Câmara Municipal de Cuiabá

publicidade
2 Comentários

2 Comments

  1. Josefa Ramos viana disse:

    Gente por favor como faço pra ser atendida de fibromialgia. Sofro com muitas dores ….Já tenho o diagnóstico mais falta médico. Não sei onde procurar ..sou de campo novo do Parecis mt

  2. Ana Cristina disse:

    Gostaria de saber como e onde tenho que ir para fazer a carteirinha FM em Cuiabá.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cuiabá

IPDU inicia a segunda etapa do processo de revisão do Plano Diretor de Cuiabá

Publicado


Gustavo Duarte

Clique para ampliar

Cuiabá já iniciou a segunda etapa do processo de revisão do Plano de Desenvolvimento Urbano.  Nessa fase, já foram realizadas duas audiências públicas, nos bairros Jardim das Américas e Cidade Alta. Durante os eventos, temáticas relacionadas ao meio ambiente (como a recuperação de rios e córregos), a desburocratização dos processos administrativos, construção de calçadas, asfaltamento foram amplamente debatidos.

Os encontros são coordenados pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano e Sustentável,  por meio do Instituto de Planejamento e Desenvolvimento Urbano e Sustentável (IPDU).

“Cumprimos mais uma etapa do processo de revisão do Plano Diretor, iniciado em 2019. Essas audiências servirão de base para construção de elementos, mais especificamente diretrizes e objetivos específicos, e podem constar no plano de desenvolvimento do município”, declarou o diretor técnico do Plano Diretor e coordenador do processo, Lauro Carneiro.

O processo de revisão foi dividido em etapas: sendo a 1ª etapa de Diagnóstico- para conhecimento e reconhecimento; já a 2ª etapa de Prognóstico- propostas e construção de projetos e objetivos. Por fim, a 3ª etapa- Legalização dos objetivos- elaboração de uma minuta de lei.

“Estamos realizando audiências setoriais,  regionalizadas, e distritos rurais para que ao final seja feita uma audiência pública geral para pactuação do processo inteiro. O ideal é que seja realizada vinte dias após a última audiência. Precisamos aguardar o andamento das etapas”, elencou o diretor.

Até o dia 2 de outubro serão realizadas outras oito (8) audiências públicas nas quatro regionais da capital para que os moradores e lideranças comunitárias apresentem as principais demandas, em, transparência ao processo.

“A apresentação desses apontamentos irá contribuir na elaboração de um planejamento urbano para o futuro, definindo o que é possível de se colocar em práticas, as políticas públicas viáveis para os próximos 10 anos. Além do mais, esse plano, ao final de todas as etapas será transformada em lei municipal”, esclareceu Lauro Carneiro. 

Durante os encontros, o secretário municipal de lideranças comunitárias, Ricardo Lobo agradeceu a presença dos representantes . “Pois por mais que muitos pensem que o Plano será executado a curto, médio e longo prazo, todos tem o direito e o dever de colaborar com o processo de reconstrução da cidade. É importante que todos tenham a consciência de fazer a nossa parte enquanto líderes comunitários. Devemos apontar os caminhos, seja em qual segmento for, para que uma hora dessas, as benfeitorias cheguem na comunidade da gente. Somente dessa forma, é que mais tarde, possamos cobrar a efetivação dessas melhorias para que cheguem lá na ponta, à população de uma forma geral que tanto precisa do poder público”, afirmou o secretário. 

“Cada dia é uma luta, uma batalha. Aqui é a casa dos presidentes da regional leste. Aqui é que chegam as demandas. Isso só aumenta o laço da regional com a Prefeitura de Cuiabá. Muitos dizem que não querem mais citar algo pois nunca foram atendidos. No entanto, se não apontar, aí sim que os benefícios não chegam nas comunidades. Esse é o papel dos presidentes de bairro. Correr atrás para conseguir uma Cuiabá cada vez mais humanizada e melhor para se viver”, ponderou o subprefeito da Regional Leste, Paulo Peixe.

Próxima etapa:

A terceira audiência pública, será na noite desta quinta-feira (16), a partir das 18h40, na Escola Municipal Aristotelino Alves Praieiro, situada à Avenida 4, nº 984, esquina com a rua Projeta, no bairro 1º de março, Cuiabá. “A minha gestão trabalha todos os dias com foco em tornar Cuiabá uma cidade cada vez mais moderna, com mais qualidade de vida para a nossa gente, mais sustentável, com melhor mobilidade urbana e preservando nosso patrimônio histórico. E é por isso que estamos dando continuidade com a revisão do Plano Diretor, escutando as pessoas, porque a cidade é feita para elas, a gestão Emanuel Pinheiro trabalha para elas”, finalizou o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro.

Continue lendo

Cuiabá

“Cuiabá avança porque nossa gestão tem o servidor público ao seu lado”, destaca vice-prefeito

Publicado


Jorge Pinho

Clique para ampliar

O vice-prefeito José Roberto Stopa destacou nesta quarta-feira (15) a importância do servidor público para que uma gestão consiga desenvolver de forma eficiente as ações em benefício da população. Durante a entrega de mesas tabletes para 64 salas multifuncionais da rede pública municipal de ensino, ele enfatizou que um governo sensível deve promover avanços sem desrespeitar os direitos daqueles que ajudam a melhorar a vida do cidadão.

“Uma gestão sensível e humanizada deve administrar garantindo todos os direitos dos servidores públicos. Com muito orgulho, sou servidor há 36 anos e sei como é importante ter uma gestão que tem essa preocupação com nossa valorização. Nossa gestão vem, desde 2017, mostrando que é possível fazer isso e, ao mesmo tempo, dar andamento em ações que melhoram a vida de toda a população”, disse Stopa.

O vice-prefeito lembrou ainda que é seguindo esse formato de administração que a gestão Emanuel Pinheiro tem conseguido colocar em prática projetos como a construção de viadutos, obras de pavimentação, Contorno Leste, entregas de unidade saúde e de novas unidades na educação. De acordo com ele, um governo deve ter como base a promoção do desenvolvimento de forma alinhada com o respeito ao servidor público.

“Um governo tem que avançar sim. Tem que avançar muito. Mas, isso deve acontecer com o servidor público como parceiro e não como inimigo ou como aquele que deva ser explorado. A gestão Emanuel Pinheiro faz exatamente isso. Cuiabá avança porque nossa gestão tem o servidor público ao seu lado, como parceiros”, defendeu.

Ainda na linha de defesa dos direitos dos servidores públicos, Stopa parabenizou ainda o deputado federal Emanuel Pinheiro Neta (Emanuelzinho) que se posicionou contra a Reforma Administrativa. “É importante ter uma gestão que consiga fazer parcerias, como a que está em andamento com o deputado Emanuelzinho, que está em Brasília lutando contra a PEC 32, que acaba com carreira do servidor público no Brasil”, pontuou. 

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana